Renault inaugura espaço de inovação no Cubo Itaú e lança carsharing com o elétrico Zoe

A Renault lança em São Paulo mais um espaço de inovação da marca.

Trata-se do Renault Lab, uma parceria com o Cubo Itaú, maior hub de fomento ao empreendedorismo tecnológico da América Latina.

O objetivo do novo espaço está alinhado ao propósito do hub: conectar em um só lugar empreendedores, grandes empresas, investidores e universidades para inovar, buscar novos modelos de negócio, novas formas de trabalhar e desafiar o status quo, visando um mundo melhor.

Além disso, a Renault lança também um carsharing com o 100% elétrico Zoe.

“Uma marca que tem como característica a inovação não pode parar. Com o Renault Lab queremos marcar presença neste ecossistema para oferecer nossas soluções, desenvolver projetos inovadores de mobilidade sustentável e também para a fábrica 4.0”, afirma Ricardo Gondo, presidente da Renault do Brasil.

A iniciativa da Renault está conectada ao papel do Cubo Itaú em estimular a transformação cultural e digital das grandes empresas, gerando relevância e fortalecendo o ecossistema de startups.

“O Cubo Itaú tem ajudado o mercado a trabalhar em conjunto, e percebemos que a resposta está sendo muito positiva, a exemplo desta nova parceria com a Renault. Mais uma grande empresa chegando para agregar valor ao nosso time de mantenedores, reforçando o alto nível das trocas e ensinamentos”, diz Reynaldo Gama, head de operações e corporates do Cubo Itaú.

O Renault Lab passa a fazer parte do ambiente de inovação da marca que já conta com o Creative Lab, na fábrica em São José dos Pinhais, no Paraná, e com o America Digital Hub, em São Paulo.

Já a iniciativa de carsharing, solução de mobilidade compartilhada e 100% elétrica, ficará disponível para os mais de mil residentes do Cubo Itaú e para os mais de 300 colaboradores da Renault que ficam no escritório da Vila Olímpia, em São Paulo.

O sistema é acessado via plataforma Joycar, startup presente no Cubo Itaú, e o carregador utilizado para abastecer o veículo é em parceria com  a Efacec.

O preço de lançamento é de R$ 6 por 15 minutos.

Compartilhamento e mobilidade-No mundo, o Grupo Renault foi pioneiro e é líder na venda de veículos 100% elétricos na Europa, mercado que cresceu 45% no ano passado.

Os negócios da Renault não se resumem a desenvolver, fabricar e comercializar automóveis, mas buscam oferecer soluções de mobilidade.

“A Renault tem o ‘know-how’ em projetos de mobilidade de diversos tipos mundo afora e agora traz essa expertise ao Brasil. Mais do que oferecer soluções em mobilidade, queremos ser referência em mobilidade sustentável no Brasil”, afirma Gondo.

A iniciativa de carsharing para os colaboradores de São Paulo é uma continuidade do lançamento que a Renault fez no Complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais, no Paraná, que após uma prova de conceito (POC) passou a oferecer o sistema de carsharing para todos os colaboradores da Renault.

Por meio do aplicativo Renault Mobility, a marca disponibiliza os veículos de frota para uso compartilhado.

O colaborador pode reservar um veículo em qualquer horário e dia da semana, retirá-lo e devolvê-lo local de trabalho.

Outra iniciativa de carsharing é em parceria com a MRV em um condomínio de Belo Horizonte, Minas Gerais.

Neste caso os moradores têm à disposição duas unidades do Zoe para uso compartilhado.

Todo o processo é feito pelo aplicativo Renault Mobility. Em breve outro projeto como esse será lançado em um condomínio da MRV em São Paulo.

Saiba mais sobre os projetos de mobilidade da Renault no mundo:

  • Moov’in Paris: serviço de compartilhamento de veículos para reserva imediata. Projeto desenvolvido na França que oferece 100 Zoe e 20 Twizy para uso compartilhado, pelo preço de 0,39 euros por minuto. A reserva é feita por meio de um aplicativo. O serviço está disponível em Paris e em Clichy.
  • Zity: serviço de compartilhamento de veículos, possui mais de 650 Zoe em Madri, na Espanha.
  • Smart Island: projeto com parceiros privados e governamentais que reúne conceitos de Smart Grids, veículos conectados, inteligentes, eco-friendly e segunda vida de bateria. Dois exemplos são Porto Santo, com 14 Zoe e 6 Kangoo Z.E., e Belle-Ile-En-Mer, com 18 Zoe e 2 Kangoo Z.E..
  • Renault Mobility: serviço de compartilhamento de veículos por meio de aplicativo, disponível em Paris, com possibilidade de reservas.
  • Marcel: serviço de aluguel de veículo elétrico Zoe com motorista disponível 24h todos os dias na semana.

No Brasil, desde 2013 a Renault comercializa veículos elétricos para empresas e projetos de mobilidade sustentável com os modelos: Zoe, Twizy, Kangoo Z.E. e Fluence Z.E..

São cerca de 20 clientes e parceiros nesses projetos, como Porto Seguro, Fedex, CPFL e Itaipu, entre outros.

Ao todo já são mais de 200 veículos elétricos Renault em circulação no país, número que coloca a marca como líder de veículos 100% elétricos também no Brasil.

No último Salão do Automóvel, em novembro, o Zoe passou a ser vendido também para o consumidor final por R$ 149.990, pelo site www.eletricos.renault.com.br e também em duas concessionárias, a Sinal, em São Paulo, e a Globo, em Curitiba.

Já foram entregues 20 Zoe para o consumidor final e neste mês chega mais um lote para atender novos pedidos.