Renegade e Compass com tecnologia elétrica híbrida plug-in (PHEV) chegam em 2021

A Fiat Chrysler Automobiles (FCA) reuniu a imprensa em São Paulo para falar sobre o comportamento do mercado em 2019 e as perspectivas para 2020, além do planejamento para os próximos anos.

Antônio Filosa, presidente da FCA para a América Latina reuniu um seleto grupo da imprensa especializada e realizou anúncios importantes sobre os investimentos e novidades que a marca planeja oferecer no mercado latino-americano. 

O Mecânica Online® acompanhou de perto toda apresentação e vai destacar os principais tópicos relacionados que podem ajudar você na escolha do seu próximo veículo.

O Jeep sempre foi um pioneiro automotivo, começando em 1941 com o Willys-Overland, o primeiro veículo 4×4, seguido em 1946 pelo Willys Wagon, que introduziu o conceito do Sport Utility Vehicle. Sua lendária reputação de capacidade off-road durou desde então.

A Jeep planeja trazer para o Brasil seus novos modelos de veículo elétrico híbrido plug-in (PHEV).

Uma solução híbrida que integra o layout técnico de cada Jeep – Renegade e  Compass – para transformá-los em veículos que proporcionam liberdade absoluta enquanto elevam sua capacidade ao próximo nível através de tecnologia ecologicamente correta.

Um automóvel híbrido plug-in é um automóvel híbrido cuja bateria utilizada para alimentar o motor elétrico pode ser carregada diretamente por meio de uma tomada, ele possui as mesmas características dos automóvel híbrido convencionais, tendo um motor elétrico e um de apoio motor a explosão .

Novo Renegade e Compass PHEV – Estes novos modelos híbridos plug-in são recarregáveis ​​a partir de uma tomada de energia externa e, como consequência, podem armazenar mais energia elétrica.

Esta escolha permite o uso de motores elétricos mais poderosos, que se traduzem em uma faixa elétrica pura de aproximadamente 50 quilômetros e cerca de 128 km/h em velocidade máxima elétrica para Renegade e Compass.

As unidades elétricas trabalham em sinergia com o novo motor turbo a gasolina de 1.3 litros para aumentar a eficiência e a potência em geral.

Para o Renegade, a potência fica na faixa de 190 cv e 240 cv, resultando em excelente desempenho na estrada: atinge-se de zero a 100 km/h em aproximadamente sete segundos.

Os mesmos números – embora ainda pendentes de homologação – são alcançados pelo Compass PHEV, que também é o exemplo mais rápido do modelo.

O Compass com a ação simultânea do motor de combustão interna (ICE) e do motor elétrico fornece até 240 cv.

Além disso, os novos SUVs Jeep com tecnologia híbrida plug-in são mais divertidos de dirigir graças à aceleração aprimorada e à rápida resposta do motor. Eles também fornecem emissões de CO2 inferiores a 50g / km.

Com a eletrificação, a gama Jeep melhora ainda mais a sua capacidade lendária off-road graças ao maior torque oferecido pelo motor elétrico e à capacidade de ajustá-lo com extrema precisão ao conduzir nos terrenos mais difíceis, onde é necessária uma relação de transmissão muito baixa.

Graças à nova tecnologia elétrica de tração nas quatro rodas (eAWD), a tração no eixo traseiro não é fornecida por um eixo propulsor, mas por meio de um motor elétrico dedicado. Isso permite que os dois eixos sejam separados e controlem o torque de forma mais eficiente do que um sistema mecânico.

Os PHEVs Renegade e Compass possuem um painel de instrumentos dedicado e uma tela de infoentretenimento atualizada para ajudar o cliente com informações relacionadas à condução híbrida diária.

No híbrido tradicional a bateria é carregada unicamente por meio do motor a explosão ou em alguns poucos casos pela energia regenerativa da frenagem. Essa possibilidade de alimentação alternativa diretamente da rede elétrica faz com que o modelo plug-in possa operar com uma quantidade significativamente reduzida de combustível fóssil.

- Publicidade - Cursos Mecânica Online®