segunda-feira, 4 março , 2024
28 C
Recife

CBX 200 Strada: mais conforto e praticidade

Moderna, arrojada e dotada de um conjunto de atributos que atendem às necessidades tanto de usuários iniciantes como dos motociclistas mais experientes, a CBX 200 Strada chega à rede de concessionárias Honda em sua versão 2002.

Ideal para uso street, o modelo, que vem fazendo sucesso no mercado brasileiro, acumulando 16537 unidades vendidas de janeiro a agosto deste ano, traz como principais características o conforto e a praticidade.

Com excelente relação custo/benefício, a CBX 200 Strada apresenta itens de série como partida elétrica, pneus esportivos sem câmara, rodas de liga leve, freio dianteiro a disco e um completo painel de instrumentos com indicador de combustível e tacômetro eletrônico.

Seu motor monocilíndrico OHC (Over Head Camshaft), quatro tempos e arrefecido a ar, proporciona grande economia e resistência, desenvolvendo potência de 18,1 cv a 8.500 rpm e torque de 1,62 kgfm a 7.000 rpm, o que confere, em todas as rotações, um desempenho excepcional.

Com um design naked esportivo, seguindo as principais tendências mundiais, o modelo também desperta a atenção por sua robustez e versatilidade.

Disponível nas cores preta e vermelha, a CBX 200 Strada apresenta grafismos comparados aos aplicados em motos de alta cilindrada.

LANÇAMENTOS 2002-XLR 125 chega com novo visual

Ágil, robusta e econômica. Assim é a Honda XLR 125 que já está disponível na rede de concessionárias, na versão 2002, com um novo visual.

Desenvolvida para o usuário que aprecia tanto o fora de estrada, como o uso urbano, a motocicleta ganhou um grafismo mais arrojado, deixando-a ainda mais moderna e esportiva.

O logotipo XLR vem estampado, além do tanque, também no assento, em cores metálicas. A carenagem do farol e os dois defletores frontais estão mais brilhantes e resistentes aos raios solares.

Terceira motocicleta mais vendida no mercado brasileiro no resultado acumulado de janeiro a agosto deste ano – 29.677 unidades somando-se as duas versões com e sem partida elétrica – a XLR 125 tem a versatilidade como um de seus principais diferenciais.

Na cidade, proporciona agilidade e segurança graças à suspensão de longo curso, que supera facilmente as trilhas urbanas.

No off-road, o aro dianteiro de 21”, associado ao escapamento com saída alta e à suspensão traseira Pro-Link, faz com que o modelo possa desafiar estradas de terra com segurança.

Os pára-lamas apresentam maior distância dos pneus, visando evitar o travamento em função do acúmulo de barro e, conseqüentemente, aumentando a capacidade da motocicleta em superar situações do fora de estrada.

O excelente desempenho também é registrado no campo, onde o modelo é indicado para acompanhar as atividades agropecuárias, transpondo com estabilidade as adversidades do terreno.

A posição de pilotagem é ereta, mais prazerosa. A ciclística e o ângulo da suspensão dianteira, associados ao guidão largo, tornam a frente do modelo mais leve, permitindo maior controle e facilidade na pilotagem.

A XLR 125 possui o já consagrado motor OHV 125 cc, de quatro tempos, com potência de 12,5 CV a 8.250 rpm, de grande economia e baixa manutenção.

Apresenta, ainda, características como baixa emissão de ruído, rolamento do virabrequim com maior apoio e pedal de partida com sistema de mola de retorno.

O modelo é disponível em duas versões: com acionamento a pedal e partida elétrica (ES).

O tanque de combustível da XLR 125 conta com capacidade total de 8,5 litros, incluindo 0,8 litro de reserva.

O sistema de freio, a tambor, com diâmetro de 130mm (dianteiro) e 110 mm (traseiro), por ser modular, contribui para tornar o modelo ainda mais seguro para os seus usuários.

A XLR 125, modelo 2002, será comercializada nas cores branca, vermelha e agora também em azul.

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn