quarta-feira, 21 fevereiro , 2024
28 C
Recife

Medida em cv vem do século XIX

- Advertisement -

Apesar do motor do automóvel ter sido inventado há mais de um século, ainda hoje a potência é medida pela mesma unidade: o cv (cavalo-força ou cavalo-vapor), utilizada desde a construção tanto dos primeiros veículos como das primeiras máquinas a vapor.

Paralelamente aos comentários com duplo sentido em torno da unidade cavalo-força, a associação com o animal é correta porque ele desempenhou papel fundamental na história dos transportes.

Foi um dos principais meios de tração e força motriz desde muito antes do homem inventar a máquina a vapor.

- Advertisement -

No final do século XIX, o inventor e engenheiro-mecânico James Watt, de origem escocesa, concluiu, após várias experiências, que o cavalo era capaz de levantar um peso de 75 quilos a um metro de altura, no tempo exato de um segundo.

Watt decidiu denominar esse resultado com a sigla HP (que significa horse-power, ou cavalo de força), unidade que utilizou para medir a potência das máquinas a vapor e também dos primeiros motores de automóveis de sua época.

Essa unidade padrão passou a ser utilizada mundialmente e permanece até os dias de hoje. No Brasil, ficou popularizada como cv, enquanto na Alemanha é conhecida pelas iniciais “ps” (pferdestarke), que da mesma forma significa cavalo de força.

- Advertisement -

Na época, Watt utilizou uma balança fixada num sistema de freios, que media o trabalho que o motor estava realizando.

Essa força, calculada a cada faixa de rotação por minuto (rpm), recebeu a denominação de torque.

Cada vez que o equipamento freava o motor, o aparelho fornecia o torque e, por meio de cálculo com coeficiente específico, o engenheiro também chegava ao valor da potência.

Três siglas aparecem freqüentemente associadas aos motores dos automóveis: SAE (Estados Unidos), DIN (Alemanha) e CUNA (Itália). Normalmente, estão ligadas à palavra “cavalo-vapor” (HP), informando sobre a potências de motores.

Isto não quer dizer que existam diferentes medidas de HP, que é padronizado internacionalmente.

Na verdade, as siglas esclarecem as condições em que o motor foi colocado no dinamômetro – por exemplo, com ou sem o alternador, o silenciador ou o filtro de ar – já que alguns componentes influem nos números finais da potência.

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn

Lançamentos