sexta-feira, 14 junho , 2024
28 C
Recife

Caminhões e Ônibus Volkswagen chegam ao mercado venezuelano

Primeiro concessionário já em operação e mercado terá cinco modelos de caminhões e ônibusAcabam de chegar à Venezuela os primeiros modelos de caminhões Volkswagen importados do Brasil: o VW 17.220 e o VW Titan Tractor 18.310.

- Publicidade -

Ao lado dos comerciais leves Saveiro e Parati, os veículos serão vendidos por seis distribuidores da marca Volkswagen Comerciales, lançada este mês na Venezuela.

O primeiro concessionário foi aberto na cidade de Valencia, a 100 km da capital Caracas, e outros três começam a funcionar ainda em 2005.

Nos próximos anos, a Volkswagen Caminhões e Ônibus planeja conquistar 10% do mercado venezuelano, chegando a 1.200 unidades vendidas por ano. O importador local é o Grupo VAS Venezuela, empresa cujo faturamento anual é de R$ 150 milhões.

Representante das marcas Volkswagen, Audi, Seat e Skoda, a empresa utilizará a experiência brasileira de vendas e assistência técnica como modelo para nomear distribuidores de caminhões e ônibus.

- Publicidade -

O investimento inicial do importador no novo negócio será de R$ 15 milhões. Ainda este ano, chegarão à Venezuela o caminhão VW 31.310 Titan e os chassis de ônibus VW 17.240 OT e VW 18.310 OT Titan.

“Em 2005, importaremos 200 caminhões e ônibus da fábrica da Volkswagen em Resende (RJ). Aqui, os produtos terão garantia de um ano sem limite de quilometragem, tal como é feito no Brasil. As revendas serão dotadas de unidades de resgate para atendimento a frotistas e caminhoneiros ainda nas estradas. E pretendemos ter um sistema de atendimento gratuito por telefone, como o ChameVolks brasileiro”, diz Nicolás Kosma, Presidente do Grupo VAS.

Para dar atendimento adequado aos consumidores, o importador também montou uma área para peças e acessórios em Valencia, com 3.500 metros quadrados de área construída.

Uma ampla campanha publicitária está sendo veiculada nos principais jornais e revistas do país, com o tema “Você precisa de um caminhão Volkswagen”.

O Grupo VAS também iniciou um trabalho de aproximação com clientes potenciais, como frotistas, transportadores autônomos, cooperativas, governos estaduais e municipais.

- Publicidade -

Vice-liderança brasileira em exportações – Em 2004, a VW exportou 4.151 caminhões e 1.574 chassis de ônibus, crescendo respectivamente 116,5% e 97,5% comparados ao ano anterior. No total, em 2004, foram exportadas 5.725 unidades, ou 110,9% mais do que o exportado em 2003.

Proporcionalmente, a indústria como um todo cresceu menos: o Brasil vendeu 36.749 caminhões e ônibus no exterior, um aumento de 71,5% sobre o volume de 2003.

No acumulado de caminhões e ônibus em 2004, a participação nacional em vendas externas da montadora passou de 12,7% para 15,6%. Com isso, a VW evoluiu do terceiro para o segundo lugar entre as empresas brasileiras exportadoras de caminhões e ônibus entre 2003 e 2004.

Mais mercados e fábricas – Aumentou também o número de mercados que estão comprando produtos da marca: foram 27 países em 2004 (sete mercados a mais do que em 2003).

A participação das exportações dentro das Operações Caminhões e Ônibus VW também evoluiu significativamente: entre 2003 e 2004, passou de 8,5% para 12,2% do faturamento, e de 9,5% para 16,7% do volume de produção.

A abertura da primeira fábrica de caminhões e ônibus VW fora do Brasil, na cidade mexicana de Puebla, em outubro do ano passado, representou o primeiro passo para a internacionalização da montadora.

O próximo projeto é a abertura de uma linha de montagem em Port Elizabeth, na África do Sul.

“Os lançamentos na Venezuela também fazem parte do nosso processo de internacionalização. O potencial de vendas no último grande mercado latinoamericano onde não atuávamos nos anima a manter aquele país como objetivo estratégico para aumentar as exportações”, diz Roberto Cortes, CEO da Volkswagen Caminhões e Ônibus.

Matérias relacionadas

Site oficial de ofertas Chevrolet

Mais recentes

Ofertas Peugeot 208

Destaques Mecânica Online

Fiat Toro

Avaliação MecOn

SACHS - Versátil, abrangente e convincente