domingo, 21 julho , 2024
28 C
Recife

Modernização: o caminhos dos investimentos da indústria de máquinas

Parcela significativa é destinada para modernização tecnológica e ampliação da capacidade produtiva. Uma surpresa: as pequenas empresas investiram mais que as de médio porte

Os investimentos realizados pela indústria de máquinas e equipamentos totalizaram R$ 6,9 bilhões, o equivalente a 8,2% do faturamento, em 2006.

- Publicidade -

O resultado superou o recorde histórico do setor nos anos anteriores e representa 93% do que era esperado para o ano.

Os dados fazem parte de pesquisa realizada pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) junto aos fabricantes de bens de capital mecânicos, estimados em 4 mil em todo o País.

De acordo com o levantamento feito pela Abimaq, os investimentos realizados pelo setor privilegiaram a modernização tecnológica (33,5%) e a ampliação da capacidade industrial (29,8%).

- Publicidade -

“Os dados são significativos, mesmo considerando que o investimento em modernização tecnológica é um esforço constante no setor. Já a ampliação da capacidade industrial é expressiva”, afirma o presidente da entidade, Newton de Mello

A pesquisa detectou ainda que embora as grandes, como é de praxe, tenham sido as que mais investiram, as pequenas ultrapassaram as médias em suas aplicações.

Isso porque do total dos investimentos realizados, as microempresas participaram com R$ 281,75 milhões, as pequenas com R$ 1.193 milhões, as médias com R$ 1.111 milhões e as grandes com R$ 4.306 milhões.

- Publicidade -

Com relação a 2007, a expectativa é de declínio.

“Verificamos que ainda há uma inércia dos investimentos detonados em 2005 e começo de 2006, que podem ainda transbordar para 2007. Mas com o declínio observado em variáveis importantes, como 2% faturamento, por exemplo, dificilmente haverá disposição do empresariado para a ampliar a capacidade produtiva da indústria de máquinas”, avalia.

Segundo Mello, há uma expectativa positiva no setor com relação ao PAC (Pacote de Aceleração do Crescimento).

“O movimento que provocará em novos negócios em segmentos como máquinas rodoviárias, construção civil e saneamento, refletirão em outros setores de máquinas”, conclui o empresário.

Matérias relacionadas

Ofertas Peugeot 208

Mais recentes

Clínica de Serviços Chevrolet

Destaques Mecânica Online

Com a Volvo rumo ao Zero Acidentes – Itapemirim

Avaliação MecOn

FIAT na mão