sexta-feira, 19 julho , 2024
28 C
Recife

Caminhões Volkswagen Constellation chegam à Argentina

Maior mercado da marca fora do Brasil: 30% das exportações em 2006

          Os caminhões Volkswagen Constellation acabam de chegar à Argentina, maior mercado da marca fora do Brasil. Os veículos estiveram em exibição no Salão do Transporte de Buenos Aires. A venda das três primeiras unidades, no entanto, ocorreu duas semanas antes do evento. Ao lado do Constellation, os modelos Delivery e Worker também são destaque. Todos os produtos da marca são equipados com motores Euro III, como exige a nova legislação local para controle da emissão de gases e ruído. Os veículos são fabricados em Resende (RJ).

A Volkswagen Caminhões e Ônibus está na Argentina desde 1998 e dispõe hoje de um escritório para a coordenação de vendas em Buenos Aires e de 11 concessionários espalhados pelos maiores centros consumidores. Em 2006, a montadora enviou mais de 3.000 produtos brasileiros para o país vizinho, o correspondente a 30% de todo o volume exportado. Esse resultado supera o de mercados importantes para a Volkswagen, como o do Chile (1.500 unidades) e o do México (1.300 veículos) – neste último país, a montadora mantém uma fábrica própria de caminhões e ônibus desde 2004.

- Publicidade -

“Apostamos, há nove anos, no mercado argentino e, mesmo em períodos difíceis, mantivemos os investimentos e a oferta de produtos. Em dezembro de 2006, atingimos a vice-liderança local em vendas, com 25% de participação, e queremos consolidar essa posição ao longo de 2007. Nossa meta é conquistar a liderança em bases sólidas, como ocorreu no Brasil a partir de 2003”, diz Roberto Cortes, presidente da Volkswagen Caminhões e Ônibus.

A linha mais versátil – Tal como no Brasil, os caminhões Volkswagen Constellation serão oferecidos aos frotistas argentinos com as opções de cabine leito ou estendida. O projeto do veículo é o mais moderno do mundo à disposição do consumidor, combinando conforto e robustez. Isso garante ao motorista produtividade e condições para enfrentar os mais diversos tipos de terreno dos países em desenvolvimento. A motorização eletrônica com injeção Common Rail e o chassi reforçado completam o conjunto preferido dos transportadores brasileiros nas categorias médio e pesado.

Os caminhões semileves Delivery, fenômeno de vendas no Brasil em 2006 com 1.550 unidades comercializadas e liderança nesse segmento de mercado, serão agora exportados para a Argentina, como uma nova alternativa ao pequeno comerciante e ao frotista que trabalha com entregas urbanas e precisa de agilidade no trânsito. Os modelos VW 5.140 e VW 8.150 são equipados com motores turbo diesel high speed, de excelente desempenho. A cabine é espaçosa, oferecendo comodidades como ar condicionado opcional.

- Publicidade -

Já a consagrada linha Worker continua sendo a ideal para aplicações severas, com a novidade dos motores mecânicos e eletrônicos Euro III. Disponíveis nos segmentos leve, médio, semipesado e pesado, os caminhões Worker estão presentes em mais de 30 países da América Latina, da África e do Oriente Médio.

A Volkswagen também oferece chassis de ônibus urbanos, rodoviários e de fretamento ao mercado argentino.

Matérias relacionadas

Ofertas Peugeot 208

Mais recentes

Clínica de Serviços Chevrolet

Destaques Mecânica Online

Com a Volvo rumo ao Zero Acidentes – Itapemirim

Avaliação MecOn

FIAT na mão