domingo, 21 julho , 2024
28 C
Recife

Nissan apresenta nova tecnologia de controle de válvulas para motores

O primeiro veículo equipado com este sistema é o cupê Infiniti G37, que foi apresentado no Salão Internacional de Nova York

A Nissan Motor Co. anunciou uma nova tecnologia desenvolvida para motores a gasolina. O método de acionamento das válvulas dos motores combina uma nova tecnologia chamada VVEL (do inglês Variable Valve Event and Lift) e o já existente C-VTC, comando de válvulas de variação contínua.

- Publicidade -

Essa combinação traz um perfeito equilíbrio entre potência, acelerações mais rápidas, economia de combustível e baixa emissão de poluentes.

Essa tecnologia estará, em breve, disponível nos produtos das linhas Nissan e Infiniti.

Dentro do Nissan Green Program 2010, a companhia planeja instalar em seus produtos, a partir deste ano, o sistema VVEL que contribui para diminuição de mais de 10% das emissões de dióxido de carbono na atmosfera.

- Publicidade -

O primeiro veículo a ser equipado com o sistema é o cupê Infiniti G37, que foi apresentado no Salão Internacional de Nova York.

Enquanto nos motores convencionais a entrada de ar é controlada pela borboleta do acelerador, no sistema VVEL o controle é realizado diretamente pelas válvulas de admissão.

O C-VTC aliado ao VVEL tem o comando total do momento, amplitude e permanência de abertura das válvulas de admissão.

- Publicidade -

O resultado é um fluxo de ar mais eficiente para os cilindros aliando melhor desempenho com menor emissão de poluentes.

O VVEL melhora a eficiência em médias e baixas rotações, faixa em que os motores de grande porte e vários cilindros costumam operar.

A Nissan testa sistema inteligente de transporte – A Nissan inaugurou a nova fase de seu projeto de sistema inteligente de transporte (ITS) que utiliza comunicação veículo/infra-estrutura que permite a comunicação sincronizada entre veículos e sinais luminosos de trânsito.

Em seu Centro Técnico, localizado na Prefeitura de Kanagawa, a montadora está investindo na instalação de uma infra-estrutura avançada de sinais luminosos de trânsito, coletando dados veiculares reais de várias centenas de funcionários que participam do projeto.

Esta é uma segunda fase de um projeto que teve início em outubro do ano passado, que visa reduzir o número de acidentes e minimizar congestionamentos.

A fase de testes dinâmicos realizada nas instalações da Nisssan representa condições reais de tráfego, onde dados podem ser coletados e analisados num ambiente intimamente monitorado.

Os dados gerados nos veículos e as correspondentes respostas dos semáforos de trânsito são computados por um sistema desenvolvido e instalado especificamente para este programa de testes.

Os parâmetros básicos são duas vias principais, uma no sentido leste-oeste de dois quilômetros de extensão e outra norte-sul de um quilômetro, ambas com múltiplos cruzamentos e passagens de pedestres.

Ao longo de todas essas vias, a Nissan instalou semáforos e balizadores ópticos laterais. Os dados de trânsito são coletados dos carros dos funcionários e dos ônibus das linhas internas do Centro, sem que para isso seja necessária qualquer modificação nesses veículos – mas em algumas centenas dos carros e ônibus estão sendo instalados sistemas eletrônicos de informação e comunicação veicular para apoio do desenvolvimento do programa de navegação.

O sistema deve ajudar a reduzir acidentes com pedestres, já que os semáforos dão prioridade à movimentação dos pedestres.

Nissan e nec UNEM-SE para produção de baterias de lítio-íon para o mercado automotivo

A Nissan acaba de anunciar sua parceria com a fabricante japonesa de eletrônicos – NEC Corporation – para a formação da joint-venture “Automotive Energy Supply Corporation” (AESC), que produzirá em larga escala baterias de lítio-íon para os futuros veículos elétricos da indústria automotiva mundial.

Juntas, as empresas investirão mais de US$ 4 milhões na parceria e a AESC deve iniciar operações ainda neste mês, trabalhando como companhia independente e produzindo com tecnologia pioneira desenvolvida por ambas as empresas.

Com foco na proteção do meio-ambiente, a Nissan dá mais um passo adiante para o cumprimento das metas do “Nissan Green Program 2010”.

As baterias de lítio-íon serão desenvolvidas com tecnologia “verde” de ponta e equiparão os futuros veículos da Nissan, tanto híbridos, quanto elétricos previstos a partir de 2010.

Matérias relacionadas

Ofertas Peugeot 208

Mais recentes

Clínica de Serviços Chevrolet

Destaques Mecânica Online

Com a Volvo rumo ao Zero Acidentes – Itapemirim

Avaliação MecOn

FIAT na mão