quinta-feira, 13 junho , 2024
28 C
Recife

Ford anuncia R$ 300 milhões de investimentos na operação de caminhões nos próximos cinco anos no Brasil

A Ford anunciou durante a Fenatran – Salão Internacional do Transporte, realizada em São Paulo, um novo ciclo de investimentos nas suas operações de caminhões no Brasil: R$ 300 milhões, nos próximos cinco anos.

- Publicidade -

“Os recursos serão aplicados principalmente no desenvolvimento de novos produtos e no crescimento e profissionalização da rede de distribuidores de caminhões”, informou Oswaldo Jardim, diretor de Operações da Ford Caminhões América do Sul.

“Este novo ciclo de investimentos é muito importante para as nossas operações de caminhões na região, reafirmando a importância do negócio para a Ford Motor Company”, ressaltou Dom DiMarco, presidente da Ford Motor Company para América do Sul, que veio ao Brasil especialmente para este anúncio.

Também presente no evento, Marcos de Oliveira, presidente da Ford Brasil e Mercosul, destacou que “esses investimentos são a melhor forma de comemorar os 50 anos e reafirmar o nosso compromisso com o Brasil”.

Destaque mundial – Dom DiMarco afirmou que a América do Sul tem se destacado dentro das operações mundiais da Ford nos últimos anos.

- Publicidade -

“O crescimento de mercado, suas perspectivas, a estabilidade econômica e os investimentos em infra-estrutura são fatores que justificam nossos investimentos na região. No início do ano, anunciamos investimentos para as áreas de automóveis e picapes e, agora, estamos realizando para os caminhões”, afirmou.

Os negócios de caminhões são uma parte essencial do sucesso da marca na região e a Ford vem registrando sucessivos crescimentos no volume e participação.

“Ao longo da nossa história, conquistamos a confiança dos nossos clientes com a tradição de oferecer produtos e serviços de qualidade”, completou Oswaldo Jardim.

Os investimentos permitirão uma nova fase de crescimento da Ford Caminhões, impulsionada por uma série de ações de curto e médio prazos.

“Neste momento, estamos anunciando o montante do investimento e teremos outras oportunidades para comentar em detalhes nossa aplicação. O objetivo final é o nosso cliente, com a nossa posição de sempre oferecer o melhor negócio em transportes”, enfatiza Oswaldo Jardim.

- Publicidade -

50 anos de história – Em 1957, o país ainda tinha poucas estradas quando a Ford lançou o F-600. Até hoje a Ford é a única montadora de caminhões a ter um campo de provas para caminhões, instalado na cidade de Tatuí, SP.

Trouxe para o Brasil um novo conceito de cabines avançadas para caminhões com o lançamento da linha Cargo.

“O mercado, naturalmente, mudou nessas cinco décadas. A Ford também passou por muitas transformações. Temos uma operação exclusiva para o negócio de caminhões, que define suas estratégias e recebe investimentos para aplicação exclusiva na área”, disse Jardim.

Linha ampliada – A cada ano, a Linha Ford é ampliada de forma racional e criativa com modelos para atender diversos tipos de aplicação.

A Ford oferece duas linhas distintas, a Série F, com cabine convencional, e a linha Cargo, com cabine avançada.

“No total, são 17 modelos, que permitem diversas versões e possibilidades de customização. Temos caminhões com capacidade de carga de 3,5 até 63 toneladas”, destaca Oswaldo Jardim.

As duas linhas são produzidas na fábrica de São Bernardo do Campo, SP, uma das mais modernas e eficientes do mundo, com capacidade de montagem de um veículo a cada três minutos.

A fábrica conta também com o Mod Center, centro de modificação de veículos que permite a personalização dos veículos de acordo com as necessidades dos clientes.

“Além de reduzir a complexidade da linha de montagem, o Mod Center nos dá rapidez e flexibilidade no atendimento dos pedidos, permitindo mais de 20 tipos de modificações”, finaliza.

F-4000 estendido e com tração 4×4, Transit e novos modelos cargo – Os recém-lançados Cargo 712 e Cargo 4532e. Dois F-4000, um com distância entreeixos alongada e outro com tração 4×4.

A Ford Transit na pesquisa de mercado. E até um F-600 histórico. Estas foram algumas das atrações da Ford.

A linha de produtos na exposição é composta ainda por um F-350 e os modelos Cargo 815e, Cargo 1317e, Cargo 2428e 6×4 e Cargo 5032e 6×4, com pintura e equipamentos diferenciados, além das picapes Ranger com kit de gás natural e Courier Van. Eis a descrição dos produtos expostos:

Caminhões
• F-4000: Dois futuros modelos do F-4000, com distância entreeixos de 4.795 mm e com tração 4×4, estão previstos para 2008. O entreeixos alongado permite que o caminhão tenha uma plataforma ampliada para o transporte de cargas de maior volume. A versão 4×4 tem como base os modelos desenvolvidos para competição, nas quais o F-4000 vem mostrando um rendimento excepcional.

• Cargo 712: modelo da linha de caminhões leve recém-lançado, tem peso bruto total de 7,7 toneladas. É um veículo muito competitivo na categoria em termos de capacidade de carga, com duas configurações de entreeixos: 3.900 mm, que transporta 4.670 kg de carga últil; e VUC – Veículo Urbano de Carga, de 2.800 mm, que leva 4.710 kg.

Desenvolvido para atender o crescente setor de entregas e serviços urbanos, oferece custos de aquisição e de manutenção extremamente competitivos, com boa economia de combustível e plataforma de carga versátil e eficiente.

O modelo tem o eficiente motor Cummins B 3.9 Euro 3, mecânico, com potência de 120 cv (@ 2.800 rpm), torque de 46,4 mkgf (@ 1.500 rpm) e nível reduzido de emissões, dentro do padrão Conama P5/ Euro III.

• Cargo 4532e: ideal para o transporte de carretas de três eixos, é um cavalo-mecânico com capacidade de tração de 45.150 kg. Transporta praticamente a mesma carga que os concorrentes extra-pesados, de 45 toneladas, com muito mais economia.

Tem motor eletrônico Cummins ISC, com potência de 319 cv (@ 2.000 rpm) e torque de 131 kgfm (@ 1.300 rpm); banco do motorista com suspensão a ar; sistema de freios equipado com válvula LSV e filtro secador de ar; freio traseiro equipado com câmaras do tipo baioneta; e eixo traseiro com tratamento especial da coroa e pinhão.

• F-350: primeiro caminhão com rodado simples na traseira, tem PBT de 4.500 kg.

• Cargo 815e: modelo leve, voltado para aplicações de uso urbano, tem peso bruto total de 8.250 kg. É equipado com o motor eletrônico Cummins Interact 4, com potência de 150 cv (a 2.500 rpm) e torque de 56 kgfm (a 1.500 rpm), em versão projetada e desenvolvida especialmente para a Ford.

• Cargo 1317e: com peso bruto total de 13.000 kg, é destinado a aplicações urbanas e transporte rodoviário de curta distância. Ele é impulsionado pelo motor Cummins Interact de 170 cv de potência (a 2.500 rpm) e torque de 61,3 kgfm (a 1.500 rpm), um dos mais fortes do segmento.

• Cargo 2428e MaxTruck 6×4: trucado ideal para aplicações rodoviárias de curtas e médias distâncias. Seu PBT Técnico de 24.000 kg permite maior aproveitamento de carga.

• Cargo 5032e 6×4: voltado ao transporte de cana-de-açúcar e madeira, tem capacidade de tração de 50 toneladas, com motor eletrônico Cummins ISC de 319 cv e transmissão Eaton de 10 velocidades. Vem preparado para montagem de gancho-reboque para uso de implementos do tipo “julieta”.

Picapes e Vans

• Courier Van: recém-lançada na versão 1.6 L Flex, traz compartimento fechado na caçamba e reforça a proposta da picape como veículo voltado para o trabalho.

Destinada a atender o segmento de transporte de cargas urbanas, tem como principais atrativos o custo-benefício, o desempenho e o amplo espaço para carga, de 3.000 litros, um dos melhores da categoria, que permite o transporte de vários tipos de mercadorias.

• Ranger GNV: com o eficiente motor 2.3 L a gasolina, que pode ser convertido para gás natural veicular (GNV), com kit de última geração aprovado pela fábrica, é indicada para quem precisa de uma picape robusta e econômica. Além das qualidades já conhecidas da Ranger, custa cerca de 30% menos em comparação com os modelos a diesel e pode trazer uma economia de até 70% no gasto com combustível.

• Transit: eleita a Van do Ano por dois anos consecutivos na Europa, em eleição realizada entre jornalistas de 19 países, é um exemplo de tecnologia e sucesso neste setor.

Na Europa, a Transit é comercializada em várias versões, oferecendo opções para transporte de carga ou passageiro, PBT de 1 ou 2 toneladas, tração dianteira ou traseira e transmissão de cinco ou seis velocidades.

Ela é fabricada na planta da Ford Otosan, na Turquia, e comercializada em 22 países da Europa. Em 2006, foram vendidas 210.000 unidades de Transit no continente europeu, atingindo uma participação de mercado de 11,8%.

Para 2007, a expectativa é um aumento de vendas de cerca de 26.000 unidades, alcançando a excepcional participação de 12,5%.

Na Fenatran, estão sendo mostradas duas versões da Transit: uma de carga com teto alto e capacidade de carga de 11,3 m3 e uma de passageiros com capacidade de 15 lugares, ambas com tração traseira e motor diesel 2.4 L TDCi.

Matérias relacionadas

Site oficial de ofertas Chevrolet

Mais recentes

Ofertas Peugeot 208

Destaques Mecânica Online

Fiat Toro

Avaliação MecOn

SACHS - Versátil, abrangente e convincente