quinta-feira, 20 junho , 2024
28 C
Recife

Veículos transformados da Renault também foram destaques

Líder na Europa no segmento de utilitários leves transformados, a Renault apresentou sua tecnologia para o País com uma linha completa de furgões para o transporte de mercadorias e de passageiros, além de novas propostas de adaptações para utilizações especializadas.

- Publicidade -

Atualmente, a Renault já oferece aos frotistas ou profissionais individuais cerca de 20 projetos de transformação totalmente testados e oferecidos com garantia da própria montadora.

Complementando essa ampla gama de veículos utilitários e de modelos transformados, a Renault do Brasil, em parceira com a sua rede de concessionárias, disponibiliza o “Renault Empresa”, uma estrutura de vendas e pós-vendas especializada no atendimento das necessidades especiais dos clientes profissionais.

O estande da Renault na edição deste ano da Fenatran exibiu alguns exemplos de como a fábrica transforma seus produtos de qualidade consagrada em veículos especializados e com autonomia para executar as mais variadas tarefas em segmentos como saúde, turismo, comércio e serviços, entre outros.

Com cerca de 20 projetos de utilitários leves equipados para atender a diversos setores, a fábrica de utilitários da empresa, que integra o Complexo Ayrton Senna, no Paraná, vê neste segmento um nicho extremamente promissor e, por isso, mantém constantes pesquisas para a oferta de novos veículos adaptados a frotistas e empreendedores. Uma das vedetes do estande mostra bem esta visão da empresa sobre o mercado.

- Publicidade -

O furgão Renault Master “CrewCab” é um cabine-dupla montado na configuração L2H2 (chassi médio com teto alto) cuja proposta é transportar equipes de trabalho e uma oficina completa, que pode ser adaptada para os mais diversos ramos, desde empresas de jardinagem, dedetização e serviços de manutenção de redes elétricas, até bandas musicais e equipe de kart de competição.

A área de carga permite a criação de diversas adaptações, como revestimentos de madeira, células isoladas e dispositivos para acoplamento ou acomodação de instrumentos e ferramentas com toda segurança e praticidade.

Variedade de modelos em exposição Com 552 m², o estande da Renault do Brasil na Fenatran 2007 exibiu além do Master “CrewCab” os modelos: Master L1H1 Minibus Executivo, Master L1H1 Furgão Isotérmico, Master L3H2 Ambulância UTI, Master L3H2 Furgão Standard, Kangoo Expression Pet Shop, Kangoo Express (pintado nas mesmas cores da equipe Renault de Fórmula 1) e o Logan Patrulha.

Novo sucesso da marca no Brasil, o Logan foi escolhido para esta especialização devido aos fortes atributos que o colocam como ideal para a utilização em órgãos policiais e empresas de segurança: ótimo desempenho dinâmico, amplo espaço interno e generoso porta-malas para transporte de equipamentos – fazendo dele imbatível em termos de custo-benefício.

Em função da importância do modelo Renault Master no mercado de utilitários leves, o veículo especializado CrewCab – cujo nome em inglês poderia ser traduzido como “cabine da equipe de trabalho” – ocupa a área de maior destaque do estande.

- Publicidade -

Colocado sobre uma plataforma giratória para melhor visualização de seu amplo espaço interno e da variedade de equipamentos e instalações que recebeu, o Master CrewCab reúne qualidades que sintetizam o slogan da marca para seus utilitários: “Seus negócios rodam melhor assim”.

Expertise em utilitários – Com controle total no processo de desenvolvimento de veículos adaptados, a Renault do Brasil garantiu um padrão de qualidade e custo de aquisição e utilização sem paralelos no mercado, além de disponibilizar ao cliente uma rede de assistência e manutenção voltada para empreendedores e profissionais em todo o território nacional.

O sistema “Renault Empresas” completa o pacote, oferecendo não apenas orientação especializada para a adequação de veículos às necessidades do cliente, mas também uma linha de crédito que facilita a aquisição tanto do veículo quanto das adaptações complementares.

No Brasil, o programa de transformação de veículos da Renault tem se beneficiado da tecnologia desenvolvida na Europa, onde a montadora é líder no segmento de utilitários especializados.

Desde 2002, a Renault no Brasil vem pesquisando, testando e implementando transformações de seus modelos em verdadeiras ferramentas para empresários e empreendedores de diversos setores.

Segundo a empresa, o portifólio de projetos homologados só tende a crescer, baseado na maior competitividade e necessidade de agilidade e pronto atendimento em todos os segmentos da economia.

Atualmente, entre 30% e 35% dos veículos Kangoo e Master recebem algum tipo de adaptação complementar, testada e homologada pela fábrica – um benefício mercadológico que agora também deve reforçar o bem-sucedido esforço de vendas do Logan.

A montadora recomenda que estas transformações sejam realizadas por empresas homologadas, devido a implicações de segurança e até de eficiência dos equipamentos instalados.

Estes fornecedores tiveram seus processos de fabricação, materiais empregados, qualidade de serviços e produtos finais avaliados em testes pela Renault, e é justamente por isso que seus kits de transformação e equipamentos contam os mesmos níveis de garantia concedidos aos veículos da fábrica.

O segmento de furgões é um dos que tem mais potencial de crescimento dentro do mercado nacional de veículos.

O público brasileiro, no entanto, ainda não desvendou por completo as vantagens deste tipo de veículo, já que o volume de vendas no país ainda não atingiu as mesmas proporções dos grandes mercados – e é bastante inferior até mesmo do que ocorre em países vizinhos como a Argentina, onde as vendas de furgões são praticamente o dobro das realizadas por aqui.

Em 2006, o mercado de utilitários leves foi responsável por 10,9 % do total de veículos vendidos no País, totalizando 200.305 unidades comercializadas.

A Renault teve participação de 1,6% no segmento e prevê para 2007 um crescimento de 30,8% (calculado sobre o volume 2007 e 2006) – ou o equivalente a um aumento de 1.000 unidades.

Carro-chefe da Renault no segmento de utilitários leves, o Master, que em 2006 alcançou vendas de 2.774 unidades, até o final de 2007 deve chegar a 3.650 unidades comercializadas.”

Matérias relacionadas

Clínica de Serviços Chevrolet

Mais recentes

Ofertas Peugeot 208

Destaques Mecânica Online

Fiat Toro

Avaliação MecOn

SACHS - Versátil, abrangente e convincente