quinta-feira, 20 junho , 2024
28 C
Recife

Anhembi Morumbi e Santa Maria vencem a Maratona Universitária da Eficiência

No dia 26 de julho, os paulistanos da Universidade Anhembi Morumbi e os gaúchos da Federal de Santa Maria comemoraram a conquista da quinta edição da Maratona Universitária da Eficiência.

- Publicidade -

Mais uma vez, a prova demonstrou a criatividade dos estudantes brasileiros na busca de soluções capazes de tornar os veículos mais econômicos. Veja galeria de fotos com os melhores momentos logo abaixo.
A disputa aconteceu no kartódromo de Interlagos entre os dias 24 e 26 de julho.

Compareceram 28 carros (14 a gasolina e 14 elétricos), representando 14 faculdades de engenharia e design de São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Em 2007, a Maratona contou com a presença de 19 veículos experimentais.

A Anhembi Morumbi conquistou a categoria gasolina com o protótipo Errba 3, que foi capaz de atingir 343,17 km/l.

Com a vitória, a equipe confirmou as expectativas de 2007, quando foi vice-campeã entre os elétricos, mas teve problemas com o Errba 2. O recorde de Interlagos segue com a Unicamp, que fez 367,05 km/l no ano passado.

- Publicidade -

Além de serem bicampeões, os alunos de Santa Maria conquistaram os dois primeiros lugares e pulverizaram todos os recordes entre os elétricos.

O EESM-03 percorreu 29,89 km com uma bateria de moto 125 cc (12V 6Ah). O resultado superou até a marca de 29,13 km atingida na pista plana e sem curvas que foi palco da edição 2006.

Carros e Motores para os Campeões – Com patrocínio da Petrobras, Fiat, FPT – Powertrain Technologies, NSK Rolamentos e apoio técnico da Heliar e VZAN, a Maratona Universitária da Eficiência 2008 premiará as três universidades que alcançarem o menor consumo energético (em cada categoria) com veículos da Fiat Automóveis e motores da FPT, para uso didático.

Biodiesel em 2009 – Consagrada como uma dos maiores provas do gênero realizadas no mundo, a Maratona Universitária da Eficiência abrirá espaço para os biocombustíveis em 2009.

Em parceria com o fabricante de motores Yanmar, será criada a categoria biodiesel. Os propulsores estiveram em exposição e já despertaram o interesse de muitas equipes.

- Publicidade -

Resultados Garantidos – Todos os resultados da Maratona 2008 foram auditados pela Falcão Bauer, um dos mais avançados e conceituados centros tecnológicos do país, com mais de meio século de tradição em controle de qualidade e ensaios tecnológicos.

Além disso, na categoria de veículos elétricos, todas as baterias utilizadas pelos protótipos foram equalizadas (carregadas com igual quantidade de energia) no laboratório do fabricante, a Heliar, sorteadas entre as equipes e lacradas até o início da prova.

Confira os Resultados da Maratona 2008
CATEGORIA GASOLINA (Universidade/Carro)
1 – Anhembi Morumbi (Errba 3): 343,17 km/l
2 – Engenharia Mauá (EcoMauá 1): 333,91 km/l
3 – Unicamp (Noen): 327,40 km/l
4 – Ulbra (Camelo 3): 267,05 km/l
5 – Federal do Rio Grande (Promic): 215,37 km/l
6 – Mackenzie (Bandeirada): 185,87 km/l
7 – Federal de Santa Maria (EESM-05): 184,02 km/l
8 – Ulbra (Camelo 5): 159,27 km/l
9 – Mackenzie (Mundrugo): 142,88 km/l
10 – Federal de Itajubá (Urb2): 111,80 km/l
11 – Fadim (Iguana): 44,39 km/l
12 – Poli-USP (Mapfre 07): não completou
13 – Engenharia Mauá (EcoMauá 2): não completou
14 – Poli-USP (i9): não completou

CATEGORIA ELÉTRICO (Universidade/Carro)*
1 – Federal de Santa Maria (EESM-03): 29,89 km/bateria
2 – Federal de Santa Maria (EESM-02): 28,28 km/bateria
3 – Federal de Itajubá (E-Urb): 25,92 km/bateria
4 – Ulbra (Camelo 4): 23,49 km/bateria
5 – Anhembi Morumbi (Errbatronic 2): 21,04 km/bateria
6 – Mackenzie (EcoMack): 12,28 km/bateria
7 – Unicamp (Tubarão): 10,63 km/bateria
8 – FAAP (Challenge I): 6,60 km/bateria
9 – FEPI Universitas (Cel D’Minas 01): 6,52 km/bateria
10 – FAAP (Fênix): 3,45 km/bateria
11 – FEPI Universitas (Cel D’Minas 02): 2,66 km/bateria
12 – Fadim (Fio 5): 2,64 km/bateria
13 – Oswaldo Cruz (Focar II): 2,49 km/bateria
14 – USP São Carlos (EESC 1): não completou

  • foram utilizadas baterias Heliar FX 6D de 12V 6Ah (aplicação principal em motos de 125 cc)

Fonte: Mecânica Online & Douglas Cavallari – Taller Comunicação

EDIÇÃO 103 | JULHO | 2008 | ENGENHARIA | CONHEÇA A REVISTA MULTIMÍDIA MECÂNICA ONLINE
Inovação é o diferencial na Maratona Universitária da Eficiência 2008

A partir dessa quinta-feira, o kartódromo de Interlagos será novamente o palco de uma grande disputa entre os veículos mais econômicos do Brasil.

De24 a 26 de julho, 29 equipes (representando 14 escolas de engenharia e design de São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul) participarão da Maratona Universitária da Eficiência 2008.

Em sua quinta edição, a prova registra um recorde de participantes. As universidades Mackenzie, USP, Ulbra, Federal de Itajubá, Federal de Santa Maria e FEPI-Universitas reforçaram a sua presença com a construção de mais carros.

Atuais campeões da categoria elétrica, os gaúchos de Santa Maria, por exemplo, vão trazer quatro protótipos.

Performance Ecológica – Para os alunos da Unicamp, tão importante quanto atingir o menor consumo é criar um veículo “ecologicamente correto”.

Foi pensando assim que venceram a categoria gasolina em 2007 (com a marca de 367 km/l) utilizando fibra de bananeira na carenagem do modelo.

Para este ano, a inovação será o uso de uma carroceria feita com fibras de garrafas PET recicladas. Mas, além do “toque ecológico”, o protótipo terá um chassi em fibra de carbono, o mesmo material utilizado nos carros de Fórmula 1.

Revolução “Bambular” – Em 2007, os estreantes da Federal de Santa Maria surpreenderam ao ganhar a categoria elétrica com um carro de bambu.

Animados com a conquista, os gaúchos prometem muitas novidades, como misturar bambu e alumínio na estrutura dos veículos. Também esperam ficar na pista por mais de três horas para garantir o bicampeonato.

Sucata e Eletrônica – Atual campeã da categoria projeto, a equipe da Ulbra surpreendeu mais uma vez pela criatividade.

Para construir os novos carros para a Maratona, eles vasculharam a sucata do campus de Canoas (RS) da universidade. Até peças de uma velha copiadora foram aproveitadas.

Fazendo o contraponto, os protótipos contarão com alta tecnologia e muita pesquisa científica. Na categoria gasolina, os motores terão um sistema exclusivo de injeção e ignição eletrônica.

Aposta nos Compostos – Depois de apresentar um dos carros mais bem construídos de 2007, a Escola Politécnica da USP estreará um novo modelo este ano, o i9.

O veículo, criado com o apoio da Associação Brasileira de Materiais Compósitos, utilizará matérias-primas avançadas, como o kevlar, a fibra de carbono e tecidos de fibra de vidro. Pesará apenas 25 kg.

Inovação com Tradição – No melhor estilo mineiro, a Universidade Federal de Itajubá unirá a mais alta tecnologia com o artesanato local no seu carro a gasolina.

O modelo terá um avançado sistema eletrônico de gerenciamento do motor e um banco feito em fibra de bananeira trançada a mão.

A equipe também fará a sua estréia na categoria elétrica. Seu novo veículo usará uma carroceria feita com madeira balsa entelada com vinil termoadesivo, a exemplo dos aeromodelos.

Estilo de Fórmula 1 – A velocidade será bem diferente, mas a inspiração para a equipe da Faculdade Oswaldo Cruz montar o seu carro elétrico veio direto da Fórmula 1.

Entre as inovações, o piloto contará com um colar do tipo “hans” e um volante que concentrará todos os comandos do carro e o sistema de comunicação com o box.

Campeões Ganharão Carros e Motores – Com patrocínio da Petrobras, Fiat, FPT – Powertrain Technologies, NSK Rolamentos e apoio técnico da Heliar e VZAN, a Maratona Universitária da Eficiência 2008 premiará as três universidades que alcançarem o menor consumo energético (em cada categoria) com veículos da Fiat Automóveis e motores da FPT, para uso didático.

Confira as equipes inscritas
Categoria Gasolina (Universidade/Carro):
1 – Universidade Federal de Santa Maria – Santa Maria/RS – EESM-04
2 – Universidade Federal de Santa Maria – Santa Maria/RS – EESM-05
3 – Universidade Luterana do Brasil – Canoas/RS – Camelo 3
4 – Universidade Luterana do Brasil – Canoas/RS – Camelo 5
5 – Instituto Mauá de Engenharia – São Caetano do Sul/SP – EcoMauá1
6 – Instituto Mauá de Engenharia – São Caetano do Sul/SP – EcoMauá2
7 – Fundação Universidade Federal do Rio Grande – Rio Grande/RS – Promic
8 – Universidade Federal de Itajubá – Itajubá/MG – Urb2
9 – Escola Politécnica da USP – São Paulo/SP – i9
10 – Escola Politécnica da USP – São Paulo/SP POLI – Mapfre 07
11 – Universidade Anhembi Morumbi – São Paulo/SP – Errba 3
12 – Escola de Engenharia da Unicamp – Campinas/SP – NoeN
13 – Faculdade de Design Industrial – Mauá/SP – K2
14 – Universidade Presbiteriana Mackenzie – São Paulo/SP – EcoMack Bandeirada
15 – Universidade Presbiteriana Mackenzie – São Paulo/SP – EcoMack Mundrugo

Categoria Elétrica (Universidade/Carro):
1 – Universidade Federal de Santa Maria – Santa Maria/RS – EESM-02
2 – Universidade Federal de Santa Maria – Santa Maria/RS – EESM-03
3 – Universidade Luterana do Brasil – Canoas/RS – Camelo 4
4 – Universidade Federal de Itajubá – Itajubá/MG – E-Urb
5 – Universidade Anhembi Morumbi – São Paulo/SP – Errbatronic 2
6 – Escola de Engenharia da Unicamp – Campinas/SP – Tubarão Elétrico
7 – Faculdade de Design Industrial – Mauá/SP – Fio
8 – Universidade Presbiteriana Mackenzie -São Paulo/SP – EcoMack 08
9 – Fundação Armando Álvares Penteado – São Paulo/SP – Challenge 1
10 – Fundação Armando Álvares Penteado – São Paulo/SP – Fênix 1
11 – Escola de Engenharia da USP – São Carlos/SP – EESC 1
12 – Faculdades Oswaldo Cruz – São Paulo/SP – Focar II
13 – Centro Universitário de Itajubá – FEPI Universitas – Itajubá/MG – Cel D’ Minas 01
14 – Centro Universitário de Itajubá – FEPI Universitas – Itajubá/MG – Cel D’ Minas 02

Programação no Kartódromo

Quinta-feira – 24/07/2008
Recepção dos Veículos e Equipes – das 09h00 às 12h00
Treinos Livres e Vistoria Técnica – das 14h00 às 17h00

Sexta-feira – 25/07/2008
Treinos Livres – das 08h00 às 11h00
Largada p/ 1ª Tentativa – Categoria Elétrica – das 13h00 às 13h30
Largada p/ 1ª Tentativa – Categoria Gasolina – das 14h30 às 15h00

Sábado – 26/07/2008
Largada p/ 2ª Tentativa – Categoria Elétrica – das 08h00 às 08h30
Largada p/ 2ª Tentativa – Categoria Gasolina – das 09h30 às 10h00
Largada p/ 3ª Tentativa – Categoria Elétrica – das 10h30 às 11h00
Largada p/ 3ª Tentativa – Categoria Gasolina – das 11h30 às 12h00
Premiação e Encerramento – a partir das 13h00

Fonte: Mecânica Online & Douglas Cavallari – Taller Comunicação

EDIÇÃO 103 | JUNHO | 2008 | ENGENHARIA | CONHEÇA A REVISTA MULTIMÍDIA MECÂNICA ONLINE

Camelos da ULBRA partem na busca de mais um título

Universidade busca mais um título na Maratona da Eficiência Energética

Os camelos da ULBRA já estão prontos para a Maratona da Eficiência Energética, em São Paulo.

A equipe gaúcha embarcou nessa quarta-feira para a capital paulista em busca de mais um título na competição de protótipos universitários. O triciclo a gasolina deve economizar cerca de 30% a mais do que em 2007 e o elétrico percorrer mais de 30km com apenas uma pequena bateria.

A Maratona vai reunir diversas universidades brasileiras entre os dias 24 a 26 de julho no autódromo de Interlagos. No ano passado, os veículos do Laboratório de Engenharia Automotiva da ULBRA trouxeram para o Rio Grande do Sul três troféus e um automóvel Punto zero quilômetro como premiação.

A equipe da ULBRA está confiante em mais uma vitória. Nos testes realizados nos últimos dias, os protótipos confirmaram as expectativas.

“O Camelo a combustível realiza em terreno plano algo em torno de 600 km com apenas um litro de gasolina, enquanto o elétrico chega a marca de 32 km com uma bateria de apenas seis ampères”, salienta Luiz Carlos Gertz, coordenador do laboratório. Além dos dois veículos, os professores e alunos criaram uma terceira versão elétrica com quatro rodas. “Fizemos os cálculos e chegamos a conclusão de que a inovação vai dar maior estabilidade, sem aumentar o consumo”, afirma Gertz.

Os camelos são desenvolvidos durante a disciplina de Protótipos Automotivos. O custo do projeto foi praticamente zero, visto que a Universidade fecha parcerias com empresas como Fuel Tech, Comoto, Zamprogna e Novus. “Novamente temos grandes chances.

No entanto, já nos consideramos vitoriosos no momento em que esses carrinhos saem daqui para São Paulo, pois temos certeza de que as pesquisas foram bem executadas”, comenta Gertz. Uma injeção de otimismo em uma equipe que transforma a pesquisa automotiva em diversão.

ULBRA – Equipe otimista na busca de mais um título

Mecânica Online & Nelson Dutra – ACS Canoas – Imprensa Ulbra

EDIÇÃO 103 | JUNHO | 2008 | ENGENHARIA | CONHEÇA A REVISTA MULTIMÍDIA MECÂNICA ONLINE
Maratona conquista faculdades, professores e alunos

O kartódromo de Interlagos será palco da quinta edição da Maratona Universitária da Eficiência. A disputa envolverá 29 carros de alta economia, representando 14 escolas de engenharia e design de São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.

Com um novo recorde de participantes (15 protótipos a gasolina e 14 elétricos), a Maratona consolida-se como uma das principais provas estudantis do país e uma das maiores do gênero no mundo. Para os alunos, é a chance de aprender eficiência energética na prática.

Das Oficinas para as Empresas – Presente desde a primeira edição e campeão na categoria gasolina em 2007 (com 367 km/l), o Prof. Caio Sánchez, da Unicamp, destaca que a Maratona da Eficiência é uma ótima oportunidade para os alunos desenvolverem um projeto integral e quase sem ajuda.

Segundo o professor, a prova também colabora para uma maior empregabilidade. “Três integrantes da equipe do ano passado estão trabalhando na área da eficiência energética. Um atua com motores, outro em simulações e o terceiro com energia na indústria”, ressalta.

Estudantes enfrentam muitas dificuldades na busca pela tão esperada vitória

Da Teoria à Prática – Com o seu carro elétrico feito de bambu, a Universidade Federal de Santa Maria foi uma das grandes surpresas da última Maratona. Até conquistarem a vitória, os gaúchos enfrentaram grandes dificuldades, da falta de material até a viagem a São Paulo em dois carros lotados.

Agora, o Prof. Luiz Righi comemora a inscrição de quatro protótipos e os benefícios didáticos da prova. “Alguns alunos têm dificuldades nas aulas teóricas, mas gostam da prática. Nos carros eles podem aplicar muitos conceitos de física e cálculo e se aprimorar”, destaca.

Das Pistas para as Ruas – A principal meta da Maratona Universitária da Eficiência sempre foi colaborar na formação de profissionais melhores e mais conscientes. Mas, se depender do Prof. Leone Fragassi, da Faculdade de Design Mauá, a prova também marcará a pré-estréia de novos veículos.

“A partir dos convênios que criamos com alguns patrocinadores, poderemos, em breve, lançar o modelo Kalango no mercado. Nossa meta é transformar o primeiro protótipo que desenvolvemos para a Maratona, em 2004, num carro de passeio urbano elétrico”, antecipa.

Créditos: Mecânica Online & Douglas Cavallari – Taller Comunicação
Foto: Nelson Dutra – ACS Canoas – Imprensa Ulbra

EDIÇÃO 103 | JUNHO | 2008 | ENGENHARIA | CONHEÇA A REVISTA MULTIMÍDIA MECÂNICA ONLINE
Recorde de inscritos e muitas novidades na Maratona da Eficiência 2008

Após dar uma verdadeira “aula” em mobilidade sustentável na sua última edição, a Maratona Universitária da Eficiência retornará ao kartódromo de Interlagos entre os dias 24 e 26 de julho.

Pelo quinto ano consecutivo, a prova envolverá centenas de futuros engenheiros e designers na superação de um grande desafio: criar os veículos mais econômicos e ecológicos do país.

A edição 2008 da Maratona já começa quebrando recordes. Serão 29 veículos participantes, sendo 15 protótipos a gasolina e 14 com motorização elétrica. As equipes representarão instituições de ensino dos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, num total de 14 escolas superiores de engenharia e design.

A meta é superar as marcas obtidas, ano passado, pela Unicamp e Universidade Federal de Santa Maria. Além de construírem os seus veículos com materiais biodegradáveis, como a fibra de bananeira e o bambu, os campeões atingiram consumos de 367 km/l (Unicamp – gasolina) e 24 km/bateria de 12V 6Ah (UFSM – elétrico).

Para alcançar o difícil objetivo, os universitários apostam no uso de materiais ainda mais inovadores e ecológicos, além de pesquisas em diversas áreas, como o gerenciamento eletrônico dos motores.

A organização da Maratona também acredita que o conhecimento adquirido sobre a pista em 2007 (primeiro ano em que a prova foi realizada em Interlagos) será fundamental na melhoria das marcas.

Evolução Permanente – Além das evoluções previstas pelos participantes, a Maratona Universitária da Eficiência também ganhará vários aperfeiçoamentos por parte da Projeto de Comunicação, a organizadora da prova.

Entre as melhorias, as equipes terão novos tanques de gasolina (capazes de evitar qualquer possibilidade de desperdício), rodas com aros mais leves e um sistema eletrônico de medição de consumo que divulgará as marcas obtidas pelas universidades imediatamente.

“Os participantes poderão conferir os resultados alcançados assim que retornarem aos boxes, além do desempenho dos demais. Como a Maratona é composta por três tentativas, será possível fazer ajustes no carro, voltar à pista e tentar evoluir ainda mais”, explica Alberto Andriolo, criador e organizador da prova.

Premiação – Com patrocínio da Petrobras, Fiat, FPT – Powertrain Technologies, NSK Rolamentos e apoio técnico da Heliar e VZAN, a Maratona Universitária da Eficiência 2008 premiará as três universidades que alcançarem o menor consumo energético (em cada categoria) com veículos da Fiat Automóveis e motores da FPT, para uso didático.

Fonte: Mecânica Online & Douglas Cavallari – Taller Comunicação

Saiba mais | O carro mais econômico em 2007
Confira como foi a cobertura Mecânica Online na Maratona da Eficiência 2007
http://www.mecanicaonline.com.br/2007/11/engenharia/maratona_eficiencia.htm

Matérias relacionadas

Clínica de Serviços Chevrolet

Mais recentes

Ofertas Peugeot 208

Destaques Mecânica Online

Fiat Toro

Avaliação MecOn

SACHS - Versátil, abrangente e convincente