segunda-feira, 17 junho , 2024
28 C
Recife

Os carros ameaçados de extinção

Fique atento para que não aconteça de no final você terminar pegando um “mico”.

- Publicidade -

O Clio sedã, da Renault, foi o carro que teve a maior queda de vendas no primeiro semestre deste ano, nada menos que 73,9%.

O carro vendeu apenas 2.019 unidades, ante 7.720 no mesmo período do ano passado, mas a queda brusca era esperada, pois a carro sofreu uma grande canibalização com o lançamento do Logan, que começou a ser vendido em julho 2007.

A fábrica reposicionou o Clio sedã, eliminando a versão básica, Authentique, para abrir assim espaço para o Logan e ficou apenas com a Expression e a Privilege.

Mesmo assim a queda foi grande: foram vendidos apenas 336 carros por mês. Segundo a empresa, o patamar de vendas planejado para o carro neste ano não é muito diferente do resultado do primeiro semestre: entre 300 e 400 unidades mensais.

- Publicidade -

Também a versão hatch do Clio teve uma perda de terreno enorme este ano, com queda de 38,8% nas vendas, caindo de 9.902 para 6.062 unidades e, da mesma forma que o sedã, perdeu para abrir espaço para outro carro da marca, no caso o Sandero.

O A3 foi o segundo carro na lista dos maiores perdedores do ano. No primeiro semestre do ano passado o modelo de entrada da Audi vendeu 1.014 unidades e neste ano foram apenas 459, uma queda de 54,7%.

A razão da queda de vendas foi o preço: o modelo fabricado no Brasil, produzido em São José dos Pinhais até outubro de 2006, custava R$ 65.450,00. Com o fim da produção brasileira, o A3 mais barato custa R$ 110.900,00, sem contar que o consumidor tinha sete opções e hoje só tem três.

A perua Fielder teve uma queda de vendas semelhante: 53,5%, passando de 4.207 unidades vendidas no primeiro semestre do ano passado para 1.956 neste primeiro semestre.

A Toyota esclarece que esta queda aconteceu porque a fábrica está priorizando a fabricação do Corolla novo, deixando de fabricar a perua.

- Publicidade -

Para a empresa, a queda foi somente por falta de produção. Mas já se fala que a perua não terá uma versão com a carroceria nova, o que abreviaria o fim de produção.

Veja na lista abaixo os demais carros que mais perderam mercado no primeiro semestre do ano:

Matérias relacionadas

Site oficial de ofertas Chevrolet

Mais recentes

Ofertas Peugeot 208

Destaques Mecânica Online

Fiat Toro

Avaliação MecOn

SACHS - Versátil, abrangente e convincente