domingo, 19 maio , 2024
28 C
Recife

Farol de XenOn: prática irregular terá mudanças

Se o farol do veículo não é originalmente fabricado para uma lâmpada xenon, o veículo não é compatível para este tipo de iluminação

- Publicidade -

A partir desse mês, as lâmpadas de xenônio utilizadas nos faróis dos veículos terão o uso restrito. Segundo a Resolução 294 do Contran – Conselho Nacional de Trânsito – só poderão utilizar este tipo de iluminação os carros que tiverem regulagem automática na altura do facho.

Os limpadores de farol também serão obrigatórios. Via de regra, apenas os automóveis projetados de fábrica possuem estes recursos e podem fazer uso das lâmpadas xenon.

Essas normas foram adotadas para evitar a instalação irregular desses modelos de farol. Lázaro Moraes, desenhista industrial e coordenador de desenvolvimento de produtos da Nino Faróis e membro do comitê de iluminação veicular da ABNT-CB05, explica que essa troca prejudica a visibilidade dos demais motoristas, além de não estar dentro das normas, podendo também, acarretar em uma multa por modificação das características do veículo no valor de R$ 127,69.

A polêmica do farol de xenon – São os faróis do momento, com grande alcance a luz possui um tom azulado e ilumina muito bem.

- Publicidade -

Mas atenção, se o farol do veículo não é originalmente fabricado para uma lâmpada xenon, o veículo não é compatível para este tipo de iluminação. Ou seja, farol de xenon só pode ser usado em veículos projetados para ele, do contrário, vai atrapalhar muito quem vem em sentido contrário ou à sua frente.

Da mesma forma, automóveis projetados para iluminação convencional devem fazer uso apenas de lâmpadas comuns originais do veículo. Adaptações não são permitidas.

Matérias relacionadas

Fiat Fastback

Mais recentes

Fiat Toro

Destaques Mecânica Online

Vem aí o Seminário de Segurança e Conectividade 2024!

Avaliação MecOn

WABCO - Principal fornecedor global de tecnologias para para veículos comerciais