quarta-feira, 22 maio , 2024
28 C
Recife

Prêmio Ford de Conservação ambiental anuncia vencedores

Com novas categorias, a iniciativa consolida mais um ano de sucesso e entrega R$ 20 mil para cada ganhador e o reconhecimento para o melhor fornecedor da montadora

- Publicidade -

(*) Reportagem | Tarcisio Dias
CAMAÇARI (BA)

A Ford e a Conservação Internacional (CI-Brasil) anunciam os ganhadores de mais uma edição do Prêmio Ford de Conservação Ambiental. Nesta 13ª edição, foram recebidas 138 inscrições dentre as cinco categorias que o compõem.

Cada um dos ganhadores recebe um troféu e o prêmio no valor de R$20 mil – com exceção à categoria Fornecedor, que recebe o reconhecimento da montadora.

A grande vencedora na Conquista Individual foi a antropóloga Mary Helena Allegretti. Na categoria Negócios em Conservação o melhor foi o projeto Restauração Florestal e Aproveitamento Econômico, do Laboratório de Ecologia e Restauração Florestal LERF/LCB/ESALQ/USP.

- Publicidade -

O prêmio em Ciência e Formação de Recursos Humanos foi para o Instituto Terra, do renomado fotógrafo Sebastião Salgado.

Nas novas categorias Meio Ambiente nas Escolas e Fornecedor os vencedores foram a Escola Municipal de Ensino Fundamental 25 de Julho e a Magneti Marelli, respectivamente.

Todos os setores da sociedade estiveram representados nas categorias tradicionais do Prêmio pelas 22 instituições governamentais, 23 empresas, 16 entidades da sociedade civil organizada, além de 44 participantes que concorreram como pessoas físicas. Já na categoria Fornecedor, 33 empresas efetivaram suas inscrições.

“A divulgação e premiação destes trabalhos são maneiras que encontramos para mostrar publicamente a importância da preservação dos recursos naturais e ações que reduzam desperdícios, pensando nas próximas gerações. Por esse motivo, meio ambiente é uma das prioridades nas ações de responsabilidade socioambiental da Ford”, acrescentou o presidente da Ford Brasil e Mercosul, Marcos de Oliveira (foto ao lado).

Neste ano, o corpo de jurados foi composto por Adalberto Marcondes, jornalista e diretor do site Envolverde, Ana Rita Pereira Alves, diretora geral do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, Andrée Rider, coordenadora geral do Instituto Supereco, Denise Rambaldi, secretária geral da Associação Mico-leão-dourado, e Eric Stoner, diretor de meio ambiente da USAID – United States Agency for International Development.

- Publicidade -

A análise do corpo de jurados foi baseada em critérios como replicabilidade, inovação, criatividade, consistência dos resultados obtidos e repercussão, tanto para a conservação do meio ambiente como para a melhoria da qualidade de vida das populações atingidas.

“Em algumas categorias a competição foi bem acirrada por conta do alto nível dos projetos inscritos, o que gerou um grande e rico debate para a decisão final. Esperamos que os vencedores sirvam de exemplo e fonte de inspiração para projetos e iniciativas ambientais por parte de novos investidores, públicos e privados, e também da sociedade civil”, comentou Roberto Brandão Cavalcanti, presidente da CI-Brasil.

O Prêmio Ford de Conservação Ambiental, realizado desde 1996, é considerado hoje um dos reconhecimentos mais importantes na área ambiental do Brasil.

Ao longo destes treze anos, a iniciativa já premiou 60 personalidades e entidades dedicadas às causas ambientais, somando cerca de 1,7 mil projetos inscritos, vindos de todas as regiões do Brasil.

Os vencedores – Prêmio Conquista Individual – A antropóloga Mary Helena Allegretti venceu pelo conjunto da sua obra, que envolveu a criação das Reservas Extrativistas, ao lado de Chico Mendes, possibilitando a transformação da relação dos seringueiros e populações tradicionais com a terra.

Allegretti foi pioneira no atual modelo de proposição da RESEX e continua desenvolvendo diversos projetos socioambientais com empresas do setor privado.

A antropóloga também lidera a participação da sociedade para a construção da agenda positiva da Amazônia, envolvendo diversos públicos em torno de alternativas sustentáveis contra o desmatamento.

Mesmo após a morte de Chico Mendes, continuou articulando o crescimento da gestão dos trabalhos da Amazônia e de políticas públicas. A propriedade do seu trabalho foi o alicerce para muitas ações do movimento ambientalista.

Prêmio Negócios em Conservação – O grande vencedor foi o projeto Restauração Florestal e Aproveitamento Econômico do Laboratório de Ecologia e Restauração Florestal LERF/LCB/ESALQ/USP, que tem o objetivo de restaurar florestas nativas de Mata Atlântica com o propósito de recuperar e conservar a biodiversidade regional.

A conquista deveu-se à amplitude do trabalho, que acontece tanto em áreas de Reserva Legal como em áreas de baixa aptidão agrícola, e ao desenvolvimento de um serviço ambiental futuro de manejo florestal, restaurando a biodiversidade local e aferindo o retorno econômico.

Além disso, o programa ainda atua na geração de empregos, renda e capacitação para os restauradores envolvidos no trabalho.

Prêmio Ciência e Formação de Recursos Humanos – O vencedor foi o Instituto Terra, do renomado fotógrafo Sebastião Salgado, com o projeto “Centro Avançado para Recuperação Ambiental e Desenvolvimento Rural Sustentável”.

Criado em 2005, em Aimorés, na região do Vale do Rio Doce, o programa forma um novo profissional com práticas e consciência socioambientais, para atuar como técnico agroambiental (nível técnico) e auxiliar os agricultores familiares.

O projeto foi eleito o melhor pelo envolvimento com a comunidade e, sobretudo, pela proposta responsável de tornar o conhecimento científico acessível a pessoas do campo, que muitas vezes não têm acesso ao estudo formal.

O Centro também contribui para o social, pois possibilita uma melhoria de qualidade de vida a muitos jovens da região que não têm perspectivas educacionais e profissionais.

Prêmio Meio Ambiente nas Escolas – A Escola Municipal de Ensino Fundamental 25 de Julho, em Campo Bom, RS, foi vitoriosa com o projeto “Conhecendo os Banhados”, que difunde para a comunidade local a importância da conservação do meio ambiente, em especial, em áreas de banhados.

Criado em 2005, o projeto trabalha com mais de 600 alunos de educação infantil, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE – do ensino fundamental, Curso de Educação de Jovens e Adultos – EJA – e a comunidade em geral. Os participantes são orientados a preservar os banhados por meio de aulas teóricas e práticas, com material didático desenvolvido pela coordenação do programa. Também orientam sobre o destino correto do lixo orgânico, a confecção de sabão com óleo de cozinha usado, a produção de papel reciclado, a confecção de jogos de sensibilização, a organização de jardins e o plantio de árvores.

Prêmio Fornecedor – As ações em prol do meio ambiente adotadas em suas instalações fabris e o investimento em pesquisa e desenvolvimento de tecnologias ambientalmente corretas deram o prêmio à Magneti Marelli.

Um dos exemplos é o desenvolvimento de três tecnologias – SFS (Software Flexfuel Sensor), ECS (Ethanol Cold System) e o novo bico injetor PICO ECO – para a criação de uma nova geração de motores flexíveis que deve chegar ao mercado a partir de 2009.

O Flex 3rd Generation possibilita a redução de até 5% do consumo de combustível, diminuindo a emissão de CO2 na mesma proporção, e de hidrocarbonetos em 15%, contribuindo assim para a preservação do meio ambiente.

Já no processo produtivo o destaque é o sistema de gerenciamento denominado World Class Manufacturing. Informatizado, ele permite redução dos custos por meio de uma metodologia que identifica as perdas visíveis e invisíveis no processo.

Além disso, sua unidade fabril em Hortolândia possui captação da água da chuva para uso industrial. Essa água é reutilizada para consumo em sanitários.

Existe, ainda, um sistema de iluminação natural e plantio de árvores ao redor do complexo industrial. Estas ações geram, por exemplo, redução de 15% no consumo de energia e diminuição de 20% no consumo de água.

(*) Repórter viajou a convite da Ford do Brasil

Matérias relacionadas

Fiat Fastback

Mais recentes

Ofertas Peugeot 208

Destaques Mecânica Online

Fiat Toro

Avaliação MecOn

WABCO - Principal fornecedor global de tecnologias para para veículos comerciais