sábado, 25 maio , 2024
28 C
Recife

Iveco comemora nove anos de produção no complexo industrial de Sete Lagoas (MG)

Em sua inauguração, em novembro de 2000, a unidade tinha capacidade de produzir 27.000 unidades/ano. Atualmente possui capacidade total de 70.000 unidades/ano.

- Publicidade -

Aniversário é comemorado também com a chegada do novo Iveco Vertis, que passará a ser fabricado no primeiro trimestre de 2010

A Iveco acaba de comemorar o aniversário de nove anos do complexo industrial de Sete Lagoas (MG). O momento coroa um ano especial e de grande sucesso da marca no Brasil e na América Latina. Na Fenatran 2009, realizada em outubro, a fabricante apresentou o novo Iveco Vertis, sua sexta família lançada num período de apenas dois anos.

Nenhuma outra montadora de caminhões lançou tantas novas famílias de produtos em tão pouco tempo.

Nesse contexto, a fábrica de Sete Lagoas tem sido o grande diferencial para a Iveco acompanhar o crescimento do mercado. Desde que foi inaugurado, o complexo já fabricou 65 mil produtos Iveco e 75 mil veículos Fiat (modelo Ducato).

- Publicidade -

A fábrica de Sete Lagoas ganhou um novo patamar pouco antes de comemorar seu nono ano de existência. No último mês de setembro, a Iveco inaugurou a sua nova unidade de caminhões semipesados e pesados, que triplicou a capacidade produtiva para este segmento, passando de 6.000 para 20.000 unidades por ano.

Os investimentos somaram R$ 80 milhões e fazem parte do pacote anunciado pela marca no período de 2007 a 2011, de R$ 570 milhões.

“A nova unidade marca um novo rumo industrial da empresa e uma nova referência dentro do Grupo Fiat”, na opinião de Angel Fiorito, diretor de operações industriais da Iveco.

O novo galpão possui 12.000 metros quadrados e foi construído sob medida para acomodar as linhas de montagem de cabine e de chassi.

A nova unidade apresenta-se como uma das mais modernas e eficientes fábricas de veículos comerciais do mundo.

- Publicidade -

A nova linha é inédita dentro do universo fabril da Iveco, pois foi totalmente planejada no Brasil a partir dos conceitos do World Class Manufacturing (WCM), que significa Produção de Classe Mundial.

O WCM, modelo adotado em todo o mundo pelo Grupo Fiat, reúne as melhores práticas da produção industrial e visa a eliminação de desperdícios de qualquer espécie, como energia, materiais e esforço humano, além do aumento da qualidade, diminuição do tempo de entrega dos veículos e, sobretudo, a segurança das pessoas.

A simplicidade da nova unidade operativa deve-se também ao amplo uso do sistema chamado Trilogic, com o qual se pode construir uma infinidade de equipamentos que permitem a perfeita organização do local de trabalho e melhor ergonomia na execução do serviço.

“Acreditamos que o mercado brasileiro tem potencial para crescer 10% ao ano pelos próximos anos. Nossa ousada estratégia de expansão da marca e da rede de concessionárias caminha lado a lado com uma capacidade produtiva compatível. Queremos comemorar o aniversário de 10 anos com uma participação de mercado de 10%”, afirma Marco Mazzu, presidente da Iveco Latin America.

O aniversário de nove anos do complexo industrial de Sete Lagoas tem muitos motivos para ser comemorado.

Nos dois últimos anos, a marca multiplicou suas vendas por quatro no Brasil, alcançando, em 2008, o volume recorde de 12.000 caminhões vendidos no País. Em 2009, a Iveco foi a única montadora a registrar aumento de vendas no comparativo mês a mês no primeiro semestre.

Além disso, os esforços da rede de concessionárias, dos times de vendas, dos profissionais do Iveco Capital e do Consórcio Iveco, ajudaram a marca a conquistar participação no mercado mesmo no período de crise econômica mundial.

Os empregados de Sete Lagoas, fundamentais em todo o processo de expansão da Iveco, também viram em 2009 o nascimento de três novos caminhões: Iveco Cursor, Iveco Tector Stradale e Iveco Vertis, além das versões cabines duplas da linha Daily e do Daily Elétrico, o primeiro caminhão elétrico desenvolvido no Brasil em parceria com a Itaipu Binacional.

A Iveco ainda anunciou a inauguração de seu novo Centro de Peças, de Sorocaba (SP), para março de 2010.

No complexo de Sete Lagoas, a mais flexível planta industrial da Iveco no mundo, são produzidos os modelos leves Iveco Daily (são 27 versões entre 3,5 e 7 toneladas de PBT), os semipesados Tector, Tector Stradale e Eurocargo, os pesados Iveco Stralis, Iveco Trakker, Iveco Cavallino e o novíssimo Iveco Cursor. Além do Fiat Ducato.

A produção total da fábrica em 2008, incluindo-se modelos Iveco e Fiat, somou 29.600 unidades. No mesmo complexo também funciona a fábrica de motores diesel operada pela FPT, Fiat PowerTrain Technologies, que, como a Iveco, é uma empresa do Grupo Fiat.

Veja também | Iveco triplica capacidade de produção de caminhões pesados e semipesados e reafirma compromisso com o Brasil

Matérias relacionadas

Fiat Fastback

Mais recentes

Ofertas Peugeot 208

Destaques Mecânica Online

Fiat Toro

Avaliação MecOn

WABCO - Principal fornecedor global de tecnologias para para veículos comerciais