quarta-feira, 22 maio , 2024
28 C
Recife

GM do Brasil inicia terceiro turno e contrata até 1.500 para ampliar produção em São Caetano

Adição de terceiro turno na fábrica paulista permitirá aumento da sua capacidade para 250 mil veículos por ano. Quatro veículos totalmente novos serão produzidos na unidade
CDs Mecânica Online®

- Publicidade -

A General Motors do Brasil decidiu criar o terceiro turno de trabalho na área de produção de veículos na fábrica de São Caetano do Sul (SP).

A medida foi tomada para ampliar a oferta de veículos Chevrolet no mercado brasileiro e implicará na contratação de até 1.500 novos empregados.

Com o terceiro turno, a unidade de São Caetano do Sul terá condições de ampliar sua capacidade atual de produção, de 200 mil veículos ano, para 250 mil veículos anuais. Ela será a responsável pela produção de quatro veículos totalmente novos.

A notícia foi comunicada na tarde desta sexta-feira (18/03/2011), durante audiência com o governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, pela comitiva da empresa liderada por Dan Akerson, Chairman e Chief Executive Officer da GM Company, Jaime Ardila, presidente da GM América do Sul, Marcos Munhoz, vice-presidente de Comunicação, Relações Públicas e Governamentais da GM do Brasil, além de outros diretores.

- Publicidade -

“O Brasil é um mercado chave na economia global e os investimentos que estamos fazendo no país demonstram nossa confiança no seu potencial de crescimento. O Brasil é o terceiro maior mercado da GM no mundo e o segundo maior da marca Chevrolet”, destaca Dan Akerson.

“Buscamos ampliar a oferta dos veículos Chevrolet e melhor atender o consumidor. O nosso desafio é, sem dúvida alguma, alcançar um crescimento na produção da unidade de São Caetano do Sul”, acrescenta Jaime Ardila, presidente da GM América do Sul e também da GM do Brasil.

Segundo ele, a empresa executa no Brasil um programa de investimentos de mais de R$ 5 bilhões no período de 2008 a 2012, para a ampliação das atividades industriais e a renovação do portifólio de veículos Chevrolet.

Daqueles recursos, R$ 3,670 bilhões estão sendo investidos em unidades da empresa no estado de São Paulo.

Somente no ano passado a GM anunciou R$ 1,4 bilhão, em 22 de março, e R$ 700 milhões, em 31 de maio, nas unidades de São Caetano e Mogi das Cruzes.

- Publicidade -

Aqui no Brasil, nos últimos anos, a GM vem registrando um crescimento médio nas vendas de 50 mil veículos a cada ano, o que justifica a medida na unidade de São Caetano do Sul, a exemplo do que acontece também na unidade de Gravataí (RS), que passa por uma ampliação.

A unidade de São Caetano do Sul foi a primeira implantada no país pela GM no Brasil, tendo iniciado sua produção em 1º de outubro de 1928 e sido inaugurada oficialmente em 12 de agosto de 1930.

Marcos Munhoz, vice-presidente de Comunicação, Relações Públicas e Governamentais da GM do Brasil, enfatiza que “a criação do terceiro turno em São Caetano do Sul, é uma prova de confiança inequívoca da empresa em relação ao grande potencial da economia brasileira.

Além disso, o mercado brasileiro vem registrando sucessivos recordes de vendas nos últimos anos”.

Atualmente ela produz os modelos Astra hatchback, Astra sedã, Vectra hatchback (GT), Vectra sedã, o sedã Classic e a nova picape Montana.

No final de dezembro de 2010, esta unidade tinha 10.598 empregados, sendo 6.354 ligados à área de produção e 4.244 ligados à área administrativa.

No Brasil, em todas suas unidades, a empresa tinha um efetivo total de 22.894 empregados, sendo 17.954 horistas (produção) e 4.940 (administrativos).

Mecânica Online®

Diretoria da GM, liderada pelo Chairman and Chief Executive Officer da GM Company, Dan Akerson, tem audiência com o Governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, para anunciar a criação do terceiro turno de trabalho, em São Caetano do Sul, SP.

Estavam presentes também Jaime Ardila, presidente da GM América do Sul e GM do Brasil; e Marcos Munhoz, vice-presidente de Comunicação, Relações Públicas e Governamentais da GMB.

Mecânica Online®

Contratações em andamento – A GM possui um amplo banco de candidatos e intensificou o processo de seleção e recrutamento no final do último mês de fevereiro de 2011, para as contratações de até 1.500 operadores de produção e imediato treinamento dos novos funcionários.

A maioria será empregada na montagem de veículos e uma pequena parte em funções especializadas não diretamente ligadas à montagem.

O terceiro turno de trabalho funcionará da meia noite às 06h05min. O primeiro turno, por sua vez, se estenderá das 06h00 às 15h18 min, enquanto o segundo, das 15h13min às 00h12 min.

Investimentos da GM no estado de São Paulo:
R$ 1,4 bilhão – modernização da fábrica de São Caetano do Sul e sua adequação à produção de novos modelos e também da unidade de produção de componentes de Mogi das Cruzes.
R$ 700 milhões – adequação da unidade de São Caetano do Sul e desenvolvimento de um novo veículo.
R$ 600 milhões – desenvolvimento da nova família Onix de veículos no Centro Tecnológico de São Caetano do Sul e no Campo de Provas da Cruz Alta, em Indaiatuba.
R$ 800 milhões – desenvolvimento e produção de dois novos veículos no Complexo de São José dos Campos.
R$ 170 milhões – duplicação e modernização do Centro Tecnológico de Engenharia e Design da GM em São Caetano do Sul e no Campo de Provas da Cruz Alta, em Indaiatuba, incluindo a construção de novos laboratórios e pistas de testes.
Cronologia de sucesso do Complexo de São Caetano do Sul

Há 80 anos instalada no município de São Caetano do Sul, a fábrica da GM é considerada uma das mais flexíveis e versáteis da companhia no mundo, onde são produzidos na mesma linha seis modelos diferentes da linha Chevrolet.

A unidade de São Caetano do Sul iniciou sua produção em 1º de outubro de 1928 mas foi inaugurada oficialmente em 12 de agosto de 1930. Portanto, em 2010 completou oito décadas de existência.

Abaixo alguns fatos marcantes desta unidade:

1936 – Em junho é produzido o veículo número 100.000.

1949 – Em fevereiro é produzido o veículo número 200.000 e, em maio, a fábrica de São Caetano do Sul começa a ser ampliada.

1968 – É lançado, em 19 de novembro, o primeiro carro de passageiros Chevrolet produzido no Brasil, o Opala, com quatro portas.

1972 – Em 30 de junho, são adquiridos dois terrenos com 243.000 m² para expansão da fábrica de São Caetano do Sul.

1979 – Em 12 de dezembro, a fábrica de São Caetano do Sul comemora a produção do veículo número 1.500.000.

1993 – Em 11 de novembro, durante a visita do presidente mundial da General Motors Corporation, Jack Smith Jr., a GMB comemora a produção do Chevrolet número 5.000.000, um Vectra GSi, unidade montada na fábrica de São Caetano do Sul.

2010 – Em 22 de março, a GM anuncia um investimento de R$ 1,4 bilhão, para a modernização e ampliação do Complexo de São Caetano do Sul, para a futura produção de três novos modelos, e também da unidade de Mogi das Cruzes.

2010 – Em 31 de maio, a GM anuncia um novo investimento de R$ 700 milhões, para adequação da linha e desenvolvimento de um novo veículo em São Caetano do Sul.

2011 – A unidade decide criar pela segunda vez em sua história o terceiro turno de trabalho na unidade de São Caetano do Sul.

Mecânica Online®

Diretoria da GM, liderada pelo Chairman and Chief Executive Officer da GM Company, Dan Akerson, tem audiência com o Governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, para anunciar a criação do terceiro turno de trabalho, em São Caetano do Sul, SP.

Estavam presentes também Jaime Ardila, presidente da GM América do Sul e GM do Brasil; e Marcos Munhoz, vice-presidente de Comunicação, Relações Públicas e Governamentais da GMB.

Treinamentos Online Mecânica Online®

Plantão de notícias – Mercado / Economia

Veja mais…
Veja todas as notícias publicadas nessa seção

Matérias relacionadas

Fiat Fastback

Mais recentes

Ofertas Peugeot 208

Destaques Mecânica Online

Fiat Toro

Avaliação MecOn

WABCO - Principal fornecedor global de tecnologias para para veículos comerciais