domingo, 19 maio , 2024
28 C
Recife

Chevrolet Volt

A Chevrolet introduz o Volt 2011, um veículo elétrico com autonomia estendida, estabelecendo um segmento inteiramente novo no mercado automotivo global.

- Publicidade -

O Volt de cinco portas, quatro passageiros, está projetado para oferecer os benefícios de um veículo elétrico sem as limitações de autonomia associadas a outros veículos elétricos no mercado.

“O Chevrolet Volt pode ser o único carro que você precisa ter,” disse Mark Reuss, presidente da GM América do Norte.

“O Volt oferece tudo: um sistema de propulsão revolucionário, estilo progressivo, o que há de melhor na indústria quanto à segurança, amenidades Premium e tecnologias amigáveis com o usuário, e dinâmica de condução energética”.

Projetado, desenvolvido, construído e disponibilizado aos clientes em 29 meses, o Volt já está à venda nas concessionárias Chevrolet nos Estados Unidos.

- Publicidade -

Ele é oferecido em um nível de acabamento padrão bem equipado, junto com dois pacotes de opcionais: um Pacote de Acabamento Premium e um Pacote de Câmera Traseira e Assistência de Estacionamento.

Mecânica Online®

O Volt em si constitui uma classe – O Chevrolet Volt não é um veículo híbrido. Ele é um veículo exclusivo, tracionado 100% eletricamente, projetado e desenvolvido para operar em todas as temperaturas, com uma autonomia de até 560 quilômetros.

Alimentado pelo sistema de propulsão revolucionário, batizado de Voltec, ele tem um conjunto de bateria de íon-lítio de 16 kWh e uma unidade de tração elétrica que fornece autonomia elétrica pura entre 40 e 80 quilômetros, conforme o tipo de pista, técnicas de condução e temperatura ambiente.

Um motor 1.4 a gasolina (mas que pode ser flex, se o mercado consumidor em cada país demandar) estende a autonomia até 500 quilômetros adicionais com um tanque cheio de combustível, acionando o sistema de tração elétrica do veículo até que o veículo seja conectado a uma fonte externa de eletricidade e recarregado ou reabastecido com energia.

- Publicidade -

Uma unidade elétrica de tração (que oferece 150 cv) traciona as rodas do Volt continuamente. Sempre.

Posicionado sob o capô e próximo ao motor de combustão interna, agrega um par de motores elétricos e uma caixa de câmbio continuamente variável (CVT).

Diferentemente de um sistema powertrain convencional, não há engrenagens escalonadas na unidade e não há ligação mecânica direta entre o motor de combustão interna e as rodas.

No interior da unidade de tração, um ou ambos os motores elétricos tracionam o veículo com base no desempenho e velocidade para otimizar a eficiência.

Um dos motores elétricos atua como função dupla, seja para ajudar a tracionar as rodas, ou para operar como um gerador para manter o pacote da bateria em seu nível mínimo.

Para garantir a durabilidade a longo prazo dos motores elétricos, o fluido da transmissão é bombeado ao redor e através destas unidades para lubrificar e manter a temperatura baixa.

Em adição o fio elétrico utilizado nos enrolamentos de cobre dos motores elétricos é projetado para minimizar a formação de calor.

Nas cargas e nas rotações mais altas, o segundo motor elétrico será ativado conforme necessário para eficiência.

O sistema de propulsão Voltec avalia o melhor ponto de eficiência centenas de vezes por segundo, e sem descontinuidade faz a comutação da operação de um motor elétrico para dois motores elétricos para utilizar o mínimo de energia possível e ao mesmo tempo atender às necessidades do motorista.

O que diferencia o Volt dos demais veículos elétricos é a sua capacidade de funcionamento quando a bateria estiver quase completamente descarregada – um dispositivo prático que elimina as limitações de autonomia associadas aos veículos unicamente elétricos.

Os quase 500 quilômetros de autonomia estendida do Volt são conseguidos por conta da geração de energia do motor a gasolina de 84 cavalos.

O motor de combustão interna inclui um cabeçote de 16 válvulas em alumínio, sendo quatro válvulas por cilindro e projetado para facilidade de manutenção. As características incluem:

Ligação feita por corrente, ao invés de correia dentada: desempenho com baixo atrito, durabilidade e operação livre de manutenção
Jatos de óleo para arrefecimento do pistão para melhor lubrificação, aumento da duração e maiores intervalos de manutenção
O sistema de ignição com bobinas individuais elimina os cabos da vela de ignição e resulta em maior confiabilidade operacional e menos exigência de manutenção
Velas de ignição com ponta de platina com intervalos de manutenção de 160.000 quilômetros.

O Volt roda melhor com gasolina Premium uma vez que otimiza o desempenho do motor de combustão interna e garante economia máxima de combustível durante o funcionamento no modo de autonomia estendida.
Mecânica Online®

Três modos de tração: Normal, Esportivo e Aclive – O Volt é um carro elétrico projetado para operar em todas as condições de temperatura, e oferece modos de desempenho para diversos estilos e condições de condução.

Através de um botão “Drive Mode” localizado no console central, os motoristas podem selecionar os modos Normal, Esportivo ou Aclive:

Modo normal: O ajuste básico (default) do Volt e o modo esperado para uso na maior parte do tempo e oferece a eficiência máxima.

Quando o nível de energia da bateria cai abaixo da janela do estado de carga, o Volt passa à operação em autonomia estendida, tempo em que o motor de combustão interna funciona automaticamente para manter a carga e permitir o percurso de autonomia estendida.

Modo esportivo: Este modo reconfigura automaticamente a resposta do pedal do acelerador para permitir aplicação mais rápida de torque nas situações de condução em modo esportivo.

Embora não permita potência de saída maior, oferece resposta mais sensível aos comandos do motorista.

Modo aclive: O modo aclive ajusta automaticamente o sistema de modo a fornecer a potência necessária nos ambientes de aclives, quando em outras condições o desempenho do veículo poderia ser comprometido.

O modo aclive altera as calibrações básicas para manter um estado de carga suficiente de modo que em caso de necessidade de potência complementar, esta possa ser disponível através da bateria.

Os motoristas deverão selecionar este modo após uma carga completa ou 10 a 15 minutos antes de iniciar a condução em um terreno montanhoso para habilitar a capacidade total do veículo em aclives constantes.

Mesmo sendo esperado que este dispositivo seja raramente utilizado, o modo aclive irá limitar a autonomia elétrica e a potência de saída máxima da unidade de tração.

Isso diferencia o Volt dos veículos somente elétricos, que não podem ser operados quando a recarga não está disponível imediatamente – como durante uma falta de energia ou um trajeto de longa distância, o que os deixa limitados.

Todo elemento do Volt foi projetado e analisado quanto a eficiência, inclusive seu exterior altamente aerodinâmico, rodas leves, pneus especialmente projetados, sistema estéreo com economia de energia.

Mecânica Online®

O Volt redefine a tração elétrica – O coração do Chevrolet Volt é o seu sistema de propulsão Voltec, que combina tração elétrica pura e um motor de combustão interna eficiente para autonomia estendida, proporcionando ao Volt um total de até 560 quilômetros de autonomia.

A bateria tipo longa vida do Volt consiste de um conjunto de baterias de íon-lítio, com 198 kg, formato em “T” e 16 kWh fabricada em Brownstown Township, Michigan.

Ela fornece energia para uma unidade de tração elétrica para impulsionar o veículo. Utilizando a energia armazenada na bateria, o Volt permite condução elétrica entre 40 e 80 quilômetros livres de emissões do combustível e do tubo do escapamento, conforme o tipo de pista, técnicas de condução e temperatura.

A bateria do Volt foi projetada para proporcionar valor, segurança, qualidade, desempenho, durabilidade e confiabilidade.

Ela é coberta por uma garantia de oito anos/160.000 quilômetros. Desde 2007, os engenheiros da GM percorreram mais de um milhão de quilômetros e dedicaram quatro milhões de horas em testes de validação dos conjuntos de bateria do Volt, bem como em cada um dos nove módulos do conjunto e 288 células.

Os times de desenvolvimento, validação e teste atenderam a milhares de especificações e validaram cada um dos 161 componentes da bateria do Volt, 95% dos quais projetados e desenvolvidos pela GM.

“Nossos clientes estão assumindo um compromisso com a tecnologia que irá reduzir a nossa dependência do petróleo,” disse Micky Bly, diretor executivo da GM, sistemas elétricos globais. “Por outro lado, nos comprometemos a oferecer os mais altos padrões em valor, segurança, qualidade, desempenho e confiabilidade aos nossos clientes.”

Quando a energia da bateria for esgotada, o Volt passará ao modo de autonomia estendida sem descontinuidade.

A alimentação é invertida de um motor 1.4 a gasolina, tecnicamente avançado, a bordo, para a unidade de tração elétrica para proporcionar até 500 quilômetros de autonomia adicional.

O Volt comprova que a condução elétrica pode ser energética. O Volt não somente atinge a velocidade máxima de 160 km/h, mas o excelente torque de 36,8 mkgf do motor elétrico o permite acelerar de 0 a 100 km/h em menos de 9,0 segundos e atingir a marca de 400 metros em menos de 17,0 segundos.

O procedimento de carga da bateria do Volt é simples e intuitivo, e pode ser executado através de tomadas elétricas residenciais convencionais de 120V, ou através de uma estação de carga dedicada de 240V.

O veículo é completamente recarregado em aproximadamente quatro horas utilizando uma tomada de 240V e em 10 a 12 horas em uma tomada de 120V.

Após a conexão do veículo, os proprietários podem programar as cargas imediata ou posteriormente, poderá ainda coordenar o procedimento de carga conforme o horário da partida ou horários de tarifas mais baixas.

Os proprietários também podem gerenciar e monitorar o Volt remotamente através de computador em MyVolt.com; ou utilizando um aplicativo smart phone exclusivo, OnStar Mylink Mobile App para Chevrolet.

Mecânica Online®

O Volt é projetado e refinado para impressionar – A postura do Volt, imponente, harmoniosa e orientada para o desempenho expressa suas capacidades de tração elétrica, e parece um sedã esportivo médio superior.

Isto é possível através das suas bitolas dianteira e traseira largas (1,55 e 1,58 metro) distância entre eixos de 2,68 metros, rodas destacadas, linha de cintura esculpida e execução muito refinada.

“O Volt é um carro revolucionário, e quisemos um projeto com definição mais harmoniosa e dinâmica possível,” disse Bob Boniface, diretor de projeto.

“Olhando-se o carro percebe-se que a linguagem de projeto Chevrolet é muito técnica e refinada na sua execução, com muitas superfícies inter-relacionadas traduzidas em ângulos e vincos agressivos.”

Trabalhando estreitamente em conjunto com especialistas em aerodinâmica no próprio túnel de vento da GM para modelar o Volt, os times de projeto e engenharia desenvolveram o veículo mais aerodinâmico da história da Chevrolet e o segundo veículo mais aerodinâmico da história da GM.

Reduzindo a energia necessária para vencer a resistência do ar, os especialistas em aerodinâmica do Volt contribuíram com aproximadamente dez quilômetros de autonomia elétrica e mais 80 quilômetros de autonomia estendida, só com a aerodinâmica de seu design.

O para choque dianteiro do Volt, arredondado e rente, os cantos afilados, a grade com dupla abertura permitem o movimento do ar facilmente ao redor do veículo para reduzir o arrasto.

Na extremidade traseira, os cantos acentuados e um spoiler cuidadosamente projetado controlam o fluxo de ar. Uma inclinação agressiva no para brisa e no vidro traseiro também ajuda a reduzir a turbulência e o arrasto e economizar energia.

Dentro e fora, a folga entre os elementos e os encaixes rentes são tão bons ou melhores do que em qualquer outro no segmento.

Até mesmo o compartimento sob o capô não foi negligenciado: Todos os componentes são mantidos em um alto padrão de aparência em harmonia com as demais partes do carro, utilizando superfícies com textura e cores similares.

O aplique exclusivo em preto brilhante na tampa traseira traz o emblema Chevrolet e um dos dois distintivos do Volt; o outro está no painel lateral dianteiro.

O Volt é oferecido em seis cores externas, incluindo Viridian Jouse, o nome vencedor escolhido por concurso nacional no último ano. As demais cores são Silver Ice Metallic, Black, Cyber Gray Metallic, Crystal Red Metallic e White Diamond.

No interior, o Volt oferece as características de espaço, conforto, conveniência e segurança que os clientes esperam de um sedã Premium de cinco portas – inclusive os compartimentos de estocagem e bancos traseiros rebatíveis 40/60.

Também é oferecido em uma variedade de cores internas, opcionais de iluminação e acabamento diferentemente de qualquer outro sedan Chevrolet anteriormente oferecido, e ainda com a assinatura Chevrolet de cockpit duplo.

O Volt tem duas telas de LCD de sete polegadas e alta resolução totalmente em cores com as características: Um é o visor gráfico que trabalha como o painel de instrumentos, o outro no console central inclui um visor com touch screen, interruptores tipo controle por toque e comutador integrado.

O grafismo do painel de instrumentos e dos insertos de porta são copiados nos bancos em tecido ou nos bancos disponíveis em couro.

Toques em prata brilhante aparecem ao redor dos interruptores de portas, porta-copos centrais, maçanetas das portas e interruptores do console central e difusores de ar do controle de temperatura interna. Os dispositivos de informação e entretenimento incluem:

Radio 30 GB para gravação de música, capacidade para execução AM/FM/DVD-ROM/MP3, reconhecimento de voz, Radio Data System, Bluetooth e funções de rádio pause-and-play.
XM Satellite Radio com XM NavTraffic/Weather, um dos sistemas de informação em tempo real mais avançados da indústria
Sistema de áudio Bose Premium, com dispositivo de economia de energia com seis alto-falantes e subwoofer
Cinco anos de OnStar com serviço de Instruções e Conexões.

Além da melhoria em segurança e solidez, a estrutura rígida do Volt inclui dispositivos que ajudam a isolar os ruídos do motor e do vento para aumentar o silêncio na cabine.

Matérias relacionadas

Fiat Fastback

Mais recentes

Fiat Toro

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn

WABCO - Principal fornecedor global de tecnologias para para veículos comerciais