Mercedes-Benz

Produção brasileira de aço bruto tem alta de 20,9% até agosto

As exportações de janeiro a agosto de 2021 atingiram 6,9 milhões de toneladas, ou US﹩ 5,5 bilhões.

A produção brasileira de aço bruto foi de 24,1 milhões de toneladas no acumulado de janeiro a agosto de 2021, o que representa um aumento de 20,9% frente ao mesmo período do ano anterior.

A produção de laminados no mesmo período foi de 17,9 milhões de toneladas, aumento de 31,6% em relação ao registrado no mesmo acumulado de 2020. A produção de semiacabados para vendas totalizou 5,5 milhões de toneladas de janeiro a agosto de 2021, um acréscimo de 2,4% na mesma base de comparação*.

As vendas internas foram de 16,0 milhões de toneladas de janeiro a agosto de 2021, o que representa uma alta de 34,2% quando comparada com o apurado em igual período do ano anterior.

O consumo aparente nacional de produtos siderúrgicos foi de 18,8 milhões de toneladas no acumulado até agosto de 2021. Este resultado representa uma alta de 41,7% frente ao registrado no mesmo período de 2020.

As importações alcançaram 3,5 milhões toneladas no acumulado até agosto de 2021, um aumento de 163,9% frente ao mesmo período do ano anterior. Em valor, as importações atingiram US﹩ 3,2 bilhões e avançaram 125,2% no mesmo período de comparação.

As exportações de janeiro a agosto de 2021 atingiram 6,9 milhões de toneladas, ou US﹩ 5,5 bilhões. Esses valores representam, respectivamente, retração de 10,9% e aumento de 46,2% na comparação com o mesmo período de 2020**.

Dados de agosto de 2021 – Em agosto de 2021 a produção brasileira de aço bruto foi de 3,1 milhões de toneladas, um aumento de 14,1% frente ao apurado no mesmo mês de 2020. Já a produção de laminados foi de 2,3 milhões de toneladas, 25,7% superior à registrada em agosto de 2020. A produção de semiacabados para vendas foi de 748 mil toneladas, um aumento de 19,1% em relação ao ocorrido no mesmo mês de 2020*.

As vendas internas avançaram 10,4% frente ao apurado em agosto de 2020 e atingiram 2,0 milhões de toneladas. O consumo aparente de produtos siderúrgicos foi de 2,3 milhões de toneladas, 22,7% superior ao apurado no mesmo período de 2020.

As exportações de agosto foram de 865 mil toneladas, ou US﹩ 868 milhões, o que resultou em aumento de 2,9% e 128,3%, respectivamente, na comparação com o ocorrido no mesmo mês de 2020.

As importações de agosto de 2021 foram de 461 mil toneladas e US﹩ 463 milhões, uma alta de 254,9% em quantum e 203,7% em valor na comparação com o registrado em agosto de 2020.

*Devido a uma perda que ocorre durante o processo produtivo do aço, a soma da produção de laminados e semiacabados para vendas não equivale ao total da produção de aço bruto.

**Em setembro, o Ministério da Economia revisou as informações de exportações de julho/21 divulgadas através do Portal Comex. Portanto, o Aço Brasil atualizou os dados de exportações siderúrgicas relativos ao mês de julho/21 que traz impactos nos volumes exportados do acumulado do ano.

Redação Mecânica Online®https://www.mecanicaonline.com.br
Um dos principais portais quando o assunto é mecânica na internet brasileira, o Mecânica Online® é feito por você! Através de nosso público procuramos cada vez mais oferecer um conteúdo que leve sempre o nosso principal objetivo: mecânica do jeito que você entende.
- Publicidade - Casa Scania

Notícias relacionadas

Cursos Mecânica Online

Oportunidade para você entender como o automóvel funciona, seus recursos e tecnologias. Participe de nossos cursos gratuitos!

- Publicidade - Casa Scania

Mais recentes

- Publicidade - Mercedes-Benz
Cursos Mecânica Online®

Lançamento

Truck

Motocicleta

Avaliação