Mercedes-Benz

BYD encerra 2021 como líder no mercado nacional de comerciais leves elétricos

O furgão 100% elétrico eT3 superou seu principal concorrente, o Renault Kangoo ZE, e foi responsável por cerca de 50% das vendas na categoria

De acordo com a Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), a BYD Brasil foi líder no mercado nacional de comerciais leves elétricos em 2021. Os resultados mostram que o furgão 100% elétrico BYD eT3 foi o modelo mais vendido do segmento, superando o seu principal concorrente, o Renault Kangoo ZE.

O mercado brasileiro contabilizou 251 unidades comercializadas dessa modalidade de veículos elétricos. Desse total, 49,4% (124 unidades) pertencem ao furgão BYD eT3.

A aceitação dos consumidores por veículos sustentáveis é cada vez maior no mercado brasileiro, particularmente no segmento de comerciais leves elétricos. Para se ter ideia, houve um aumento de 154% em vendas em comparação com 2020. E o próprio modelo da BYD é reflexo desse comportamento.

O BYD eT3 viu suas vendas saltarem nos últimos dois anos. Em 2020, haviam sido comercializadas apenas 19 unidades. Ou seja, com as vendas registradas no ano passado (124 unidades), o crescimento superou a casa de mais de 500%.

Para o Márcio D’Agosto, coordenador do Programa Logística Verde Brasil, a prática sustentável das atividades logísticas representa um diferencial competitivo indispensável num mercado que cada vez mais valoriza a abordagem ESG na gestão dos negócios.

“A eletrificação do transporte delivery pode ser considerada como uma das principais ações para reduzir impactos ambientais em áreas urbanas, como a emissão de poluentes atmosféricos e ruídos, nocivos à saúde da população e da emissão de gases de efeito estufa (GEE), responsáveis pelas mudanças climáticas”, conclui.

O furgão BTD eT3 possui autonomia para até 300 km e possibilidade de recarga rápida de 20% a 80% da bateria em apenas 30 minutos, o que garante até 180 km a mais de viagem, o modelo tem capacidade para 720 kg de carga e espaço no compartimento para 3,3 mil litros, com peso total de 1.700 kg. O modelo apresenta limitação da velocidade para até 100km/hora, trazendo mais segurança e maior autonomia, além de novos packs de baterias elétricas, característica que permite uma recarga DC, mais rápida e estável.

“Nosso furgão é uma opção sustentável para diversos setores da economia, com o de delivery. Muitas empresas já estão apostando nesse tipo de veículo, reforçando suas agendas ESG. Afinal de contas, trata-se uma forma de reduzir emissões de carbono. Essa é a tendência”, destaca Adalberto Maluf, diretor de Marketing e de Sustentabilidade da BYD.

Vale destacar que o furgão elétrico é uma solução amplamente sustentável, pois deixa de emitir 16.534 kg de CO2 por ano de trabalho, o que equivale ao plantio de 1.377 árvores por veículo. Em termos econômicos, comparando com um veículo a gasolina equivalente, o veículo a combustão tem um custo aproximado de R$ 0,41 por km rodado, enquanto a recarga do furgão custa em torno de R$ 0,09 por km, ou seja 78% menor.

Carlos Roma, Diretor Geral da TB Green, um dos principais clientes da área de logística da BYD Brasil, define o furgão elétrico eT3 como uma picape e delivery (muito além de uma furgoneta), opção ideal para as entregas nas grandes cidades, conduzidos pelos “Green Pilots”, como são reconhecidos os motoristas do modelo na sua empresa. Roma aponta os grandes diferenciais e os seus principais benefícios do modelo.

“O modelo BYD tem zero emissão de poluentes e é um veículo extremamente silencioso”. O executivo lembra ainda que, a maioria dos veículos à combustão utiliza câmbio de cinco marchas e três pedais (embreagem, freio e acelerador). “Dirigir um veículo comercial, com câmbio automático, ar-condicionado e apenas dois pedais, representa uma maneira inovadora que traz grande benefício para o motorista, reduzindo até esforço repetitivo, sem falar no conforto e prazer em conduzir o furgão”, ressalta.

Henrique Antunes, Diretor de Vendas da BYD, explica que “o furgão elétrico garante maior precisão na previsão de custos. Isso porque o preço da energia elétrica não tem variação em grande escala, como ocorre com os combustíveis em geral”. Segundo o executivo, em 2022, a BYD continuará aumentando sua capacidade de produção para atender à demanda do mercado delivery.

Versão refrigerada – O Furgão BYD eT3 100% elétrico conta ainda com uma versão refrigerada. Com tecnologia inovadora, o processo é alimentado por um sistema Thermo King com isolamento na carroceria. Trata-se de uma opção perfeita para o transporte de alimentos perecíveis e para a área farmacêutica.

Com autonomia para até 250 km e possibilidade de recarga rápida de 20% a 80% da bateria em apenas 30 minutos, o que garante até 180 km a mais de viagem, o modelo tem capacidade para 475 kg de carga e espaço no compartimento de 2,2 metros cúbicos para armazenagem de cargas resfriadas de 0ºC a + 5ºC.

Consolidação no mercado brasileiro – O ano de 2022 consolidará ainda mais a participação da BYD no Brasil. Ainda no primeiro trimestre, o TAN EV, primeiro SUV de sete lugares 100% elétrico, começará a ser vendido.

O modelo, que foi oficialmente apresentado no final do ano passado, superou as expectativas da empresa desde a sua primeira aparição pública. Foi muito elogiado pela imprensa especializada e, também, pelos consumidores, que esgotaram as reservas do primeiro lote do modelo. Serão, aproximadamente, 200 unidades comercializadas nesse primeiro momento.

O BYD TAN EV dispõe de uma série de atributos, como seus dois motores elétricos, um em cada eixo (245 cv motor frontal e 272 cv motor traseiro). Isso proporciona potência combinada de 517 CV e torque máximo conjunto de 680 N.m. Desta forma, o Tan pode atingir a velocidade máxima de 180 km/h e acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 4,6 segundos.

Além disso, há outros fatores que caíram no gosto do público em um curto espaço de tempo. A BYD introduziu a inovadora ‘Blade Battery’ – células de lítio-ferro-fosfato (LFP), mais finas e com células de energia de 800 ampères – e conseguiu redefinir os padrões de segurança para toda a indústria.

E a BYD já está se preparando para iniciar uma nova dinastia dos veículos elétricos no Brasil. Até o final de 2022, a BYD pretende contar com concessionárias da marca nas principais cidades brasileiras. A Eurobike, grupo com muita experiência e prestígio em nosso mercado, e que atua no segmento de veículos Premium, foi confirmada como a primeira concessionária no segmento de automóveis elétricos da marca no Brasil.

Além disso, a BYD já dispõe de uma das maiores redes de recarregamento de baterias elétricas, com 29 pontos distribuídos por seis estados brasileiros. Desse total, 21 estão localizados no estado de São Paulo. Rio de Janeiro, com quatro, Distrito Federal, Pará, Minas Gerais e Paraná, com uma unidade em cada estado, são outras regiões com espaços BYD para recarregamento das baterias elétricas.

A projeção é que esse número cresça ainda mais com o início da comercialização do TAN EV e de outros veículos da marca em território nacional neste ano, como o sedan premium elétrico Han EV. A ideia é que tenha, no mínimo, um ponto de carregador de bateria elétrica em cada concessionária do grupo.

Redação Mecânica Online®https://www.mecanicaonline.com.br
Um dos principais portais quando o assunto é mecânica na internet brasileira, o Mecânica Online® é feito por você! Através de nosso público procuramos cada vez mais oferecer um conteúdo que leve sempre o nosso principal objetivo: mecânica do jeito que você entende.
Mercedes-Benz

Notícias relacionadas

- Publicidade - Volvo Caminhões

Cursos Mecânica Online

Oportunidade para você entender como o automóvel funciona, seus recursos e tecnologias. Participe de nossos cursos gratuitos!

Mais recentes

Mercedes-Benz
Cursos Mecânica Online®

Lançamento

Truck

Motocicleta

Avaliação