sábado, 2 março , 2024
28 C
Recife

Honda Civic Híbrido estreia no Brasil mais eficiente, tecnológico e com menos ousadia

Com novo motor a combustão com injeção direta, modelo híbrido tem consumo de 18,3 km/l na cidade e 15,9 km/l na estrada. Vendas iniciam esse mês com preço público sugerido e R$ 244.900,00.

Ninguém tem dúvidas que a 11ª geração do Civic representa uma evolução em termos tecnológicos e construtivos, isso é fato, mas a o ganho tecnológico e eficiência energética que apresenta não combina com o design mais sóbrio da nova geração, o Civic perde a ousadia, característica do modelo na geração anterior, mas era preciso mudar para enfrentar os concorrentes.

A nova geração, produzida na Tailândia, chega ao mercado brasileiro em versão única e inaugura a tecnologia e:HEV por aqui, dando sequência ao plano de eletrificação da Honda no Brasil.

Com o uso de um sistema de dois motores elétricos de alta eficiência, combinados a um motor 2.0 a combustão, de ciclo Atkinson, o e:HEV proporciona uma diferenciada experiência de condução, com aceleração e respostas vigorosas, combinada a um consumo de combustível bem mais eficiente.

Quando o número é bom a Honda divulga logo. Sempre foi muito comum ouvir durante as coletivas da marca que ela não divulga dados de consumo. Agora que os números são significativos, isso mudou. Que bom.

No projeto do Civic Híbrido, em sua 11ª geração a engenharia da Honda buscou criar uma carroceria com três volumes bem definidos. O conceito “Low&Wide” tem a linha de cintura bem demarcada, o que dá impressão de maior largura, sensação acentuada pela ampliação da área envidraçada, o que também promove melhor visibilidade.

O significativo aumento da distância entre-eixos (35 mm), a redução do balanço traseiro e a menor abertura das caixas de roda buscam um perfil mais moderno, onde detalhes como as novas maçanetas e espelhos retrovisores já buscam mais elegância.

As linhas do para-choque e do capô confirmam a nova interpretação dada ao design do Civic Híbrido, conectando visualmente faróis e lanternas iluminados por LED. Estes, por sua vez, exibem assinatura luminosa com formas similares entre si. As rodas são de 17 polegadas.

A mudança no design certamente muda o perfil do cliente do Civic. Como disse no início o modelo perde a ousadia da esportividade e ganha traços mais retos, sóbrios. A subida com elevação na tampa traseira recorda alguns modelos da Mercedes-Benz. A lateral remete à esportividade, mas a frente é bem diferente do perfil que o brasileiro gosta, mas era preciso mudar.

No design interno destaca-se a horizontalidade do painel, característica cada vez mais comum da Honda, cujo posicionamento baixo e estilo limpo, sem interferência graças aos difusores de ar ocultos, favorece a consulta dos instrumentos, posicionados em tela de TFT colorida de 10,2 polegadas.

O design da cabine é limpo e com materiais cuja aparência e tato transmitem sensação de qualidade. O console central inclui porta-copos ao lado das teclas de comando da transmissão e uma ampla área para acomodar smartphones de todos os tamanhos e recarregá-los sem necessidade de cabo.

Os bancos dianteiros contam com sistema de estabilização corporal, garantindo total conforto mesmo após viagens mais longas. Há ainda ajustes elétricos para motorista e passageiro.

O porta-malas do Civic Híbrido tem 495 litros, um dos maiores em seu segmento. Além de grande é inteligente e prático.

Ao destravar a tampa (pelo botão na chave ou na porta do motorista), ela se eleva de maneira controlada até o ponto máximo de abertura. Este movimento é possível por conta da adoção de um sistema de molas de torção que trabalha em conjunto com um amortecedor do tipo mola a gás. Enquanto o primeiro sistema realiza a abertura, o segundo cadencia a velocidade do movimento.

Estrutura aperfeiçoada – O aumento da distância entre-eixos e a bitola traseira alargada em 12 mm favoreceram a estabilidade. Na carroceria temos aplicação de aços de alta resistência e com elevado nível de rigidez torcional.

O progresso técnico aplicado à construção do Civic Híbrido apresenta seus resultados também na redução dos níveis de ruído, vibração e aspereza, em benefício do conforto. A qualidade percebida foi acentuada com a adoção da soldagem a laser para junção do teto aos painéis laterais, resultando em melhor nível de acabamento.

Mecânica Online – O sistema de propulsão híbrido e:HEV conta com um motor elétrico de alta potência — 184 cv e 32,1 kgfm –, que trabalha em conjunto com o motor a gasolina de 2,0 litros de 143 cv de potência a 6.000 rpm e 19,1 kgfm de torque máximo a 4.500 rpm, alimentado por injeção direta, uma das grandes novidades em relação ao que equipa o Accord Híbrido. Já o segundo motor elétrico cumpre função de gerador de energia para a IPU — Intelligent Power Unit, o compacto conjunto de baterias de íons de lítio posicionado sob o assento do banco traseiro.

Na prática, o sistema e:HEV entrega acelerações típicas de modelos esportivos, além de reduzido nível de consumo de combustível. De acordo com o Programa Brasileiro de Etiquetagem, o consumo é de 18,3 km/l na cidade e 15,9 km/l na estrada — o nível de eficiência energética é de 1,21 MJ/km.

O novo motor 2.0 litros de ciclo Atkinson possui um sofisticado sistema de injeção direta de combustível, pelo qual ocorrem múltiplos pulsos na câmara de combustão, processo conhecido como “multistage injection”.

O principal ganho está na ampliação da faixa de atuação estequiométrica, com consequente ganho de eficiência. A alta taxa de compressão, de 13,9:1, eleva o motor a combustão do Civic Híbrido à condição de referência global em eficiência térmica, na ordem de 41% – número muito melhor do que a média dos motores a combustão interna a gasolina (30% de eficiência).

O sistema e:HEV tem três modos de conduçãoEV Drive, 100% elétrico; Hybrid Drive, elétrico e combustão; e Engine Drive, somente combustão – que se alternam automaticamente em função de fatores como topografia, demanda de acelerador, nível de energia nas baterias, etc.

Na grande maioria das situações, o Civic Híbrido é tracionado pelo motor elétrico (EV Drive). O Hybrid Drive é ativado nos momentos de maior pressão sobre o acelerador. Em ambas as situações, o motor a combustão é ativado para girar o motor gerador, suprindo a maior demanda de energia elétrica. A gestão da energia, feita pela PCU (Power Control Unit), gerencia a alta voltagem gerada pela bateria de íons de lítio da IPU.

Por fim, o Engine Drive, modo em que a tração é feita prioritariamente pelo motor a combustão. Na prática, o Engine Drive é ativado em situações de velocidades mais elevadas e constantes, ou seja, exatamente a condição em que motores a combustão trabalham em sua zona de máxima eficiência térmica.

Quando o motorista demanda a máxima potência, diferente de outros híbridos, o e:HEV trabalha no modo Hybrid, com o motor a combustão podendo tracionar, mas trabalhando majoritariamente em conjunto com o gerador para produzir eletricidade para o motor elétrico tracionar também.

A capacidade de alternar a tração do carro entre os motores térmico e elétrico, de modo que ambos trabalhem de maneira mais eficiente, é o grande diferencial do e:HEV, sistema híbrido exclusivo e de alta eficiência da Honda.

Qualquer que seja o modo de operação atuante, frenagens e desacelerações resultam em recuperação de energia, o que amplia a economia especialmente em situações de tráfego “para-e-anda”. A presença de tecla “Drive Mode” no console, logo abaixo das teclas P, R, N e D, possibilita a seleção entre “Normal”, “Sport”, “Eco” e “Individual”.

Em “Sport”, a resposta ao acelerador será mais direta, beneficiando uma condução esportiva. Em “Eco”, a atuação do acelerador privilegiará a economia, enquanto em “Individual” é possível a personalização de parâmetros como a resposta do acelerador e do sistema de direção. O modo “Normal” faz com que os ajustes retornem ao padrão que prevê um balanceamento entre performance e eficiência.

Equipamentos – Temos central multimídia com tela de 9″ com Apple CarPlay e Android Auto. Funções como telefone, navegador e controle do sistema de áudio via touchscreen são complementados por comandos físicos das funções “Home”, “Voltar” e “Volume”, facilitando a operação quando com o carro em movimento.

A adoção de um painel de instrumentos digital de 10,2″ colorido exibe de maneira organizada e personalizável diversas informações sobre a condução, mas sempre priorizando a visualização e compreensão imediata dos dados prioritários, como velocidade, nível de energia armazenado/regenerado e dos dispositivos de gerenciamento do estado geral de funcionamento do veículo.

No painel também é possível visualizar a representação gráfica do fluxo de energia do powertrain em tempo real, o que estimula o motorista a uma utilização mais consciente e econômica do Civic Híbrido.

A operação do painel é compartimentada, seguindo a lógica básica de que, no volante, os comandos à esquerda atuam nos parâmetros da porção esquerda do painel, com o mesmo ocorrendo à direita.

Uma exclusividade do Honda Civic Híbrido é o We Power, instrumento que age como uma espécie de conta-giros, mas que substitui a apresentação em RPM pelo percentual de potência. Sob condução mais forte e com o modo Sport ativo, o Civic Híbrido será tracionado exclusivamente pelo motor elétrico, que direcionará sua força para as rodas simulando trocas de marchas.

Nesta condição, a rotação do motor acompanhará as trocas de marchas, realçando a percepção de esportividade, com uma sonoridade e dinâmica similar à de carros esportivos com transmissão de dupla embreagem. Nas frenagens e desacelerações, o ponteiro do We Power desce à área Charge, indicadora do status da recuperação de energia. A força de desaceleração pode ser ajustada por meio de paddle shifts junto ao volante, com indicação do nível (quatro, no total) também no campo Charge.

O Civic Híbrido traz chave com partida remota do motor, ar-condicionado dual zone com difusores frontais camuflados – diferentes para o padrão brasileiro, banco traseiro com encosto rebatível, difusores de ar e portas USB iluminadas na traseira, teto solar e limpadores de para-brisa inteligentes.

Segurança – O sedan conta com o Honda SENSING, exclusivo pacote de tecnologias de segurança e assistência ao motorista, que se baseia em imagens captadas por uma câmera de longo alcance e de visão grande angular, operada por um microprocessador de imagem de alta capacidade. Ele oferece as seguintes funções:

ACC — Controle de cruzeiro adaptativo — Auxilia o motorista a manter uma distância segura em relação ao veículo detectado à sua frente. Ele conta com o Low Speed Follow, que permite a manutenção da distância do veículo à frente mesmo em baixas velocidades;

CMBS — Sistema de frenagem para mitigação de colisão — Aciona o freio ao detectar uma possível colisão frontal, com o objetivo de mitigar acidentes. Ele é capaz de detectar e identificar pedestres e veículos que estejam no mesmo sentido ou no sentido oposto. Bicicletas e motocicletas também podem ser detectadas pela câmera;

LKAS — Sistema de assistência de permanência em faixa — Detecta as faixas de rodagem e ajusta a direção com o objetivo de auxiliar o motorista a manter o veículo centralizado nas linhas de marcação;

RDM — Sistema para mitigação de evasão de pista — Detecta a saída da pista e ajusta a direção com o objetivo de evitar acidentes;

AHB — Ajuste automático de farol — Comutação noturna automática dos fachos baixo e alto dos faróis de acordo com a situação.

No Civic Híbrido, funções como o ACC e o LKAS ficaram ainda melhores, visando ações mais próximas às promovidas pelo ser humano. Nas ultrapassagens, por exemplo, informações como ativação da seta e movimentação do volante passam a ser consideradas pelo ACC, tornando a manobra mais natural.

Aprimorado, o LKAS mantém o Civic Híbrido no centro da faixa mesmo em situações de vento lateral, inclinação da pista e ultrapassagem de veículos longos.

Além do Honda SENSING, o Civic Híbrido traz, pela primeira vez na Honda, airbags laterais também na traseira. Assim, são oito airbags no total: dois frontais, dois de cortina e quatro laterais (dois na dianteira e, como citado anteriormente, dois na traseira).

A lista dos equipamentos de segurança tem ainda: assistente de estabilidade e tração (VSA), LaneWatch (assistente para redução de ponto cego por câmera no espelho retrovisor do lado do passageiro), assistente de partida em rampa (HSA), sistema de acionamento de luzes de emergência em frenagens severas (ESS), sistema Isofix (fixação de assentos infantis), alerta de baixa pressão dos pneus (TPMS), câmera de ré multivisão e sensores de estacionamento na dianteira e na traseira.

myHonda Connect – A plataforma de conectividade da marca, que estreou no New HR-V, também está presente no Civic Híbrido. De uso intuitivo, o myHonda Connect reúne informação, segurança e controle do veículo de um jeito prático e fácil, conectando o motorista ao seu carro, via aplicativo no smartphone.

As principais funções do myHonda Connect são:

  • Notificação Automática de colisão – Na eventualidade do motorista se envolver em um acidente com deflagração do airbag, o carro enviará uma mensagem à central de relacionamento myHonda Connect, que poderá acionar suporte médico e os contatos de emergência previamente cadastrados pelo usuário.
  • Detecção remota de falha – O carro constantemente avalia o bom funcionamento de seus sistemas. Ao encontrar alguma falha, na qual uma luz se acende no painel do veículo, um breve descritivo da ocasião (e como proceder) estará disponível no aplicativo.
  • Alarme de segurança – Se o alarme de segurança do veículo for disparado, um alerta será enviado para o celular do usuário, em qualquer lugar que ele esteja.
  • Localização do veículo estacionado – Verificação da localização na qual o veículo se encontra estacionado e, se desejar, estabelecimento de rota até o carro.
  • Painel de informações do veículo – Verificação remota do status das portas, janelas, luzes e calibragem dos pneus, além do diagnóstico geral.
  • Rastreamento do veículo em movimento – Acompanhamento da localização do carro em tempo real no mapa.
  • Controle geográfico – O usuário determina, no mapa, uma área de controle. Em seguida, seleciona se deverá ser notificado quando o veículo entrar ou sair deste perímetro.
  • Alerta de velocidade – Após determinar uma velocidade máxima, o usuário receberá uma notificação todas as vezes que o veículo rodar além deste limite estabelecido.
  • Assistência 24h – Veículos novos Honda têm 2 anos de assistência 24h grátis. Por essa função do aplicativo, o cliente poderá solicitar serviços de guincho, chaveiro, carga de bateria, entre outros.
  • Controles remotos – Através de comandos no app, o usuário poderá remotamente acionar o ar-condicionado, ligar o motor do carro, destravar e travar portas e acionar buzinas e luzes.
  • Últimas viagens – Dados de todas as viagens serão gravados e armazenados no aplicativo e o usuário poderá, posteriormente, verificar trajetória e estatísticas da viagem, tais como duração e velocidades máxima e média.
  • Manual digital do proprietário – Versão digital simplificada do manual do veículo.
  • Assistente de Voz – Por meio do assistente de voz Google, o usuário poderá realizar comandos remotos e verificar status do carro (Painel de Controle).
  • Notificações – Comunicação entre a Honda e o cliente.
  • Agendamento de serviços – Possibilidade de agendar revisões na concessionária de preferência.

Estão disponíveis dois pacotes do myHonda Connect. O primeiro é totalmente gratuito, basta baixar o aplicativo e se cadastrar para ter acesso a boa parte dos serviços: diagnóstico, alerta de velocidade, cerca geográfica, assistência 24 horas, viagens, manual do veículo e agendamento de revisão.

Já o pacote Plus será pago e dará acesso a todas as funcionalidades, adicionando: notificação automática de colisão, alarme de segurança, rastreamento em tempo real, controles remotos, localização veicular, comandos de voz e painel de controle. Inicialmente, o Pacote Plus será gratuito, uma vez que a Honda está oferecendo um ano de degustação aos seus clientes.

Cores e preço – As cores disponíveis para o Civic Híbrido são Branco Topázio e Preto Cristal (perolizadas) e Cinza Basalto e Prata Platinum (metálicas). O interior será em cinza claro quando a cor externa for Branco Topázio. Em todas as demais, o acabamento interno será na cor preta.

As vendas do Civic Híbrido serão iniciadas ainda nesse mês de janeiro. O preço público sugerido é de R$ 244.900,00. O Civic Híbrido tem 3 anos de garantia, sem limite de quilometragem. O conjunto elétrico (baterias e motores) tem garantia de 8 anos ou 160.000 km.

Inicialmente, só será vendido em São Paulo, Campinas, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Goiânia, Brasília, Curitiba, Recife, Salvador, Fortaleza e Manaus.

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn