Sprinter é referência de melhor relação custo benefício no setor de franquias

A Linha Sprinter oferece muitas vantagens para empresas e empreendedores do setor de franquias, que vem obtendo um bom desempenho comercial no País.

Segundo a ABF – Associação Brasileira de Franchising, o faturamento do setor em 2018 se aproximou dos R$ 175 bilhões, o que resultou num crescimento de mais de 7% sobre os 163 bilhões do ano anterior.

Os segmentos que mais cresceram foram os de Entretenimento e Lazer (12,7%), Hotelaria e Turismo (12,3%), Serviços e outros negócios (8,7%), Casa e Construção (8,6%), Comunicação, Informática e Eletrônicos (7,5%), Alimentação (7%) e Saúde, Beleza e Bem-Estar (6,3%).

O levantamento anual da ABF apontou que, no final de 2018, havia cerca de 153.700 franquias ativas no País, 5% a mais em relação às 146.100 do ano anterior.

De acordo com Jefferson Ferrarez, diretor de Vendas e Marketing Vans da Mercedes-Benz do Brasil, a Sprinter oferece reduzido custo operacional e um excelente padrão de custo/benefício a clientes do setor de franquias, como de diversas outras atividades.

“Os furgões e chassis com cabina da Linha Sprinter agregam disponibilidade e uma imagem altamente positiva para quem atua no transporte de carga e distribuição de mercadorias, bem como no comércio e prestação de serviços”, diz ele.

Essas e outras vantagens serão apresentadas pela Mercedes-Benz aos visitantes do estande da marca na ABF Franchising Expo 2019.

Maior vitrine do setor, o evento será realizado, entre 26 e 29 de junho, no Expo Center Norte, em São Paulo, capital.

Capacidade volumétrica é um diferencial da Linha Sprinter-A oferta de furgões Sprinter abrange diversas opções de capacidade volumétrica de carga, que vão de 7,5 m³ a 15,5 m³.

A maior porta lateral corrediça da categoria, com até 182 cm de altura e 130 cm de largura, permite o fácil carregamento de um palete pela lateral do veículo, o que também pode ser feito pela porta traseira, agilizando e otimizando a operação logística.

No caso do chassi Sprinter, que é encarroçado por empresas implementadoras, existem ainda mais opções para os clientes.

Robusto e resistente, o chassi com cabina está apto para receber vários tipos de carroçarias e equipamentos, como baú, carga seca, baú frigorificado, carga seca aberta e bebidas, entre outras.

Para o caso de baús, a capacidade volumétrica de carga até 22 m³ é vantajosa ao cliente que pode aproveitar 100% deste espaço.

 

- Publicidade - Mercedes-Benz