Dicas para economizar combustível

Atualmente, o desenvolvimento de veículos mais econômicos é uma busca incansável por parte das montadoras, que investem pesadamente em novas tecnologias que proporcionem uma boa relação de consumo de combustível e uma taxa de emissão de poluentes cada vez menor.

A tecnologia automotiva já faz a sua parte, porém alguns hábitos do motorista poderão contribuir para se obter uma economia ainda maior de combustível.

As boas práticas podem estar na forma de condução ou também na manutenção do veículo e na verificação de alguns itens que influenciam diretamente no consumo.

Siga as dicas do CESVI.

·         Calibrar os pneus com a pressão recomendada pelo fabricante contribui para melhorar a rolagem dos pneus no solo, evitando o desperdício de combustível. Calibre sempre os pneus frios a cada 15 dias.

·         Retire objetos desnecessários do interior do veículo e do porta-malas para não levar “peso morto” durante o seu trajeto. As montadoras passam anos desenvolvendo estruturas mais leves, visando à economia de combustível, e às vezes você transporta vários quilos desnecessários durante a condução.

·         Outra dica: utilize rotações adequadas para cada marcha engatada, evitando o alto giro do motor. Na dúvida, o próprio manual informará a marcha mais recomendada para cada velocidade desenvolvida.

·         E jamais recorra à famosa “banguela”, ou seja, não utilize o ponto-morto com o veículo em movimento. Na banguela, além de não se conseguir o “freio-motor”, o consumo de combustível será maior do que se você estiver trafegando com a marcha engrenada e o pé fora do acelerador, principalmente em decidas.

·         O alinhamento de suspensão é muito importante para evitar o desgaste de pneus e consequentemente um consumo maior de combustível.

·         Verifique o estado do sistema de catalisador e escapamento, pois esses elementos podem apresentar desprendimento de seus componentes internos, obstruindo a saída dos gases de escape, o que gera aumento de temperatura e maior consumo de combustível.

·         O bom estado das velas e cabos de ignição garante a queima do combustível dentro da câmara de combustão.

·         O sistema de arrefecimento do motor também merece atenção, pois é dotado de uma válvula chamada “termostática”, que, se apresentar problemas, poderá travar na posição aberta, liberando a total passagem do fluido de arrefecimento para o radiador, fazendo o motor do veículo trabalhar em uma temperatura muito baixa, principalmente em estradas.

Assim, o sistema de injeção pode interpretar que o motor está frio, enviando mais combustível para a queima desnecessariamente.

·         Verifique também a qualidade do combustível que você coloca no carro. Combustíveis de má qualidade comprometem o funcionamento do motor e alteram o consumo.

·         E, para finalizar, durante a condução, evite acelerações bruscas. Elas consomem uma quantidade de combustível muito maior.

- Publicidade - Mercedes-Benz