quinta-feira, 22 fevereiro , 2024
28 C
Recife

Mecânica evoluída para um veículo moderno

- Advertisement -

Tudo no Fiat Doblò, da escolha dos materiais de revestimento aos menores componentes, foi projetado visando o conforto, a segurança e a confiabilidade. Com a mecânica não poderia ser diferente.

Dela, afinal, dependem o desempenho do veículo em qualquer condição de rodagem e a integridade dos ocupantes nas situações mais críticas.

Para o Fiat Doblò foram escolhidos sistemas robustos e duráveis, que proporcionam conforto aos ocupantes e reações rápidas frente a circunstâncias imprevistas. Assim, a experiência de dirigir ou viajar no Fiat Doblò torna-se ainda mais segura e aprazível.

- Advertisement -

SUSPENSÃO
Proporcionar segurança, conforto e estabilidade são as funções básicas de um sistema de suspensão. Ele deve permitir ao veículo encarar qualquer tipo de percurso, absorvendo sempre as irregularidades do piso (sem transmiti-las aos ocupantes) e mantendo o veículo firmemente plantado no solo com máxima aderência.

Para o motorista, isso significa segurança na condução e confiança nas reações do veículo. Para os passageiros, um rodar macio e sem solavancos. O sistema de suspensão que equipa o Fiat Doblò faz exatamente isso, comportando-se de modo muito próximo aos automóveis de passeio convencionais.

Na dianteira, o Fiat Doblò possui um sistema com molas independentes tipo McPherson. Amortecedores e molas funcionam como elementos amortecedores e elásticos, estruturais e cinemáticos.

- Advertisement -

Seus principais componentes são: Molas helicoidais tipo “side-load”. Descentralizadas em relação à linha do impulso proveniente das cargas do solo, elas reduzem as forças tangenciais sobre a haste do amortecedores, absorvendo melhor as irregularidades do piso, principalmente em curvas.

Braços oscilantes com buchas dianteiras e traseiras alinhadas horizontalmente e rigidez diferenciada, absorvem as pequenas irregularidades do piso – ou seja, as vibrações transmitidas aos ocupantes – e ao mesmo tempo garantem absoluto domínio do veículo nas curvas.

Travessa de aço de alta resistência projetada para suportar cargas particularmente severas e receber os braços da suspensão. Fica ancorada rigidamente à carroceria. É capaz de filtrar os ruídos de ingresso no habitáculo.

Amortecedores hidráulicos telescópicos com duplo efeito (comportam-se de modo diferente na compressão e na distensão), para amortecer as oscilações verticais sem gerar ou transmitir ruídos e vibrações.

A menor rigidez dinâmica do coxim e a maior rigidez da zona de fixação superior reduzem os ruídos que ingressam na carroceria.

Na traseira, o Fiat Doblò possui eixo rígido, molas semi-elipticas e barra estabilizadora transversal.

Esta conformação é simples, robusta e de fácil manutenção. Ademais, a calibragem “soft” das molas semi-elípticas proporciona maior conforto aos ocupantes, não importam as condições do piso.

FREIOS
Segurança e reações precisas foram os principais parâmetros que nortearam a escolha do sistema de freios que equipa o Fiat Doblò. Na dianteira ele traz discos ventilados com 257 milímetros de diâmetro, para garantir a eficiência da frenagem, a resistência à fadiga, um menor desgaste das pastilhas e máxima confiabilidade.

Na traseira, freios a tambor — de 228 mm de diâmetro –, com sapatas autocentrantes que recuperam a folga automaticamente. Essa disposição assegura um curso reduzido do pedal e seu funcionamento constante e confiável ao longo do tempo.

Para aumentar a eficiência da frenagem e exigir menor pressão no pedal, o sistema vem com servofreio de 9 polegadas.

Em todas as versões do Doblò há um corretor de frenagem com carga variável. Ele reparte com precisão a intensidade de frenagem sobre o eixo traseiro em qualquer condição de carga e reduz o espaço de parada. O corretor de frenagem é eletrônico quando o Doblò vem equipado com ABS.

O ABS, opcional disponível em todas as versões, possui quatro sensores ativos, quatro canais, uma central hidráulica, oito eletroválvulas e repartidor de frenagem EBD (Electronic Brake Distribution).

O ponto forte do sistema são os sensores ativos, que processam dados relativos à velocidade das rodas (em vez de enviar esses dados à central) e podem ler valores próximos de zero — os sensores passivos não registram velocidades inferiores a 2,5 km/h.

O repartidor eletrônico EBD complementa o moderno sistema ABS. Ele subdivide a ação frenante entre as quatro rodas, impedindo o bloqueio das traseiras e assegurando uma resposta equilibrada do veículo em qualquer situação de frenagem. E mais: o EBD adapta a resposta do sistema às condições de aderência das rodas e à eficiência das pastilhas. Isso só aumenta a eficiência da frenagem ainda mais.

DIREÇÃO
A direção hidráulica, item de série tanto do Fiat Doblò EX (equipado com motor 1.3 16V) quanto do Fiat Doblò ELX (motor 1.6 16V), é leve, precisa e ágil, permitindo manobrar o veículo rapidamente com pouquíssimo esforço. Ela oferece máxima comodidade e segurança na condução do veículo.

Mecânica Online – Fiat Press

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn

Lançamentos