quarta-feira, 21 fevereiro , 2024
28 C
Recife

Seguro é tranquilidade com contrato assinado

- Advertisement -

Hoje em dia, fazer um seguro do automóvel é uma precaução indispensável. Todo o investimento com a manutenção preventiva pode ser totalmente perdido em segundos.

Quem já teve um carro roubado ou danificado em uma colisão, conhece o assunto muito bem.

Por isso, investir parte do seu 13º salário em uma apólice é uma forma de garantir sua tranqüilidade durante as férias deste ano.

- Advertisement -

Ou, dependendo do contrato, durante vários anos. Atualmente, existem inúmeros contratos com as mais variadas formas de pagamento e pacote de benefícios.

Porém, antes de fechar negócio, é vital que o proprietário do veículo certifique-se da idoneidade da seguradora, dando preferência àquelas empresas com tradição no ramo de seguros para veículos.

No mercado brasileiro, há várias empresas que oferecem não apenas seguros de automóveis, mas residenciais ou seguro de vida individual e familiar, todos com qualidade. Portanto, faça uma boa pesquisa de preços e vantagens oferecidas.

- Advertisement -

Veja o que fazer se você vendeu o veículo segurado:

Comunicar imediatamente à seguradora a venda do seu veículo, conforme mencionado nas condições gerais da apólice. Um contrato de seguro avalia o bem segurado. Portanto, o seguro é exclusivo da pessoa que o contrata. Quando o veículo muda de proprietário, o risco muda com o perfil do segurado.

Algumas seguradoras dão descontos de acordo com a faixa etária, sexo e estacionamento em garagem fechada. Mais um motivo para o seguro ser exclusivo da pessoa. Da mesma forma, o bônus só é válido para o contratante do seguro, e não pode ser transferido.

Para quem comprou: ligar ou ir a um posto do DETRAN, para verificar se existe alguma restrição para o veículo, tais como multas, alienação, bloqueios, débitos, queixas de furto.

Solicite de imediato a transferência de direito e obrigação da apólice para o novo proprietário. Confira, nos veículos fabricados desde 1988, se as três etiquetas adesivas obrigatórias (onde está parte da numeração do chassi) não apresentam qualquer tipo de rasura.

Alguns cuidados para garantir a segurança da casa e de sua família

Nestas férias, se você pretende ficar fora de casa por um longo período, é bom tomar certos cuidados para não ter de enfrentar problemas:

1- Ao sair, não deixe as luzes da casa acesas para dar a impressão de que há sempre alguém na propriedade. À noite, pode parecer uma boa idéia. Mas, durante o dia, deixa claro que a família está viajando, o que pode atrair a atenção de ladrões.

2 – Serviços de entrega em domicílio, como os de jornais, revistas, leite e outros devem ser cancelados para não transformar a frente de sua casa em um depósito.

3 – Se puder, peça a algum vizinho ou amigo para recolher os folhetos de publicidade, cartas e contas, que costumam lotar a caixa de correspondência.

4 – O ideal é arrumar a bagagem no carro dentro da garagem do prédio ou de sua casa. Não são raros os casos de assaltantes que abordam a família, levando o carro com tudo dentro.

5 – Se mora em apartamento, oriente o zelador do seu edifício sobre onde poderá encontrá-lo durante as férias, caso haja necessidade.

6 – Certifique-se de que desligou eletrodomésticos ou mesmo o abastecimento de gás antes de sair.

7 – Animais domésticos, normalmente, acompanham a família durante as férias. Mas, se, por alguma razão, não puder levá-los o melhor é deixá-los com alguém de confiança como um parente ou mesmo em um pet shop.

Afinal, nada mais desagradável do que ouvir durante dias e dias o cãozinho do vizinho uivando ou latindo sem parar. Isso sem falar no descaso com animal.

8 – Na hora de definir o que levar no carro, o bom senso deve imperar. Evite sobrecarregar o veículo ou levar objetos pesados e soltos dentro do habitáculo. Além de prejudicar o desempenho do motor, excesso de bagagem pode comprometer a segurança dos ocupantes.

Em uma frenagem mais brusca, qualquer objeto colocado sobre o tampão atrás do banco traseiro, por exemplo, é projetado para a frente e pode atingir a cabeça dos passageiros.

9 – Não dirija usando chinelos nos pés. Além de você correr o risco de ser multado, lembre-se que pode provocar colisão. O chinelo prende aos pedais do breque ou do acelerador. Use sapatos.

10 – Sempre que possível, guarde seu automóvel em um estacionamento, pois grande parte dos assaltos ocorre quando se entra ou sai do veículo.

11 – Para evitar surpresas, procure dirigir sempre com os vidros fechados e as portas travadas.

12 – Fique atento ao se aproximar da sua garagem. Se notar a presença de pessoas em atitudes suspeitas nas imediações, dê a volta na quadra.

13 – Nunca deixe a chave no contato do seu carro, ainda que por poucos momentos.

14 – Evite dirigir pela pista ao lado de calçadas, pois facilita a aproximação do ladrão ao motorista.

15 – Caso perceba que está sendo seguido por outro veículo, vá para as ruas de grande movimento e peça ajuda a um policial.

16 – Não dê carona a estranhos, por melhor aparência que tenham.

17 – Não pare em locais desertos, mal iluminados ou próximos árvores que possam ocultar assaltantes.

Mecânica Online

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn

Lançamentos