quarta-feira, 29 maio , 2024
28 C
Recife

Volvo apresenta em São Paulo primeiro ônibus híbrido testado em operação comercial no País

O ônibus tem dois motores, um a diesel e outro elétrico, que funcionam em paralelo ou de forma independente.

- Publicidade -

O motor elétrico é utilizado para arrancar o ônibus e acelerá-lo até uma velocidade de aproximadamente 20 quilômetros por hora, e também como gerador de energia durante as frenagens

CDs Mecânica Online®

Recife (PE) / São Paulo (SP) Reportagem | Mecânica Online® & Imprensa Volvo do Brasil

A Volvo Bus Latin America está apresentando hoje em São Paulo o primeiro ônibus híbrido (com motores diesel e elétrico) que está sendo testado em operações comerciais no Brasil.

- Publicidade -

O veículo, um chassis 7700 Hybrid, tem programação para rodar em três capitais: Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro. Os testes se prolongam até o início de janeiro.

“Estamos mostrando para a sociedade brasileira a melhor solução híbrida em transporte urbano de passageiros já desenvolvida pela indústria automotiva global”, afirma Luis Carlos Pimenta, presidente da Volvo Bus Latin America.

A tecnologia da Volvo Bus é revolucionária, e permite uma economia de combustível (diesel) de até 35% e ainda reduz as emissões de gases poluentes entre 80 e 90%.

“Além disso, traz outro grande benefício: o ônibus da Volvo emite muito menos ruídos que os veículos convencionais”, complementa o presidente.

O ônibus tem dois motores, um a diesel e outro elétrico, que funcionam em paralelo ou de forma independente.

- Publicidade -

O motor elétrico é utilizado para arrancar o ônibus e acelerá-lo até uma velocidade de aproximadamente 20 quilômetros por hora, e também como gerador de energia durante as frenagens.

Tecnologia de ônibus híbrido da Volvoé revolucionária e a mais avançada do mercado – O ônibus híbrido que a Volvo está apresentando hoje em São Paulo tem uma tecnologia revolucionária e é a solução híbrida mais avançada já desenvolvida.

Chamada de “Híbrida em Paralelo”, foi projetada para um ônibus com dois motores, um a diesel e outro elétrico, que funcionam em paralelo ou de forma independente.

O motor elétrico é utilizado para arrancar o ônibus e acelerá-lo até uma velocidade de aproximadamente 20 quilômetros por hora, e também é usado como gerador de energia durante as frenagens.

O motor diesel entra em funcionamento em velocidades mais altas. A cada vez que se acionam os freios, a energia de desaceleração é utilizada para carregar as baterias.

Quando o veículo está parado, seja no trânsito, em pontos de ônibus ou em semáforos, o motor diesel fica desligado.

Estudos da Volvo demonstram que o tempo que o veículo fica parado pode representar até 50% do período total de operação do ônibus. Durante todo esse tempo, não há emissões de poluentes, pois o motor diesel se apaga completamente.

Menor consumo, menos poluentes – “Esta tecnologia tem duas vantagens principais: mais economia de combustível e grande redução no impacto ambiental”, destaca Luis Carlos Pimenta, presidente da Volvo Bus Latin America.

O sistema híbrido da Volvo proporciona uma redução no consumo de combustível de até 35%. Já a diminuição das emissões de poluentes que saem do escape pode variar de 80% a 90%, na comparação com motores a diesel convencionais.

Estes excelentes resultados não se devem somente por causa do reaproveitamento de energia para tracionar o ônibus.

A alta potência do motor elétrico possibilita a instalação de um motor diesel menor e mais econômico.

“Além disso, funções auxiliares como compressor de ar e bomba hidráulica, são feitas por motores elétricos”, explica Euclides Castro, gerente de ônibus urbanos da Volvo Bus Latin America.

“O sistema híbrido da Volvo reduz não somente as emissões de CO2 (gás carbônico, um dos principais gases responsáveis pelo efeito estufa), mas também de NOx (Óxidos de Nitrogênio, responsáveis por alergias e ardência nos olhos, por exemplo) e de materiais particulados”, complementa Fábio Lorençon, engenheiro de vendas da empresa.

Ônibus híbrido da Volvo é testado com sucesso em Curitiba e começa a rodar em São Paulo – O ônibus híbrido da Volvo foi testado com sucesso durante três semanas em Curitiba.

O veículo, um chassi 7700 Hybrid, movido a eletricidade e a diesel, ficou 20 dias rodando na linha Interbairros 2 da capital paranaense, em uma rota de 42 quilômetros que conecta diversos bairros e terminais de parada, sem passar pelo centro.

O teste, feito em parceria com a URBS (Urbanização Curitiba), empresa responsável pela gestão do transporte coletivo urbano da cidade, agradou aos passageiros.

“Até estranhei porque quase não faz barulho, e é fácil de entrar”, afirma a diarista Viviane de Oliveira Martins, ao desembarcar no terminal Campina do Siqueira. Ela usa a linha Interbairros 2 três vezes por semana para ir do Capão Raso até o bairro do Bigorrilho.

A estudante Luana Gruba, que embarcou no terminal Campina do Siqueira para ir até o Pilarzinho, também aprovou o veículo.

“É silencioso e muito confortável, parece que também anda com mais suavidade”, disse. A mesma opinião tem o cobrador Adilson Lima: “Os passageiros estão gostando muito”, destacou.

O silêncio não é a única vantagem do ônibus, que tem capacidade para transportar 82 passageiros, sendo 32 sentados.

O piso baixo permite aos passageiros embarques e desembarques no mesmo nível da calçada.

O ônibus híbrido é fabricado pela empresa Volvo, na Suécia, e está sendo testado também em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Dependendo dos resultados, o veículo pode ser fabricado na unidade da Volvo em Curitiba e incorporado à frota da cidade para a Copa do Mundo de 2014.

O ônibus começava as viagens às 5h12, no Capão Raso, e encerra às 15h47 para avaliações. Cada um dos cinco trajetos feito pelo ônibus híbrido tem 42 quilômetros, totalizando 205 quilômetros por dia.

Mecânica Online®

Hibribus

Matérias relacionadas

Fiat Fastback

Mais recentes

Ofertas Peugeot 208

Destaques Mecânica Online

Fiat Toro

Avaliação MecOn

WABCO - Principal fornecedor global de tecnologias para para veículos comerciais