sábado, 24 fevereiro , 2024
28 C
Recife

OnGuard, da WABCO, atende às recomendações de segurança nos transportes dos Estados Unidos

[box type=”info” align=”aligncenter” ]Líder de mercado, o sistema OnGuard™ ajuda a evitar colisões, mitiga as consequências desse tipo de acidente e está de acordo com as conclusões do relatório do NTSB.[/box]

A WABCO, líder de mercado em ABS e sistema de controle de estabilidade (ESC), anunciou apoio às recomendações relativas à adoção de sistemas de alerta de colisão dianteira e de frenagem autônoma de emergência feitas pelo National Transportation Safety Board – NTSB (Conselho Nacional de Segurança do Transporte), órgão governamental independente dos Estados Unidos.

Em relatório recentemente publicado, o NTSB fez várias recomendações para melhorar a segurança nas estradas, entre elas, a exigência de que os fabricantes de veículos instalem sistemas de prevenção de colisão dianteira como equipamento de série em todos os veículos novos.

O NTBS também recomendou a instalação de sistemas autônomos de frenagem de emergência para que implementos rodoviários estejam de acordo com os padrões de desempenho determinados pela NHTSA – National Highway Traffic Safety Administration, agência governamental norte-americana responsável pela segurança nas estradas.

“As recomendações no relatório estão alinhadas de forma positiva com a missão da WABCO de melhorar a segurança nas estradas para todos”, diz Stephen Hampson, presidente e gerente geral da Meritor WABCO, nos Estados Unidos.

“Com performance comprovada, os sistemas de mitigação de colisão OnGuard™, produzidos desde 2007, atendem todos os pontos mencionados nas conclusões do documento do NTSB.”

Os dados que suportam as recomendações para adoção mais ampla de sistemas de alerta de colisão dianteira e de frenagem autônoma de emergência incluem: Em 2013, houve 327 mil colisões envolvendo grandes caminhões, que causaram 3.541 mortes, de acordo com a Federal Motor Carrier Safety Administration (FMCSA), órgão regulamentador do departamento de transporte nos Estados Unidos.

Em dados divulgados recentemente, o FMCSA estima que essas colisões fatais provocaram cerca de US$ 42 bilhões em custos totais durante 2013.

Estudo feito pela WABCO com frotistas indica que a instalação do sistema OnGuard pode reduzir em até 87% o número de colisões traseiras.

Outro estudo da NHTSA realizado pelo Instituto de Pesquisas de Transportes, da Universidade de Michigan, divulgado em 2013, constatou que 20% das colisões traseiras envolvem objetos parados e 17% estão em condições de baixa visibilidade, quando a reação robusta e rápida do sistema se torna mais crítica.

O OnGuard, da WABCO, é o principal sistema de mitigação de colisão para veículos comerciais na América do Norte.

Com mais de 80 mil unidades instaladas, 43,4 bilhões de quilômetros percorridos e renovação de pedidos de quase 100%, os frotistas estão cada vez mais dando boas-vindas à contribuição deste sistema para a melhoria da segurança nas estradas e para a eficiência operacional.

A WABCO lançou recentemente o OnGuardACTIVE™, o mais avançado sistema de mitigação de colisão para caminhões e ônibus, que proporciona performance superior em situações de pouca visibilidade, como dia nublado, chuva forte, densa neblina, sol ofuscante, lusco-fusco ou escuridão noturna.

Por meio de sinal acústico, visual e tátil, o sistema de mitigação de colisão alerta o motorista para situações de condução potencialmente críticas. Se o condutor do veículo não realizar ação corretiva, o OnGuardACTIVE executa a frenagem ativa para mitigar ou evitar a iminente colisão traseira com veículos parados ou em movimento.

O relatório do NTSB reiterou a recomendação anterior do órgão para a NHTSA no sentido de desenvolver padrões de performance do sistema de controle de estabilidade para veículos comerciais e ônibus, com capacidade para mais de 4,5 toneladas, equipados com sistema de freio hidráulico ou pneumático.

O relatório completo do NTSB está disponível em http://ntsb.gov/safety/safety-studies/Pages/SIR1501.aspx Globalmente, a WABCO oferece o ESC desde 2001. Gradativamente, o mercado brasileiro está adotando a solução WABCO para veículos da linha pesada.

O ESC ainda não está regulamentado no país, mas fabricantes já o aplicam pelas vantagens que o produto traz para a segurança nas estradas, para o motorista e para o frotista.

 

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn