Mercedes-Benz

Sistemas de assistência e infotainment levam vantagem com a estratégia MQB

Sistemas de assistência e infotainment anteriormente disponíveis apenas em veículos de classes superiores agora serão instalados nos modelos produzidos sobre a Estratégia Modular MQB.

O objetivo é ir além da melhoraria em economia e a eficiência – mas também para proporcionar uma condução agradável, com mais conforto e oferecer novos sistemas de segurança.

Com a Estratégia Modular MQB, vários sistemas de assistência e infotainment passarão a ser oferecidos, como o Sistema de Frenagem Automática Pós-Colisão, painel totalmente digital – o Novo Polo é o primeiro Volkswagen a trazer a segunda geração do Active Info Display –, sistema Discover Media com tela sensível ao toque de 8 polegadas e aparência de smartphone, além de duas entradas USB com capacidade de 2 ampères, entre outros itens.

Active Info Display – Quadro de instrumentos digital – A estratégia modular MQB permitirá ao Novo Polo ser o primeiro em sua categoria a oferecer quadro de instrumentos digital: a segunda geração do Active Info Display celebra sua estreia mundial no modelo. Para você ter ideia, essa tecnologia é muito recente e no Brasil, os mais novos modelos da Audi apresentam esse excelente recurso.

O Novo Polo também vai inaugurar no País a nova geração de sistemas de infotainment da Volkswagen, com tela de 8 polegadas com recurso de navegação integrado ao Active Info Diplay.

Além disso, a nova geração de infotainment proporciona o espelhamento das plataformas Apple CarPlay e Android Auto.

Todos os instrumentos são implementados virtualmente via software. Somente as luzes/ícones na borda inferior do mostrador são implementados em hardware.

Informações de navegação podem ser mostradas em 2D ou 3D, em uma tela de 10,25 polegadas, do tamanho de um tablet. Sua resolução de 1.440 x 540 pixels permite gráficos extremamente precisos e de alta qualidade. A posição da agulha do conta-giros, por exemplo, é calculada 60 vezes por segundo para garantir uma movimentação absolutamente fluida.

Por exemplo, o modo de navegação: nesse caso, o velocímetro e conta-giros são deslocados para os lados, a fim de criar mais espaço para o mapa.

As informações sobre as funções de condução, de navegação e de assistência podem ser integradas em áreas gráficas do velocímetro e conta-giros, conforme necessário.

Dados que são exibidos no console central pelo sistema de infotainment, como contatos de telefone ou capas de CD, também podem ser exibidas no Painel Digital Programável.

Utilizando os interruptores no raio esquerdo, o condutor pode examinar os menus do computador de bordo, o sistema de áudio e, dependendo do equipamento, os sistemas de navegação e telefônico. À direita do volante ficam o ajuste de volume rotativo, o botão do comando de voz, os controles expressos do telefone e a função “skip” para trocas rápidas de estação de rádio ou música.

Discover Media – O sistema Discover Media permite conectividade avançada com os smartphones por meio do App-Connect.

Também oferece ampla interatividade, com várias opções de informação e entretenimento, além de visual moderno e tecnológico.

Traz também os recursos de comando de voz e navegação integrados, que se destacam pela facilidade de uso e interatividade com o painel de instrumentos, possibilitando uma condução mais segura e confortável.

Fotos, vídeos e músicas em diversos formatos são alguns exemplos de mídias que podem ser “lidas”.

Independentemente do sistema de Infotainment, praticamente todos os comandos podem ser executados pelos botões no volante multifuncional, ou por comandos de voz.

É possível selecionar as mídias (CD, SD-Card, Bluetooth, entradas auxiliar e USB), operar o telefone e o sistema de navegação apenas utilizando a voz.

Entre os recursos de segurança também está o detector de fadiga, que analisa a forma como o motorista dirige e compara com os 15 primeiros minutos de direção. Caso detecte um desvio no comportamento ao volante, o equipamento emite um alerta, sugerindo uma parada para descansar e tomar um café.

Sistema de Frenagem Automática Pós-Colisão – Entre os recursos proporcionados pela Estratégia Modular MQB está o Sistema de Frenagem Automática Pós-Colisão, que aciona automaticamente os freios do veículo quando ele se envolve em uma batida, para reduzir a energia cinética residual.

O acionamento do sistema de frenagem pós-colisão se baseia na detecção da colisão inicial pelos sensores dos airbags.

O sistema aciona os freios até que o veículo atinja a velocidade de 10 km/h. A velocidade residual do carro pode ser usada para conduzi-lo a um local seguro.

O motorista pode intervir a qualquer momento – se os sensores perceberem que o motorista está acelerando, por exemplo, o sistema é desligado. O recurso automático também é desativado se o motorista começar a frear fortemente, a um grau de desaceleração mais elevado.

Chassi – Mais conforto e segurança – A Estratégia Modular MQB proporciona a aplicação de sistema de direção com assistência elétrica.

Além do excelente conforto e precisão, uma de suas principais vantagens em relação aos sistemas de assistência hidráulica é só demandar energia quando necessário – ou seja, em curvas ou manobras, por exemplo.

Isso representa uma redução no consumo de combustível de até 3% quando comparado com um sistema de direção com assistência hidráulica (convencional).

O sistema de assistência elétrica não utiliza fluido em seu funcionamento, o que é outra vantagem em relação à assistência hidráulica.

Além de ser melhor para o meio ambiente, o usuário tem um item a menos com que se preocupar nas manutenções.

TC (M-ABS) – O controle de tração tem a função de reduzir o escorregamento das rodas durante a aceleração ou quando o veículo começa a destracionar, em curvas acentuadas, controlando eletronicamente o torque do motor.

O sistema de freios ABS é um dos mais modernos disponíveis e é composto por outros recursos de segurança, como o EBD (distribuição eletrônica das forças de frenagem) e ESS (Emergency Stop Signal ou Sinal de Frenagem de Emergência).

O sistema EBD distribui eletronicamente as forças de frenagem entre os eixos traseiro e dianteiro, garantindo a estabilidade e a segurança.

O ESS funciona como um alerta para evitar colisões traseiras. Caso o motorista pressione o pedal de freio de forma acentuada, mantendo uma frenagem mais consistente, o sistema aciona as luzes de frenagem de forma intermitente na frequência de 3Hz. Após essa frenagem, com o veículo estático, as luzes de freio param de piscar e o ESS aciona as luzes de pisca-alerta na frequência de 1,25Hz, indicando que o veículo está parado.

O sistema MSR (Motorschleppmomentregelung ou Controle do Efeito Freio Motor) evita o escorregamento das rodas em pisos de baixo atrito devido ao efeito do freio-motor.

Esse sistema atua quando o motorista libera rapidamente o pedal do acelerador e nas reduções de marcha, aumentando o torque através do controle do acelerador eletrônico.

ESC – Controle eletrônico de estabilidade – O sistema reconhece um estágio inicial de que uma situação de rodagem crítica essa para acontecer. Compara os comandos do motorista com as reações do veículo a esse comando. Se necessário, o sistema reduz o torque do motor e freia uma ou várias rodas até atingir a condição de estabilidade.

HHC (Hill Hold Control) ou controle de assistência de partida em rampa – Em aclives acima de 5%, o sistema mantém o veículo freado por até 2 segundos, após o motorista aliviar o pedal do freio. Os freios são liberados progressivamente durante a aceleração, permitindo a partida do veículo com mais conforto e tranquilidade em rampas.

HBA (Hydraulic Brake Assist system) – reconhece a frenagem de emergência por meio da velocidade de acionamento e da pressão aplicada no pedal. O BAS aumenta ativamente a pressão de freio, que é então modulada pela intervenção do ABS.

Quando o motorista reduz a pressão no pedal de freio ou ocorrer redução da velocidade do veículo abaixo de um limite mínimo, ocorre o fim da assistência de frenagem.

EDS (Elektronische Differenzialsperre ou Bloqueio eletrônico do diferencial) – Em trilhas ou em situação de baixa tração em uma das rodas motrizes, o bloqueio eletrônico do diferencial aciona o freio da roda com menor tração, transferindo o torque para a roda com maior tração, proporcionando assim melhor eficiência à saída do veículo.

Esse sistema de “tração inteligente” funciona de forma automática, sem necessidade de o motorista acionar um botão no painel. Além disso, o sistema atua em curvas e em velocidade de até 80 km/h.

O sistema XDS+ (bloqueio eletrônico do diferencial) é uma função integrada ao controle eletrônico de estabilidade (ESC) para melhorar o comportamento dinâmico do carro.

O XDS+ aumenta a agilidade e diminui a necessidade de movimentação do volante por meio de intervenções seletivas nos freios das rodas internas às curvas nos dois eixos. Além disso, o XDS+ funciona com quaisquer condições de aderência do piso. Isso resulta em uma dirigibilidade mais precisa.

BSW (Bremsscheibewischer – Limpeza Automática dos Discos de Freio) – O Novo Polo também conta com o inovador sistema BSW, que identifica situações de discos de freio molhados, em condições de chuva.

O sistema de freios trabalha para aproximar as pastilhas dos discos de freio dianteiros, em frações de segundo e de forma imperceptível para o motorista, com o objetivo de secar os componentes e garantir o menor espaço de frenagem possível.

O sistema atua acima de 70 km/h e com o limpador de para-brisa acionado. Essa tecnologia, até então apenas presente em carros de luxo, garante ao Novo Polo muito mais segurança e precisão nas frenagens.

Monitoramento da pressão dos pneus – O ESC inclui o Sistema de monitoramento de pressão dos pneus, que colabora para maior segurança.

O recurso funciona por meio dos sensores de velocidade de roda do ABS e detecta quando a pressão dos pneus cai porque a velocidade daquela roda é alterada, passando a girar mais rapidamente em relação à velocidade do carro.

O sistema verifica os pneus constantemente. Manter a pressão correta também ajuda os pneus a durarem mais e reduz o consumo de combustível.

Outro recurso é o GMA (Giermomentaufbauverzögerung ou Controle do Momento de Giro), que diminui a possibilidade de giro do veículo em piso com diferentes níveis de atrito. O sistema também proporciona diferentes forças de frenagem no momento da desaceleração até que a rotação das rodas seja equalizada.

Suspensões exigem calibrações específicas para a região na qual o veículo será produzido e comercializado. O Novo Polo terá configuração dianteira independente tipo McPherson e interdependente na traseira, com eixo de torção. Os pneus “verdes” colaboram para a redução de combustível.

Veja também | Lançamento do Novo Volkswagen Polo

Tarcisio Diashttps://www.mecanicaonline.com.br
Gerente de conteúdo do Mecânica Online®, Tarcisio Dias é responsável também pela área de cursos e CDs interativos. Possui formação em engenharia Mecânica com habilitação em Mecatrônica pela Universidade de Pernambuco, formação técnica em mecânica pela Escola Técnica Federal de Pernambuco (CEFET/PE) e profissional em Mecânica Automotiva de Motores Diesel no Centro de Formação Profissional de Jaboatão dos Guararapes – RFFSA acordo SENAI. Também possui formação como Radialista – Locutor/entrevistador.
Mercedes-Benz

Notícias relacionadas

Cursos Mecânica Online

Oportunidade para você entender como o automóvel funciona, seus recursos e tecnologias. Participe de nossos cursos gratuitos!

- Curso Veículos Elétricos - Cursos Mecânica Online®

Mais recentes

- Publicidade - Mercedes-Benz
Cursos Mecânica Online®

Lançamento

Truck

Motocicleta

Avaliação