Mercedes-Benz

A ambição da Porsche para 2030: mais de 80% de veículos novos totalmente elétricos

Ao longo do último ano financeiro, a Porsche AG manteve sua posição como uma das fabricantes de automóveis mais lucrativas do mundo.

A fabricante de carros esportivos com sede em Stuttgart atingiu um novo recorde histórico em receita de vendas e lucro operacional.

As vendas em 2021 foram de € 33,1 bilhões, € 4,4 bilhões a mais do que no ano anterior, representando um crescimento de 15% (vendas do ano anterior: € 28,7 bilhões).

O lucro operacional foi de € 5,3 bilhões, superando o valor do ano anterior em € 1,1 bilhão (27% a mais). Dessa forma, a Porsche gerou um retorno operacional sobre as vendas de 16% (ano anterior: 14,6 %).

“Nosso resultado comercial positivo é baseado em decisões corajosas, inovadoras e voltadas para o futuro”, disse Oliver Blume, presidente do conselho executivo da Porsche AG. “Nossa indústria está passando pelo que é provavelmente a maior transformação de sua história”, afirmou Blume.

“Definimos um curso estratégico desde o início e somos robustos na frente operacional. Esse sucesso se deve ao trabalho em equipe.” Lutz Meschke, vice-presidente do conselho executivo e membro do conselho executivo de finanças e TI, vê a base para os fortes números na estrutura de custos saudável da Porsche AG, além da atraente gama de produtos:

“Os números de nosso negócio refletem as excelentes receitas de nossa empresa. Eles demonstram nosso crescimento na criação de valor e a robustez de nosso modelo de negócios bem-sucedido – mesmo sob condições difíceis, como a escassez de semicondutores.”

O fluxo de caixa líquido cresceu € 1,5 bilhão e atingiu € 3,7 bilhões em 2021 (ano anterior: € 2,2 bilhões).

“Esse indicador também fornece uma prova impressionante: A Porsche está excelentemente posicionada”, explica Lutz Meschke. O desenvolvimento positivo também se baseia no ambicioso programa de lucratividade de 2025. Ele é projetado para apoiar de forma sustentável os ganhos por meio de inovações e novos modelos de negócios. Meschke:

“Graças aos nossos funcionários altamente motivados, nosso programa de lucratividade foi um sucesso total. A Porsche aumentou ainda mais sua eficiência e reduziu o ponto de equilíbrio. Isso nos dá margem para investir na viabilidade futura de nossa empresa, apesar da situação econômica tensa. Estamos impulsionando resolutamente investimentos em eletrificação, digitalização e sustentabilidade. Estou otimista de que a Porsche sairá mais forte da atual crise global.”

A tensa situação mundial exige humildade e cautela: “A Porsche olha para o conflito armado na Ucrânia com grande preocupação e consternação”, disse Oliver Blume.

“Continuamos esperando o fim das hostilidades e o retorno à diplomacia. A segurança e a integridade das pessoas são primordiais.”

Para ajudar as pessoas necessitadas na Ucrânia, a Porsche AG doou um total de € 1 milhão. Em uma força-tarefa, os especialistas analisam continuamente o grau de impacto nas atividades de negócios da Porsche.

As cadeias de fornecimento das fábricas da Porsche foram afetadas, o que significa que a produção dentro do cronograma não é mais possível em alguns casos.

“Temos meses desafiadores pela frente, tanto econômica quanto politicamente, mas ainda assim estamos cumprindo nosso objetivo estratégico, que está firmemente ancorado há anos, de garantir um retorno operacional sobre as vendas de pelo menos 15% no longo prazo”, enfatizou o CFO Lutz Meschke.

“Nossa força-tarefa já tomou medidas iniciais para proteger nossos ganhos. Nesse sentido, queremos garantir que poderemos continuar a cumprir as nossas metas de ganhos elevados. A extensão do sucesso disso também depende de desafios externos que não podemos influenciar.” Internamente, no entanto, a Porsche criou todas as condições para um modelo de negócios de sucesso:

“Estrategicamente, operacionalmente e financeiramente, a Porsche está em uma excelente posição. Portanto, olhamos para o futuro com confiança – e recebemos bem a possibilidade de um IPO da Porsche AG. Isso permitiria à Porsche elevar seu perfil e aumentar sua liberdade empresarial. Ao mesmo tempo, a Volkswagen e a Porsche podem continuar a se beneficiar de sinergias conjuntas no futuro”.

Em 2021, a Porsche entregou 301.915 veículos a clientes em todo o mundo. Isso significa que a marca de 300.000 foi ultrapassada pela primeira vez na história da empresa (ano anterior: 272.162 entregas). Os modelos mais vendidos foram o Macan (88.362) e o Cayenne (83.071).

Os números de entrega do Taycan mais que dobraram: 41.296 clientes receberam o primeiro Porsche totalmente elétrico, que ultrapassou o icônico carro esportivo 911, embora este último também tenha estabelecido um novo recorde com 38.464 unidades.

Oliver Blume: “O Taycan é um Porsche 100% e inspira todos os tipos de pessoas: clientes novos e antigos, especialistas e a mídia comercial. Estamos intensificando nossa ofensiva elétrica com outro modelo: Em meados desta década, queremos oferecer nosso carro esportivo 718 de motor central exclusivamente num formato totalmente elétrico”.

No ano passado, quase 40% de todos os novos veículos Porsche entregues na Europa já eram pelo menos parcialmente elétricos – ou seja, modelos híbridos plug-in ou totalmente elétricos. Além disso, a Porsche anunciou sua intenção de atingir sua neutralidade em carbono até 2030.

“Em 2025, espera-se que metade de todas as novas vendas da Porsche sejam de veículos elétricos – ou seja, totalmente elétricos ou híbridos plug-in”, anunciou Oliver Blume. “Em 2030, a participação de todos os veículos novos com propulsão totalmente elétrica deve ser superior a 80%”.

Para atingir esses objetivos ambiciosos, a Porsche está investindo em estações de carregamento premium junto com parceiros – e também em sua própria infraestrutura de carregamento.

Outros investimentos extensivos estão fluindo em tecnologias essenciais, como sistemas de bateria e produção de módulos.

No recém-fundado Cellforce Group, estão sendo desenvolvidas e produzidas células de bateria de alto desempenho que devem estar prontas para produção em série até 2024.

Em 2021, a Porsche aumentou suas entregas em todas as regiões de vendas globais. Mais uma vez, o mercado individual de maior volume foi a China.

Com quase 96.000 entregas, um aumento de 8% foi registrado em relação a 2020. A Porsche cresceu rapidamente na América do Norte: Nos Estados Unidos, o número de entregas aumentou em impressionantes 22% chegando a mais de 70.000 unidades. Um desenvolvimento muito positivo também foi observado na Europa: Somente na Alemanha, a Porsche aumentou suas entregas de veículos novos em 9%, atingindo quase 29.000 unidades.

Equipe Mecânica Online®https://www.mecanicaonline.com.br
Um dos principais portais quando o assunto é mecânica na internet brasileira, o Mecânica Online® é feito por você! Através de nosso público procuramos cada vez mais oferecer um conteúdo que leve sempre o nosso principal objetivo: mecânica do jeito que você entende.
Mercedes-Benz

Notícias relacionadas

Cursos Mecânica Online

Oportunidade para você entender como o automóvel funciona, seus recursos e tecnologias. Participe de nossos cursos gratuitos!

- Curso Veículos Elétricos - Cursos Mecânica Online®

Mais recentes

- Publicidade - Mercedes-Benz
Cursos Mecânica Online®

Lançamento

Truck

Motocicleta

Avaliação