quinta-feira, 22 fevereiro , 2024
28 C
Recife

Como anda sua fidelidade automotiva?

Em relatório recente apresentado nos Estados Unidos, a Toyota caiu muito em pesquisa relacionada. E olhe que a Toyota por lá é bem melhor que a Toyota por aqui.

- Advertisement -

O mês de junho vai chegando ao final e muitas pessoas comemoraram o Dia dos Namorados e claro, logo relacionam a fidelidade e seus relacionamentos, mas você já pensou na fidelidade automotiva?

Sim, muito mais comum nos tempos de outrora, a fidelidade automotiva é um indicador de como uma marca tem se relacionado e principalmente, conquistado e mantido o melhor relacionamento com seu cliente.

Para quem trabalha com vendas no segmento automotivo, sabe da importância de ter o cliente dentro da sua loja, que não se pode deixar o cliente sair sem concretizar a venda, pois o mundo externo é muito concorrido e basta um novo anúncio para o consumidor mudar de escolha.

- Advertisement -

Imagina quando você conseguiu concretizar a venda, tem o cliente junto da marca e ainda assim, perde seu cliente para a concorrência. Poderíamos chamar isso de infidelidade automotiva?

Em relatório recente apresentado nos Estados Unidos, a Toyota caiu muito em pesquisa relacionada. E olhe que a Toyota por lá é bem melhor que a Toyota por aqui.

A pesquisa da S&P Global Mobility mostrou, e relatórios do Automotive News, que entre as principais marcas de automóveis nos primeiros quatro meses deste ano, a Toyota caiu para o sétimo lugar no ranking, com Ford e Chevrolet no topo da lista.

- Advertisement -

Um dos motivos da queda, segundo o analista Tom Libby, da empresa de pesquisa de mercado, é uma migração de clientes para veículos elétricos, principalmente para a Tesla. 

De fato, a Tesla novamente liderou o ranking de fidelidade para marcas de luxo, com 68%, 18,8 pontos acima da BMW em segundo lugar. Mercedes-Benz, Lexus e Cadillac completam os cinco primeiros. Sem nenhuma outra marca de luxo acima de 50%, a Tesla é a única que mantém mais clientes do que perde. 

Em seus comentários no webinar, Libby também sugeriu que o efeito de lealdade da Tesla é tão pronunciado que subiu 1,1 pontos, apesar de não ter lançado um novo veículo desde 2020.

Ele acrescentou que, embora as vendas de veículos elétricos permaneçam pequenas para muitas marcas, “não há dúvida de que a Toyota, Honda e algumas outras marcas asiáticas estão sendo tremendamente impactadas pela Tesla.” 

Em relação ao segmento mais geral, Libby informou que a Ford registrou 59,5% de lealdade à marca este ano até abril, seguida pela Chevrolet, com 57,1%, e depois pela Subaru, Nissan, Kia e Hyundai. A Toyota caiu 5,7 pontos em relação ao período homólogo, para 52,3%. 

Embora a Ford liderasse o ranking, a marca basicamente igualou sua lealdade ao mesmo período do ano passado, enquanto a Chevrolet subiu 2,6 pontos.

“Obviamente teremos que observar os resultados daqui para frente, mas apenas nesses primeiros quatro meses, a Toyota é uma decepção”, disse ele.

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn

Lançamentos