Fábrica da Volvo Cars na China passa a ser alimentada 100% por energia renovável

Não só os carros deixarão de poluir, mas na Volvo Cars, toda a cadeia de produção está contribuindo para diminuir as emissões de poluentes.

Agora foi a vez da fábrica de Chengdu, na China, ter 100% de sua energia proveniente de fontes renováveis.

O feito reduzirá as emissões de CO2 da usina em mais de 11.000 toneladas por ano.

“Nossa ambição é reduzir a pegada de carbono por meio de ações concretas e tangíveis”, revela Javier Varela, chefe de operações industriais e qualidade.

“Garantir um fornecimento de eletricidade totalmente renovável para a nossa maior planta na China é um marco significativo e ressalta nosso compromisso”.

A partir de agora, cerca de 65% do fornecimento de eletricidade da fábrica provém de energia hidrelétrica, enquanto o restante é de energia solar, energia eólica e outras fontes renováveis.

Este é o último passo em direção à ambição da Volvo Cars de ter uma fabricação neutra em termos de clima até 2025, parte de um plano climático mais amplo que visa reduzir a pegada de carbono geral por carro em 40% entre 2018 e 2025.

Até 2040, a Volvo Cars pretende ser uma empresa neutra em termos de clima.

O novo contrato de eletricidade também está alinhado com as ambições mais amplas na China de reduzir as emissões de carbono da indústria e reduzir a pegada de carbono resultante da geração de energia.

Mais fábricas com energia renovável
A Volvo Cars trabalha constantemente para reduzir a pegada de carbono de sua rede de manufatura e alcançou vários marcos nos últimos anos.

Todas as suas fábricas europeias têm fornecimento de eletricidade neutro em termos de clima desde 2008, enquanto a fábrica de motores em Skövde, na Suécia, foi a primeira a se tornar completamente neutra em termos de clima em 2018.

Na fábrica de Ghent, na Bélgica, a Volvo Cars instalou 15.000 painéis solares em 2018, a primeira introdução em larga escala de energia solar em sua rede global de manufatura.

Essas e outras medidas fazem parte do plano climático que a Volvo Cars lançou no final do ano passado, um dos mais ambiciosos da indústria automotiva.

A meta da Volvo Cars é ter 50% das vendas globais de carros totalmente elétricos até 2025, com os demais híbridos.

No entanto, o plano vai além da eletrificação dos veículos, mas busca combater as emissões de carbono nas operações mais amplas da empresa, em sua cadeia de suprimentos e na reciclagem e reutilização de materiais.

- Publicidade - Cursos Mecânica Online®