sexta-feira, 21 junho , 2024
28 C
Recife

Indústria de motocicletas confirma crescimento e Abraciclo anuncia nova montadora associada

Os números de produção e vendas apontam a continuidade crescente do segmento de transporte de duas rodas em relação a ano anterior. A Dafra é a mais nova integrante da entidade

- Publicidade -

Como já previsto pela Abraciclo – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares -, a indústria brasileira de motocicletas continua projetando-se positivamente e de maneira efetiva no mercado.

Os dados levantados em fevereiro deste ano assinalam um crescimento na produção e nas vendas se comparado ao ano anterior, o que se deve a evidente consolidação do setor e a aceitação real do produto pelos brasileiros.

Os números referentes à produção em fevereiro deste ano apontam 163.479 unidades, contra 130.044 motocicletas produzidas se comparada ao idêntico mês de 2007, o que representa um crescimento de 25,7%. O acumulado na produção também apresenta bons resultados.

Foram produzidas, no ano anterior, 279.046 unidades e este ano as montadoras registram a produção de 348.358 novas motocicletas, uma elevação de 24,8%.

- Publicidade -

Já em relação ao comparativo da produção de fevereiro, 163.479, com o mês de janeiro onde foram produzidas 184.879 pode ser observado uma leve queda de 11,6%.

As vendas apontam um mercado aquecido. Os números no mês de fevereiro chegam a 155.222 motocicletas comercializadas, um crescimento de 29,8% se comparado ao mesmo mês em 2007, que registrou a venda de 119.607 unidades.

Apenas uma leve queda de 9,3% pode ser observada se comparada ao mês de janeiro deste ano, com 171.046 motocicletas vendidas.

Segundo o presidente da Abraciclo, Paulo Shuiti Takeuchi, a entidade entende que as pequenas quedas em vendas e na produção se comparadas ao mês de janeiro se devem ao curto calendário do mês de fevereiro.

“Menos dias úteis. Este é o fator predominante e causador das quedas apresentadas. Seguindo o histórico da indústria e do mercado de motocicletas, poderemos constatar que o mês de fevereiro sempre apresentou algumas variações, no entanto em março há uma estabilização e continuidade da linha de crescimento já apresentada pelo setor”, analisa Takeuchi.

- Publicidade -

Já as exportações contabilizam 10.647 unidades vendidas ao mercado externo, um crescimento de 34,6% se comparada a idêntico período de 2007, que registrou 7.912 motocicletas. Em janeiro foram exportadas 6.048 unidades, o que representa um acréscimo de 76% em fevereiro.

“Em função dos programas de exportação dos compradores estrangeiros houve uma demanda maior para atender os contratos, o que justifica este crescimento acentuado”, avalia Takeuchi.

Abraciclo 2008: Nova Montadora Associada – Acompanhando o consistente e promissor crescimento de mercado e as boas perspectivas para 2008, a Abraciclo confirma as tendências positivas para o setor e anuncia a chegada de uma nova associada, a Dafra.

A empresa, que é originária de uma importante rede nacional de concessionárias, presente há mais de 30 anos no mercado automotivo, o Grupo Itavema, iniciou suas atividades no Pólo Industrial de Manaus.

A empresa deu start em sua produção em dezembro do ano passado e, tão logo instale sua rede de concessionárias e realize os lançamentos iniciais, colocará à disposição do mercado quatro modelos de motocicletas.

Motocicleta Dafra – “O mercado de motocicletas está crescendo muito e atende a um universo cada vez maior de usuários. É de grande importância para a Dafra estabelecer esse contato próximo e direto com a Abraciclo, já que as preocupações e comprometimento da entidade relacionados à qualidade dos produtos e à segurança no trânsito são compartilhadas por nossa empresa”, declarou o presidente da Dafra, Creso Franco.

“A Abraciclo avaliou criteriosamente os requisitos mínimos exigidos e a Dafra foi aprovada na integra para o quadro de associados da entidade”, afirmou por sua vez o presidente da Abraciclo, Paulo Shuiti Takeuchi.

Em seu primeiro ano, a empresa já projeta um faturamento de R$ 240 milhões decorrentes da produção de 80 mil motocicletas em 2008. A meta da Dafra é atingir 10% de market share em 2012.

Entidade única e unida – “Esperamos, ainda para este ano, novas adesões e a consolidação da entidade como legítima e única representante do segmento perante a sociedade, o governo e com referência a assuntos ligados à utilização, à segurança e ao respeito à motocicleta como meio de transporte racional, econômico e adequado à realidade brasileira. Temos como certo que todas as empresas atuantes no setor serão beneficiadas com uma entidade forte, unida e pronta para servir de interface em favor da motocicleta, da bicicleta e de seus usuários. Será um ano de grande importância para o universo do transporte em duas rodas”, declarou o diretor executivo da entidade, Moacyr Alberto Paes.

Matérias relacionadas

Clínica de Serviços Chevrolet

Mais recentes

Ofertas Peugeot 208

Destaques Mecânica Online

Fiat Toro

Avaliação MecOn

SACHS - Versátil, abrangente e convincente