Mercedes-Benz

Combustível subiu de novo. Veja dicas para economizar no seu veículo

Manutenção em dia, forma de conduzir adequada e outras pequenas atitudes vão garantir uma economia de combustível

Preço médio do litro da gasolina subiu 18,8% e do diesel aumentou 24,9%. O reajuste foi anunciado após um período com valores congelados nas refinarias. Segundo a Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP), o preço médio do litro da gasolina ficou em R$ 6,99, e em alguns postos a gasolina comum ultrapassam os R$ 7,00 o litro.

A elevação do preço frequentemente desperta no motorista o interesse por reduzir ao máximo o consumo de combustível de seu veiculo. Como pequenas práticas na hora de conduzir? Tirar peso desnecessário, como malas e sacolas, calibrar o pneu a cada 10 dias e evitar acelerações desnecessárias podem gerar economia, proporcionando o consumo entre 15 a 20% menor.

Manutenção preventiva – Manutenção preventiva ajuda bastante a evitar alta de consumo. Por isso é indicado trocar filtros de óleo, ar e combustível e checar velas nos períodos recomendados pelo fabricante do veiculo.

Alinhamento de direção – Alguns itens em especial podem ter reflexo no consumo, caso do alinhamento de direção. Esta ação vai evitar atrito desnecessário dos pneus que estejam desalinhado com relação a geometria e o movimento do carro. O alinhamento recomendasse fazer pelo menos a cada 10 mil km ou podendo ser antes para quem passa com frequência em ruas com pistas irregulares ou esburacadas.

Calibragem dos pneus – É importantíssimo calibrar o veículo a cada 10 dias, pois quando o pneu está vazio aumenta a força que o motor precisa fazer para mover (arrastar) o veículo. É preciso observar a recomendação da pressão indicada pela montadora no manual do veiculo.

Pesos desnecessários – Retire do seu veículo tudo que puder. Como: livros, malas e sacolas, elas geram peso desnecessário, o que acaba aumentando o consumo de combustível.

Acelerações bruscas e alta velocidade – Procure manter uma velocidade constante, evitando acelerações bruscas e freadas desnecessárias. Utilize a inércia do carro quando possível. Se notar que há um semáforo fechado a frente com certa distancia, evite acelerar para frear em cima da hora.

Ponto morto – Não utilize o ponto morto com o carro em movimento. É preferível reduzir a marcha, já que ao sair do ponto morto para uma marcha, a aceleração gerada no motor favorece um consumo maior de combustível.

No caso, em descidas, não deixe o carro no ponto morto (banguelas). Isso, além de causar desgaste dos freios, tampouco favorece a economia de combustível. É preferível usar o freio motor, com uma marcha mais baixa, que evite grandes acelerações.

Ar-condicionado – Em veículos que permitem ao motorista determinar a temperatura, deve-se operar, quando possível, com um nível de resfriamento que exigirá pouco do motor, em torno de 20° a 22°C.

Outro detalhe importante também é deixar os vidros fechados favorecendo a aerodinâmica, já que, com os vidros abertos, a entrada de ar “freia” o veículo. O ideal é usar o ar-condicionado em uma potência baixa.

Se puder deixar o carro em local coberto vai precisar menos da climatização. Se ligar o ar for inevitável, aproveite bem todas as entradas de ar e tente não baixar tanto a temperatura.

Na estrada, não adianta abrir os vidros para economizar com o ar-condicionado. Isso aumenta a resistência do ar – arrasto aerodinâmico – e faz o carro consumir mais combustível. Então, utilize o ar com moderação.

Planeje sua viagem – Antes de pegar a estrada é fundamental planejar a rota com o carro, recorra aos aplicativos de mapas de rotas para ver as melhores alternativas de chegar ao seu destino, com isso pode evitar engarrafamentos ou vias muito movimentadas que façam com que o veículo precise parar muitas vezes durante o trajeto.

Como calcular o consumo? Em carros equipados com computador de bordo: eles mostram e apontam quanto quilômetros por litro (km/l) o seu automóvel está fazendo. Dessa forma é possível avaliar melhor quando usar álcool ou gasolina.

O cálculo do rendimento do carro é importante, pois o motorista poderá verificar também qual combustível é mais econômico em função do preço na bomba. Existe a convenção de que o etanol é mais econômico se custar até 70% do preço da gasolina ou 30% mais barato (baseado no teste do Inmetro).

Mas se levarmos em conta os atuais testes do Instituo Mauá o motorista poderá verificar que seu carro rende muito mais e então economizará usando etanol mesmo se o percentual estiver acima de 70%, podendo chegar até 75%.

Seguindo essas simples dicas, certamente o consumo vai melhorar. E mesmo que ache pouco, faça as contas e cheque a economia que isso lhe trará em um mês ou ano de uso.

Redação Mecânica Online®https://www.mecanicaonline.com.br
Um dos principais portais quando o assunto é mecânica na internet brasileira, o Mecânica Online® é feito por você! Através de nosso público procuramos cada vez mais oferecer um conteúdo que leve sempre o nosso principal objetivo: mecânica do jeito que você entende.
Mercedes-Benz

Notícias relacionadas

Cursos Mecânica Online

Oportunidade para você entender como o automóvel funciona, seus recursos e tecnologias. Participe de nossos cursos gratuitos!

- Curso Veículos Elétricos - Cursos Mecânica Online®

Mais recentes

- Publicidade - Mercedes-Benz
Cursos Mecânica Online®

Lançamento

Truck

Motocicleta

Avaliação