quinta-feira, 25 julho , 2024
28 C
Recife

Renovado, Ford Territory tem atributos para enfrentar Jeep Compass e Commander

A Ford apresenta o totalmente novo Territory. Será que dessa vez o SUV desencanta? Não será pela falta de atributos, pois durante o lançamento realizado para a imprensa ficou claro o posicionamento de oferecer mais por menos, a começar pelo preço: R$ 209.990.

Disponível no mercado brasileiro na versão única Titanium, o Territory é vendido em mais de 60 mercados e contou com a colaboração da engenharia brasileira em seu projeto global.

- Publicidade -

Por aqui a Ford não esconde o posicionamento do modelo para enfrentar dois modelos da Jeep: Compass Série S e Commander Limited. E para isso o SUV cresceu em largura, altura, comprimento e entre-eixos. Para você ter uma ideia, o Territory tem comprimento muito próximo do Jeep Commander – que oferece sete lugares, garantindo um excelente espaço interno para cinco passageiros, inclusive com ganho no volume do porta-malas, agora com 448 litros.

Na briga direta com os modelos da Jeep, o Territory ganha no espaço de cabeça e para os ombros na primeira e segunda fileiras, inclusive no espaço para quadris.

O design do Territory ficou muito mais esportivo e deixa de lado sua origem chinesa e ganha característica que remete ao estilo global da Ford.

- Publicidade -

Aproveitamos o evento de lançamento e conversamos com Ariane Campos, supervisora de Engenharia Ford América do Sul e Ricardo Sugimoto, supervisor de design Ford América do Sul. No vídeo abaixo apresento os detalhes em cada área.

Só mais um detalhe: os assentos dianteiros são ventilados e possuem ajustes elétricos para motorista (10 posições) e passageiro (4 posições). A amplitude do espaço interno fica ainda melhor com o teto solar panorâmico. Que escolhe a segunda fileira encontra um bom espaço interno e conforto.

Quando o assunto é Mecânica Online® a Ford faz questão de afirmar a participação da engenharia brasileira na colaboração global do veículo. Foram realizados diversos testes com várias condições de temperatura, altitude e pavimentos.

- Publicidade -

A grande novidade fica por conta do novo motor testado e validado em dinamômetro no Brasil, considerando uma calibração exclusiva para o estilo de condução e combustível brasileiro. É um novo motor com bloco de alumínio, ciclo Otto turbo com injeção direta de combustível e comando variável, 1.5 EcoBoost com potência de 169 cv @5.500 rpm e torque de 250 Nm entre @1.500-3.500 rpm.

Segundo a Ford o modelo precisa de 10,3 segundos para o famoso 0-100 km/h e tem consumo de 9,5 km/l na cidade e 11,8 km/l na estrada.

A transmissão automática deixa de ser CVT e passa a ser de dupla embreagem banhada a óleo de 7 velocidades. O seletor é rotativo. O modelo conta com quatro modos de condução: normal, Eco, Serra colina e Esportivo, enquanto nos Jeeps temos apenas dois modos (normal e sport).

A tração é dianteira com suspensão independente MacPherson e amortecedores com batentes hidráulicos. Na parte traseira temos suspensão independente multilink.

Na comparação direta com os dois modelos da Jeep, a potência do motor do Territory é menor, frente aos 180 cv do Compass e Commander, assim como o torque de 270 Nm – 250 Nm no Territory.

A suspensão, molas e amortecedores também ganharam aprimoramentos. Inclusive o sistema multimídia foi adequado para o mercado nacional.

Por dentro temos painel digital personalizável e central multimídia com 12,3 polegadas. O ar condicionado é digital com duas zonas e temos espelhamento do celular sem fio e carregamento por indução.

Uma novidade no segmento é a câmera de 360 graus interativa e de alta resolução. O acionamento do freio de mão é eletrônico e tem a função auto hold. Os comandos no console central possuem resposta tátil. A luz ambiente é em Led.

São seis airbags e estrutura reforçada em aço de alta resistência. Na segurança ativa o modelo oferece controle de cruzeiro adaptativo com Stop & Go, monitoramento de ponto cego com alerta de tráfego cruzado, assistente de permanência e troca de faixa e frenagem autônoma de emergência com alerta de colisão frontal.

A Ford mantém a boa política de revisões a preço fixo, agendamento online via Fordpass, acompanhamento em tempo real dos serviços e maior transparência nas atividades com o veículo.

Confira na tela abaixo um resumo do Novo Territory:

O desafio da Ford é conquistar os compradores da Jeep. Oferecendo o espaço do Commander de 7 lugares, mas com o conforto e espaço para cinco, a marca mostra que possui atributos para entrar na disputa. Por R$ 209.990 e com três anos de garantia, o Territory enfrenta uma concorrência mais cara com preços variando entre R$ 276.290 e R$ 237.190 dos modelos da Jeep. Só o que nos falta saber é se o consumidor vai pagar pra ver.

E para finalizar, o trabalho mais difícil a Ford já fez, o Territory traz o DNA da marca, ficou mais esportivo, tecnológico e muito bem caracterizado para o uso urbano, só falta ganhar maior presença, se tornar mais conhecido, para assim o consumidor avaliar conforme suas necessidades se a relação entre custo e benefícios, pode sim, fazer a diferença.

Matérias relacionadas

Ofertas Peugeot 208

Mais recentes

Clínica de Serviços Chevrolet

Destaques Mecânica Online

Com a Volvo rumo ao Zero Acidentes – Itapemirim

Avaliação MecOn

FIAT na mão