sexta-feira, 21 junho , 2024
28 C
Recife

Denatran aprova o primeiro dispositivo de alerta que previne colisões

Sistema desenvolvido por engenheiro brasileiro ativa luzes de freio, de forma automática, quando veículo estiver parado.

- Publicidade -

Um automóvel pára no meio da pista, porém, antes que o pisca-alerta seja ligado e o triângulo colocado para sinalizar, um carro em alta velocidade bate violentamente na sua traseira.

Este tipo de acidente, freqüente em estradas e avenidas brasileiras, quase sempre com resultados trágicos, está com os dias contados.

O Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) aprovou um dispositivo automático de sinalização de parada para veículos automotores.

Inédito na indústria automotiva mundial, o dispositivo, chamado DASP, ativa as luzes de freio do veículo sempre que ele estiver parado, independentemente do motorista pisar no pedal de freio ou acionar algum botão.

- Publicidade -

“O equipamento já está em testes em fábricas de acessórios automotivos e montadoras e estará no mercado nacional no primeiro semestre de 2005”, prevê o engenheiro Cláudio Callia, que inventou o dispositivo.

Segundo pesquisas realizadas pelo engenheiro, as colisões traseiras representam hoje cerca de 30% dos acidentes envolvendo veículos no Brasil, e supera em números absolutos todos os demais tipos de acidentes (capotagem, colisão frontal, choque com veículos estacionados, atropelamento, entre outros).

“Com a utilização do DASP, é possível reduzir sensivelmente o número de acidentes, do tipo colisão traseira”, afirma Callia, ao comentar que a tecnologia é aplicável a todos os veículos automotores, inclusive motos.

O princípio de funcionamento do sistema é simples. Um sensor de movimento envia um sinal para o circuito de controle do DASP – do tamanho de uma caixa de fósforos – que, ao interpretar o estado de movimento do veículo, comanda o acendimento das luzes de freio, quando o mesmo estiver parado.

O DASP “Dispositivo Automático de Sinalização de Parada” foi um dos 235 trabalhos técnicos selecionados para o Congresso SAE BRASIL 2003, importante encontro de engenheiros da mobilidade.

- Publicidade -

O projeto também foi premiado em setembro de 2004 pela ONG (Organização Não-Governamental) “Instituto Zero Acidente”, de Porto Alegre, com o primeiro lugar na categoria Sociedade.

Matérias relacionadas

Clínica de Serviços Chevrolet

Mais recentes

Ofertas Peugeot 208

Destaques Mecânica Online

Fiat Toro

Avaliação MecOn

SACHS - Versátil, abrangente e convincente