quarta-feira, 22 maio , 2024
28 C
Recife

Ford inaugura nova linha de motores Sigma em Taubaté

Com assessoria de imprensa da Ford do Brasil

- Publicidade -

A Ford inaugurou nesta quinta-feira, 17 de dezembro, em Taubaté, SP, a nova linha de motores Sigma, a mais moderna do Brasil e da Ford em todo o mundo, para a produção de uma nova e avançada família de motores com plataforma global.

A nova fábrica é resultado de um investimento de R$600 milhões que, praticamente, dobra a capacidade de produção de motores do complexo industrial da Ford em Taubaté, onde já são produzidos os reconhecidos motores Zetec RoCam.

Novo Focus Flex
Novo Focus já conta com o motor Sigma 1.6 16 válvulas flex – O evento contou com a presença do governador de São Paulo, José Serra, do prefeito de Taubaté, Roberto Peixoto, do secretário do Desenvolvimento do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, do presidente da FIESP, Paulo Skaff, do presidente da Ford Brasil e Mercosul, Marcos de Oliveira, além de outras autoridades, executivos e imprensa.

“A Fábrica de Taubaté tem nível de qualidade reconhecido internacionalmente e, com esta nova unidade, reforça a longa tradição da Ford de inovação em motores. A família Sigma representa um novo passo no caminho da eficiência, economia e sustentabilidade para atender as exigências atuais e futuras do consumidor e do mercado”, disse Marcos de Oliveira.

- Publicidade -

Motor Sigma Flex
Motor Sigma 1.6 16 válvulas flex – A fábrica utiliza o estado da arte em equipamentos e adota um novo e avançado sistema de produção, que prioriza a qualidade e a eficiência. A sua instalação gerou também mais de 2.000 empregos diretos e indiretos.

O motor Sigma traz uma série de avanços. Primeiro motor flex com bloco, cabeçote, cárter e pistões de alumínio, é leve, durável, econômico e produz baixo nível de ruído e emissões.

Ele faz parte de uma nova plataforma global da Ford, lançada no mercado europeu em 2008 e produzida hoje em nove fábricas em quatro continentes.

Além do Ford Focus, ele equipa a minivan C-Max, o utilitário esportivo Kuga, o Volvo C30 e o Mazda 3, vendidos na Europa e outros mercados. Sua versão flex foi desenvolvida pela engenharia brasileira, unindo a forte tradição mundial da Ford no desenvolvimento de motores com a tecnologia local da aplicação bicombustível.

“Ele é resultado de um projeto moderno e avançado, concebido para atingir um novo padrão de desempenho, economia de combustível e emissões, com elevada durabilidade e baixo custo de manutenção. Além disso, traz flexibilidade para incorporar novas soluções no futuro, visando ao atendimento das necessidades do mercado”, diz Enio Gomes, engenheiro-chefe de Motores da Ford na América do Sul.

- Publicidade -

Motor Sigma Flex
Evento contou com a presença do governador de São Paulo, José Serra, do prefeito de Taubaté, Roberto Peixoto, do secretário do Desenvolvimento do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, do presidente da FIESP, Paulo Skaff, do presidente da Ford Brasil e Mercosul, Marcos de Oliveira, entre outras autoridades
Equipamentos de última geração – A usinagem do bloco e do cabeçote é feita por processos de última geração, e assim como a linha de montagem, oferece flexibilidade para desenvolvimentos futuros.

Todo o processo é acompanhado por testes para garantir a qualidade, reforçada também pelo eficiente sistema de rastreabilidade da produção.

A Fábrica de Motores Sigma da Ford é também a maior em extensão da América Latina, com 1 km de comprimento.

“Ela segue um conceito flexível de produção, que permite alta produtividade e também facilidade de adaptação para novos modelos”, destaca Celso Salles, gerente da fábrica.

Seus centros de usinagem têm capacidade para realizar várias operações em sequência ou ao mesmo tempo, com ganho de precisão e tempo.

Na montagem, as peças não ficam estocadas ao longo da linha. São previamente separadas e seguem junto com o bloco do motor em caixas, que são trocadas nas três fases da montagem.

O sistema de verificação final também é diferente, com a aplicação do teste a frio, “Cold Test”, com ar comprimido, em 100% dos motores. Além de eficiente, esse procedimento é mais seguro que o “Hot Test”, pois dispensa o manuseio de combustível na linha.

Com a nova unidade, a Fábrica de Taubaté passa a ter capacidade instalada para a produção de 500.000 motores por ano.

Qualidade internacional – Com cerca de 5 milhões de motores fabricados desde o início de suas operações, a Fábrica de Taubaté se destaca pela renovação constante e pela alta qualidade e tecnologia de seus produtos.

De suas linhas de produção saíram propulsores que equiparam modelos de sucesso no Brasil e no exterior, como, por exemplo, o consagrado OHC 2.3 L, exportado para o Ford Mustang nos Estados Unidos, ícone da indústria automotiva mundial.

Hoje, ela produz a “grife” Zetec RoCam, nos modelos 1.0 L e 1.6 L Flex, que equipam os modelos Novo Ka, Novo Fiesta, EcoSport e Courier, responsáveis por 80% das vendas da marca no Brasil.

Com o lançamento do motor Sigma 1.6 L Flex, passa a equipar também o Novo Focus, o primeiro veículo a adotar a nova família.

Novo Focus Flex
Motor Sigma 1.6 16 válvulas flex
Matéria completa na Revista multimídia Mecânica Online número 9
Saiba mais: http://www.mecanicaonline.com.br/revista

Matérias relacionadas

Fiat Fastback

Mais recentes

Ofertas Peugeot 208

Destaques Mecânica Online

Fiat Toro

Avaliação MecOn

WABCO - Principal fornecedor global de tecnologias para para veículos comerciais